Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Resolução 25 do COAF. Pega ladrão! ... de galinha.


Hoje é dia 31 de maio, o conceituado e mais lido jornal do Brasil, a Folha On Line, publicou matéria sobre a Resolução 25 do COF e suas consequências, assim como fez este blog, há exatos 29 dias atrás.  Leiam o noticiário abaixo e complete o seu entendimento sobre a matéria somado com a matéria já postada com o título "COF. Resolução 25. Pega ladrão!" no dia 2 de maio pp.  

O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) -órgão do Ministério da Fazenda que combate lavagem de dinheiro- emitiu comunicado informando que as concessionárias terão de informar as vendas de veículos quando estas forem iguais ou superiores a R$ 30 mil e desde que pagas em "dinheiro vivo", ou seja, quando o cliente paga com notas (e não por cheque ou transferência bancária, como TED e DOC). Fonte: Folha.

Resolução nº 25, em vigor desde 1º de março, determina que as pessoas físicas ou jurídicas que vendam itens "de luxo" (aqueles com preço maior do que R$ 10 mil) precisam fazer um cadastro de seus clientes, com nome, CPF (ou CNJP), documento de identificação e endereço completo, que deve ser guardado por cinco anos, contados da conclusão da operação. Fonte: Folha. 

Comentário.

Nada a acrescentar além do que está detalhado na matéria "COAF. Resolução 25. Pega ladrão!".  Segundo comentário corrente é de que a Resolução do COAF, vinculado ao Ministério da Fazenda tem muitos pontos falhos, contestáveis no âmbito judiciário.  Trata-se da quebra do sigilo bancário e fiscal, sem o devido trâmite legal.  Como não tenho conhecimento jurídico, deixo o espaço de comentário para que os profissional da área comentem e debatam o tema.

No mais, na minha modesta opinião, mais um trâmite burocrático para já encrencada "burrocracia" brasileira.  O segundo ponto, que é mais grave, é o governo central querer "vigiar" cada passo do cidadão comum.  O princípio da boa fé foi para o espaço.  Em tese, o governo central quer nivelar os cidadãos do bem, com os traficantes e corruptos do governo.  Isto parece um regime de exceção, como a que foi o regime nazista na velha Alemanha.  Imaginei que o regime de exceção tivesse acabado no Brasil.  

O controle do Estado sobre a vida do cidadão está cada vez mais exacerbado.  Daqui a pouco vem o controle da mídia, porque o controle das redes sociais já é fato conhecido.  Tudo em nome da moralidade e do espírito público (sic).  Controle social, dizem os militantes.  Que controle social é este, que prendem os corruptos de R$ milhão, mas deixam livres e soltos os corruptos, transformados em lobistas ou palestristas que aproveitam da estrutura do poder para praticar "ladroagem" de R$ bilhão?

Enquanto o governo federal fica atrás de R$ 10 mil reais, os Batista$  em conluio com os lobistas/ palestristas roubam os Batista$ = R$ 20 bilhões, sem que aconteçam nenhuma investigação ou processos judiciais pertinentes.  Pelo contrário, os roubos de R$ bilhões, são devidamente acobertados com a legislação e blindados pelas instituições oficiais pertinentes.  Vale sempre a máxima: ladrão de galinha vai para cadeia, ladrão de colarinho branco andam de jatinhos Legacy ou iates de US$ 40 milhões!  

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi professor da UFPR, filiado ao PDT.  Twitter: @sakamori12

4 comentários:

  1. Nobre amigo:
    Realmente, o controle do Estado sobre os cidadaos esta patente! Alias, a especialidade dos regimes totalitarios de esquerda, principalmente!
    O grande perfil do PT, e o da arrecadacao, tal como o do sindicato dos metalurgicos,seu laboratorio anos atras! O motivo seria louvavel se o fosse para melhora da maquina publica ou de projetos de infraestrutura ! Mas infelizmente, me parece destinadomem aumentar o volume de recursos para serem aplicados sem a fiscalizacao e criterio esperado para utilizacao nas chamadas Bolsas ou Programas Sociais sem controle! Farra com dinheiro publico! E o objetivo sabemos qual o seja, desgracadamente! Quanto ao COAF, voce sintetizou muito bem! Cadeia aqui so para ladrao de galinhas! Mas isso ira mudar, daqui a pouco! Aguardemos a convocacao do ALVARO DIAS para virar esse quadro! Um grade diia e deixe eu comecar meu procedimento agora no hospital ! Fica com Deus!
    MARKTO DE SOU ZA

    ResponderExcluir
  2. A última meta do PT é o controle social. O PT quer controlar a divisão de verbas para a cultura, criando feudos étnicos; controlar Universidades com cotas, criando mais um feudo étnico; controlar o Ministério Público com MPs; controlar a massa excluída com bolsas sociais. A burocracia da máquina do Estado sempre foi a maneira mais eficaz de se legalizar a corrupção. E burocracia e o Estado sempre foram as armas preferidas do PT.

    ResponderExcluir
  3. Sakamori, pensei que você fosse economista também. Bom, com relação ao texto, realmente, vivemos em uma semi-nova era, não muito transparente, apesar de a mídia informar sobre as terríveis tragicomédias político-sociais que nos rodeiam. Adorei a parte da "burrocracia brasileira", afinal, burro tem que ser montado mesmo, que nem o irmão, o jumento. Enquanto os podres poderes, como já cantava o poeta, continuam a se fortalecer, o povo, ignora ou resolveu se assumir mesmo... Abraços, ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  4. Em tudo eles querem se meterem, absurdamente sem logica a lei ora citada acima, entendo também que isto é sim quebra de sigilo bancário e fiscal e pior sem o devido trâmite legal.
    Sakamori? tem muita matéria pro SR viu! Este País está uma lástima. Vejam o que anda acontecendo lá.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.