Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Petrobras tem prejuízo de R$ 113 bilhões!


O maior "mico" da história do País, a capitalização ou aumento de capital realizado com muito estardalhaço pelo presidente Lula em 2010, onde teoricamente evaporou US$ 9 bilhões de lucros da Petrobras, que seria o "troco" que a Companhia "iria" receber da União, literalmente, virou "pó". 
Ganhou a União, porque não haverá nenhum reembolso da parte da União para com a Petrobras. Perdeu a Petrobras com o ganho "virtual" de US$ 9 bilhões, que não acontecerá mais. E muito mais, o analista do Bradesco não levou em conta o prejuízo que a Petrobras deverá contabilizar, conforme manda a boa governança corporativa, o prejuízo financeiro devido ao novo patamar de preço no mercado internacional de petróleo.
Conforme os dados fornecido pelo analista do Bradesco, por ocasião da capitalização os 5 bilhões de barris do campo de Tupi, entrou como cota parte da capitalização por parte da União em US$ 42,53 bilhões, equivalente na data de ontem a R$ 113 bilhões. Pois, este valor, se feito reavaliação do ativo pelos auditores independentes simplesmente não existe. 
Explico.
A média de custo de produção do pré-sal do campo de Tupi, conforme a própria declaração da Petrobras é de US$ 50 o barril. Os 5 bilhões de barris do campo de Tupi teve custo onerosa de US$ 8,51 o barril. Sendo assim, o custo do petróleo do campo de Tupi, pré-sal, é de US$ 58,51 para a Petrobras.
Como o preço internacional do petróleo, do tipo WTI que é a qualificação do tipo do petróleo do pré-sal está em torno de US$ 45 o barril, a cada barril de petróleo que é produzido no campo de Tupi a Petrobras leva prejuízo de US$ 13,51 o barril. Enquanto perdurar a situação de preços baixos no mercado internacional de petróleo, a Petrobras pagará para extrair o petróleo, se comparado com o preço que a Companhia tivesse que importar o mesmo produto no mercado internacional.
Resumindo
A Petrobras, se for empresa séria com comprometimento à governança corporativa, a Companhia após devida reavaliação do preço do ativo sobretudo do campo de Tupi, deveria lançar como previsão para prejuízo sobre este ativo em R$ 113 bilhões na cotação do dólar de ontem. 
Na sequência o parecer do analista do Bradesco, no meu entender incompleto. O buraco do prejuízo é muito mais para baixo! 
Veja o que diz o analista Julio Cesar Rocha do Bradesco.
A queda vertiginosa dos preços do petróleo poderia ajudar a Petrobras na renegociação dos valores pagos pelos 5 bilhões de barris adquiridos pelo regime de cessão onerosa no processo de capitalização, em 2010. Na ocasião a estatal pagou uma média de US$ 8,51 por barril de petróleo. Os 5 bilhões de barris tiveram seu preço calculado em US$ 42,53 bilhões, com renegociação marcada para começar agora, já que era preciso confirmar os volumes, os custos de produção e considerar preços do petróleo antes do início da produção efetiva.
Se o cenário atual de preço de petróleo fosse usado como base para a revisão do contrato, a Petrobras teria pouco menos de US$ 9 bilhões para receber de "troco" do governo neste ano ou no próximo, quando o processo for concluído. Seria um grande alívio para o caixa da companhia, já que ela não vai acessar o mercado de capitais este ano devido às repercussões da Operação Lava-Jato nas demonstrações financeiras (inclusive para a não divulgação delas). Contudo, a estatal não terá direito a receber esse ajuste.
O contrato firmado entre a Petrobras e a Agência Nacional de Petróleo (ANP) em 2010 não é claro sobre qual o preço de petróleo que deve ser usado na renegociação das condições, que será concluída agora, após a declaração de comercialidade, no fim de dezembro, do sexto e último bloco que fazia parte do pacote da cessão onerosa, o Entorno de Iara. Na época, as certificadoras contratadas pelas duas partes usaram como referência um preço de venda do barril a US$ 80 ou acima disso, a depender do cenário simulado. Os preços da commodity, no entanto, começaram a cair de forma acentuada no quarto trimestre do ano passado e ontem o barril - tanto WTI como Brent - estava próximo de US$ 48.
Quando trata das condições econômicas a serem usadas na revisão contratual, o documento diz que "o preço de referência será igual à média das cotações de fechamento no mês anterior à data de referência para a revisão do petróleo Crude Light West Texas Intermediate - WTI, em US$/barril, divulgadas pela bolsa de valores NYMEX, para o contrato futuro de décimo oitavo vencimento, menos o diferencial em relação ao petróleo Brent".
Não fica claro, contudo, qual é essa "data de referência". Se fosse hoje, valeria uma cotação próxima de US$ 63 por barril, no contrato de agosto de 2016, o que gera a diferença de US$ 9 bilhões mencionada acima, mantido tudo mais constante.
Procurada para esclarecer o assunto, a Petrobras informou que o contrato "não determina de forma expressa qual será o marco temporal para fixar o valor a ser utilizado pelos certificadores no fluxo de caixa". Mas afirma que o "governo e a Petrobras, interpretando sistematicamente o contrato de cessão onerosa, entenderam que a data a ser utilizada como referência é a data de declaração de comercialidade de cada bloco, uma vez que esta data é definida pela cláusula 8.2 como marco temporal que dá início ao processo de revisão".
Como a declaração de comercialidade dos cinco primeiros blocos ocorreu antes da queda recente do petróleo, entre dezembro de 2013 e setembro de 2014, a estatal, se continuar com esse entendimento, não se beneficiará da queda do óleo.
As negociações com a ANP já começaram e a agência contratou novamente a certificadora Gaffney, Cline & Associates para refazer as estimativas de reservas. A certificadora da Petrobras continua sendo a DeGolyer & MacNaughton (D&M).
O preço do petróleo não será a única variável que terá que ser considerada nessa revisão. Condições de produção, preço dos equipamentos, rapidez da exploração da área, qualidade do petróleo e a produtividade dos campos - que até agora se mostrou altíssima - terão que ser consideradas.
Sobre o atual estágio das negociações, a Petrobras informou ao Valor que "não pretende comentar antecipadamente a perspectiva de resultado do processo de negociação com o governo federal". Mas deixou claro que "o cenário de preços corrente não é relevante para esse processo".
Julio Cesar S. Rossi
Bradesco Corretora – Mesa Alta Renda

Ossami Sakamori



20 comentários:

  1. São especialistas em maquiagem de balanços e resultados.
    Para eles,crédito vira débito e vice-versa,conforme os interesses espúrios dessa ladroagem blindada e travestida.É só ler reportagens de jornais fidedignos,de países sérios e ver que o Brasil é uma republiqueta,bem descrita no seu hino nacional:deitado eternamente em berço esplêndido...

    ResponderExcluir
  2. Cadê o pessoal que jurou defender o povo e a Constituição?
    Cadê os patriotas deste país,que estão se fingindo de mortos diante de mais essa gravíssima situação,que põe o Brasil de joelhos perante a comunidade internacional?
    Falência do Estado .
    Benesses eternas para o reinado instalado.
    Fome para o povo.
    Há 200 anos,na França,havia algo bem parecido como isso.

    ResponderExcluir
  3. "Cadê o pessoal que jurou defender o povo e a Constituição?"

    Credo!!!! Povo? Constituição? Ki merda é essa?


    Esse pessoal de cu sentado, virou petista, bolivariano ou soviético para praticar genocidio nos brasileiros quando a bulgara ordenar.

    Só servem para isso!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Revoltar aqui não adianta. O Sr é valente portanto, vá até Brasília e exija do Min da Defesa uma providência das Forças Armadas. Mas antes de falar com ele olhe bem para o sol porque depois o Sr ficará um tempão sem vê-lo. A coisa está feia! Estamos em uma ditadura petista.

      Excluir
    2. Senhor Daniel Camilo 14:02

      O senhor è militar?

      Excluir
    3. Não quero desvirtuar do texto do Sakamori. Ele gentilmente nos cede esse espaço para comentarmos seus textos. Mas respondendo a sua pergunta: Sou militar reformado. Portanto, estou igual ao Sr. Revoltado mas com as mãos atadas. O Sr não está errado em seu pensamento quanto aos militares atuais porém, insulta-los só irá agravar a situação. Na década de 30 e 60 os militares defenderam o Brasil mas agora, depois de sofrer desde FHC até Dilma, eles estão preferindo que os civis resolvam o problema. Isso é o que EU penso e posso estar errado. O que podemos fazer é reunir o maior número de amigos e parentes para debater os assuntos deste blog do Sakamori, por ex. A maioria das pessoas estão equivocadas quando as informações verdadeiras. Se nós as esclarecermos elas também se revoltarão. E se muitas pessoas se revoltarem, alguma coisa acontecerá sem precisar dos "canhões". Olhe! muitos dizem que as Forças Armadas podem intervir democraticamente, mas estão enganadas. Haverá combate, sim. Veja o que acontece na Venezuela.

      Excluir
    4. Senhor anônimo das 15:58 e sr.Daniel Camilo.
      Os senhores,como eu,assim como tanta gente,tem preocupações legítimos dos destinos da terra onde vivemos.Cada um com um ponto de vista.Posso estar enganado,mas,nesse momento não parece haver patriotismo suficiente por parte dos que têm as armas e estão na função de garantir das instiuições,pois essas,como é sabido,estão a serviço de interesses outros,que não os da nação.Da mesma forma que os vermelhos estão,lenta mas incessantemente cerceando os direitos dos cidadãos,abafando sua voz e tirando sua vez de agir e reagir,os militares,vendo o que está ocorrendo,poderia depor os tiranos,fechar o congresso e fazer um governo de transição,com uma eleição verdadeiramente livre e democrática,quando o país tiver condição de ser isso.Se ficar como está,estamos fazendo o jogo dos tiranos e,lentamente,seremos esmagados,escravizados tal qual o povo venezuelano.É exatamente o que eles querem,nossa passividade e ir calando nossa voz até a exaustão.Como alguém disse,tem mais médico cubano aqui que a capacidade de formação deles em Cuba,o que faz pensar que são,em sua maioria,agentes cubanos travestidos de médicos,como temos os nossos terroristas no comando da nação,travestidos de brasileiros.Mesmo que haja combate,acho que deveríamos nos unir e fazer frente à situação insustentável.Se os militares estiverem comprados,instalar-se-á,um novo país,com nova bandeira,novo hino,etc.Pelo menos saberemos que não teremos mais o país que era nosso e foi vendido por esses que se dizem brasileiros e exigem ser chamados de excelência (quem diria,um país onde o comandante-em-chefe exibe,com orgulho,uma ficha de terrorista)...

      Excluir
    5. MELHOR MORRER EM COMBATE DO QUE BATER CONTINÊNCIA PARA OFICIAIS COMUNISTAS , TRAVESTIDOS DE BRASILEIROS.

      Excluir
    6. Senhores Daniel Camilo e anônimo das 12:24

      Estou aposentado mas fui militar, não aqui pois pouco me tinham a oferecer. Optei por ser operaconal em outro continente. Mas jamais vi tanta covardia como aquela que se instalou entre os nossos generais. Até mesmo o que substituiu enzo peri è um famoso petista amigo de peito com o terrorista genuino. Logo a condecoração jamais vai ser devolvida.
      Se alguém espera um gesto masculo e patriota por parte do exercito brasileiro, bem pode esperar pois isso jamais vai acontecer. Ainda mais com um ministro da defesa 100% petista! A bulgara só pode estar gozando! Rebolando e gozando como uma perdida.
      Portanto e momento ou em qualquer até o mundo terminar, jamais vai haver patriotismo suficiente por parte dos que têm as armas e estão na função de garantir das instiuições.
      Nem que a vaca tussa. E se houver vai ser para praticar um genocidio entre os 40% de brasileiros que formam uma minoria silenciosa! Isso se antes os cubanos não derem um gole de estado!
      Uma comandante-em-chefe exibe e ostenta com orgulho,uma ficha de terrorista, não è brasileira! Não pode. Por isso as urnas foram mexidas com a desculpa do horário do Acre!!!!

      Excluir
    7. TRISTE REALIDADE,COLOCADA PELO COLEGA DAS 12:24.
      O APOCALIPSE É AQUI E AGORA.
      QUEM VÊ NOSSA LINDA BANDEIRA A TREMULAR AO VENTO NÃO RESISTE AO CHORO,SE AUTÊNTICO BRASILEIRO FOR,POR SABER QUE UMA VACA LOUCA,UM DEMÔNIO DE 9 DEDOS E MILHARES DE BANDIDOS BLINDADOS POR LEIS PARA SE AUTO-PROTEGEREM E SE PERPETUAR NO PODER,NA MARRA,COM ELEIÇÕES,SEMPRE MANIPULADAS E QUE SE INTITULAM,VERGONHOSAMENTE,DE BRASILEIROS,TRAVESTIDOS DE TERRORISTAS VERMELHOS.

      Excluir
  4. E esse desgoverno continua tentando ,a todo custo, tapar o sol com a peneira e nos fazer engolir a imensa podridão em que a Petrobrás foi envolvida.

    ResponderExcluir
  5. Mestre, fora esse rombo, tem a queda do petróleo, a inviabilidade do pré sal, as ações indenizatórias aos acionistas, será que a Petrobras aguenta?!

    ResponderExcluir
  6. Como sempre, o preço do barril sobe; o Governo diz que a Petrobrás está em alta, maquiando os números e finge que tá tudo bem. E nada de bons resultados. Será difícil reverter esta onda. A Petro está falindo e alguma medida tem que ser providenciada!!

    ResponderExcluir
  7. Em primeiro lugar, não existe mais povo brasileiro, hoje a grande maioria não passa de massa de manobra que é um aglomerado de pessoas sem vontade própria, sem identidade, sem patriotismo, sem ética e sem moral, que colocou uma canga no pescoço e aceita tudo em troca de migalhas para sobreviver. Dos 200 milhões de habitantes, existe uma minoria em torno de 40 milhões que trabalha, que produz que vive com certa dignidade, chamada de zelites, pela corja do pt, porque são esclarecidos e são o ponto de equilíbrio, razão pela qual o brasil ainda não chegou no fundo do poço.O grande plano diabólico do PT é transformar os 200 milhões de habitantes em zumbis, para que possa domina-los por completo e assim se eternizarem no poder, com o apoio de todos os corruptos e bandidos, que ficarão blindados mesmo porque os três poderes da republica estão completamente dominados e contaminados. Falta muito pouco para que brasil e outros países da américa do sul trilhem o mesmo caminho da Venezuela e Cuba e este continente seja chamado de pátria grande, só falta mesmo é um grande estrela vermelha na bandeira nacional. O que mais assusta não é a maldade dos maus, mas sim o silencio e omissão dos bons.!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Senhor anônimo das 16:41
      Eu pertenço a essa minoria silenciosa em torno de 40 milhões que são o ponto de equilíbrio, razão pela qual o brasil ainda não chegou no fundo do poço. Vejo com imensa preocupação o brasil ter autorizado a vinda de 11.429 "médicos" cubanos que já agora estão enraizaidos. Mas serão mesmo "médicos"?
      A universidade cubana de medicina forma anualmente apenas na melhor das hipoteses, 346 médicos que se encontram espalhados ás dezenas de milhar pela america latina e europa. Matemáticamente isso è simplesmente impossível porque os numeros não combinam. Logo, temos por cá inumeros terroristas, espiões, agentes secretos, forças para-militares, forças militares, forças especiais e por ai vai.
      Agora vamos a hipoteses. Se duas companhias de militares cubanos fortemente armadas tomassem o "Forte Apache" e decapitassem por completo das nossas FFAA, matando todos oficiais? Que seria do brasil? Outra venezuela? Outra cuba?
      Só falta mesmo é um grande estrela vermelha na bandeira nacional porque a omissão das FFAA e seu silêncio ofensivo
      è insultuosa, já que tudo está acontecendo inacreditavelmente com o aval direto de dilma, Comandante em Chefe das nossas FFAA. Dá para acreditar que estão cá 11.429 cubanos com licença dessa bulgara com saudades da GRANDE MÃE RÚSSIA? Isso militarmente è uma força de ocupação.

      Excluir
  8. Senhor anônimo das 16:41,
    Parabéns pelo brilhante comentário.
    Suas palavras são um retrato fiel do Brasil.Triste feio,mas real.
    Efetivamente nosso ex-país faz parte de um complô vermelho,terrorista,sem compromisso com o povo que já implantou o terror(por enquanto com mentiras e desvio de foco dos reais interesses e problemas da nação,mas,muito em breve usando a força militar,comprada,contra o povo que jurou defender) e desestruturou o país como nação(basta ver noticiários de países do primeiro mundo,sobre o Brasil).O blog é interessante,para sabermos o óbvio:país sem patriotas,nas mãos de lesa-pátrias comprometidos com interesses pessoais,somente,garantidos pela blindagem mútua dos bandidos travestidos de brasileiros,que fazem leis em causa própria,massacrando o povo,vendendo o país e o que restou dele.País Brasil não existe mais,infelizmente.Povo brasileiro,como foi dito pelo amigo,está em processo de zumbização (neologismo criado aqui),ou seja,destinado a ser manada.Por isso tenho dito que a melhor revolução que pode ser feita é o envio,de quem pode,de seus filhos,netos e bisnetos para fora da América Latina (latrina dos sino-soviéticos,cachorros vermelhos).Viramos terra de ninguém,onde os apedeutas e os ladrões acharam terreno fértil para se proliferar.Ia me esquecendo:ainda temos que chamar ladrões de excelência.A bandeira nacional brasileira,logo será substituída por modelo novo MADE IN CHINA,com fortes alusões (cor vermelha e estrelas amarelas) à GRANDE MÃE RÚSSIA.

    ResponderExcluir
  9. REALMENTE VIVEMOS NUMA DITADURA COMUNISTA-PETISTA.
    QUEM FOR BRASILEIRO E QUISER PAZ E FUTURO HONRADO TERÁ QUE MUDAR-SE DA AMÉRICA-LATRINA(DESCULPEM O TROCADILHO)>

    ResponderExcluir
  10. Sakamori:

    Veja só o montão de comentários revoltosos que sua lúcida explanação provoca.

    É isso: precisamos de pessoas e mais pessoas com conhecimento detalhado de tudo o que acontece, que sejam engajadas com a correição e dispostos a divulgar mais e mais a todos aqueles eleitores úteis ao governo do PT, que votam em troca do troco do pão.

    Precisamos tentar fazer o povão entender que seu voto pode provocar mudanças, ou continuar tudo do jeito que está.

    Se continuarem votando errado, irão "venezuelar" o país em breve tempo.

    ResponderExcluir
  11. Desculpe,sr.Eli Reis,
    Salvo melhor juízo,o problema está nas urnas eletronicas,viciadas e manipuladas.No sistema instalado,se eu votar no senhor,saí João ...
    É sabido que o reinado no PT foi programado para não acabar.Votação para inglês ver.Por que não se faz como nos EUA e Europa ou como era aqui mesmo,antes dessa maquineta de fazer reinado eterno para os mesmos...

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.