Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Dilma baixará o preço da gasolina?


A boa notícia de ontem dia 6, terça-feira, foi que o preço do petróleo no mercado internacional continuou caindo. O preço do Brent fechou em US$ 53 e o WTI fechou em US$ 50. Notícia alvissareira. A Graça Foster presidente da Petrobras estava reclamando muito sobre a defasagem de preços de combustíveis entre o autorizado pelo governo e o preço internacional do petróleo.

Graça Foster, a cotação do petróleo ontem, está beirando baixa de 40% em relação à cotação de novembro, época do último aumento de combustíveis. Se seguisse a política da "paridade" como você sempre quis, o preço de gasolina no Sudeste que está em média em torno de R$ 3,00 o litro, poderá ser vendido na boma por menos de R$ 2,00 o litro.

Os americanos estão comemorando com a baixa de petróleo. Somente a diferença de preço praticado nos últimos seis meses, os americanos deixaram de gastar cerca de US$ 115 bilhões até o final do ano passado. Para os americanos que tem grande reserva de xisto, está trazendo prejuízo aparente. Mas, aparentemente. Os ganhos com a baixa do preço do petróleo no entanto está estimulando o consumo com o dinheiro gasto a menos em combustíveis. 

Que notícia boa esta de baixa de petróleo no mercado internacional, Graça Foster! A economia mundial ganhará fôlego com o dispêndio menor em gastos com o petróleo, trazendo estímulo à economia nos países consumidores do petróleo como EEUU, Europa e China. 

Se acalmem povo brasileiro, a má notícia é que no Brasil não vai baixar o preço do petróleo a níveis de consumidores de combustíveis aos níveis de ganho no mercado internacional de petróleo com a baixa. Vocês devem estar estranhando com a má notícia, mas é assim mesmo. 

A baixa de petróleo no mercado internacional para a Petrobras não refresca. Pelo contrário, é uma tremenda dor de cabeça para a Companhia.  Não adianta baixar o preço internacional do petróleo para a Petrobras, porque o custo de produção dos petróleo "off-shore" pós e pré-sal são altíssimos. 

Os institutos independentes estimam o custo de produção do petróleo do pré-sal brasileiro está entre US$ 45 e US$ 60 o barril. Ontem, a Petrobras admitiu que o custo de produção do pré-sal brasileiro é de US$ 50. Isto significa que a Petrobras vai ter custo de produção do petróleo acima do que custa o petróleo internacional, se o preço internacional do petróleo cair abaixo de US$ 50 o barril. Isto é um paradoxo.

Além de tudo, a própria Petrobras estima o custo de refino nas suas unidades  de refinaria em torno de US$ 60 o barril, muito acima do preço internacional de refino do mesmo tipo de óleo. Isto significa que para a Petrobras, não adianta o preço do petróleo internacional baixar porque o preço de petróleo a ser entregue às distribuidoras pela Petrobras poderão sofrer apenas pequeno percentual de baixa.  Ou nenhuma baixa. 

A Petrobras poderá ter lucro extra na importação de combustíveis prontos que estão cerca de 40% mais baixo no mercado internacional com referência ao último aumento em novembro do ano passado. Mas este lucro extra já tem destino certo, a CIDE - Contribuição de Intervenção ao Domínio Econômico que o ministro da Fazenda cogita em fazer voltar nos alíquotas anteriores.

As distribuidoras de combustíveis transnacionais que atual no Brasil como a Shell e Esso estão ameaçando a ANP - Agência Nacional de Petróleo, de fazer importação direta dos combustíveis prontos do mercado internacional.  Mas o governo já avisou que sobre as importações de combustíveis prontos pelas transnacionais incidirão a mesma CIDE, anulando assim a vantagem que teria em importar os combustíveis prontos a comprar das refinarias da Petrobras.

Não sei se vocês estão acompanhando a minha explanação, mas o que quero dizer, curto e grosso, é que a gasolina que poderia baixar para  níveis de R$ 1,80 o litro no Sudeste, continuará sendo vendido nas bombas ao mesmo preço de R$ 3,00, apesar da baixa de cerca de 40% no preço do petróleo no mercado internacional.  A diferença vai para bolso do governo e a Petrobras continuará tão ineficiente quanto antes, mas de pé pelo menos. Poderá no máximo, para dar "sensação de poder de compra" promover uma pequena baixa em níveis de bomba.


Exatamente como eu fiz aqui com vocês, a Dilma vai fazer com vocês consumidores e contribuintes, vai enrolar e botar no de vocês devagarinho sem que vocês se apercebam. Para enganar a população poderá, no máximo, conceder desconto de até 10% na refinaria. 

A dura realidade que você, contribuinte, está sustentando a ladroagem e incompetência da Petrobras.


Ossami Sakamori

16 comentários:

  1. Parabéns. De fato, dificilmente haverá baixa substancial para nós consumidores. E quanto ao preço de produção, com a administração que a Petrobras tem, não há como ser baixo. Para que a empresa tenha preços de produção competitivos, seria necessário que tivesse uma boa administração, não como se vê hoje, quando as obras e serviços são contratados por preço muito acima da média do mercado. Tudo isso encarece. E no final somos nós que pagamos a conta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai aumentar o caixa da empresa assim ela pode ficar financiando o projeto totalitário do governo...

      Excluir
  2. O preço continuará no patamar de R$ 3,00, se o preço baixa a Petrobras quebra!

    ResponderExcluir
  3. já quebrou, ou está quebrada tecnicamente, como gostam de falar os entendidos. Se ela fosse inteligente, repassava os descontos na íntegra. Isso geraria muito mais dividentos financeiros e políticos do que tapar os buracos causados pelos rombos na empresa que parecem inesgotáveis.
    Ela evitaria a tendência forte de inflação, amortiizaria a onda de desempregos, agradaria os investidores e amenizaria seu declínio político, mas ela não faz isso porque além de incapacitada, se mostrou despreparada para essas atitudes surpreendentes. ela é previsível, como é previsível termos um ano de 2015 catastrófico. uma pena.

    ResponderExcluir
  4. Aqui onde resido tem posto que cobra até R$3,60 o litro da gasolina. Eu abasteço com etanol que ainda está em R$2,30. Agora, se o PSDB estivesse governando, nessa hora o PT faria um "rebu" para chamar a atenção da sociedade e forçar o governo a diminuir o preço do combustível sem se preocupar se isso iria quebrar ou não a Petrobras. Como estamos sem oposição firme, o PT deita e rola. Fez campanha a favor do "social" e após a eleição aumentou impostos, cortou benefícios dos trabalhadores e ainda vai aumentar a carga tributária penalizando mais os pobres. Hoje lí que o Min Chioro defende mais um imposto na saúde para melhorá-la, pode? Vamos ter que reagir de alguma maneira, do contrário seremos esmagados facilmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr.Daniel,
      Sem o apoio das FA,infelizmente seremos esmagados.
      Isso faz parte do plano maquiavélico dos petistas,de entregarem a pátria aos comunistas.
      Salvo melhor juízo,o alto escalação dos guardiões da pátria estão apaniguados e se fingem de mortos.Os escalões inferiores não se interessam pelo assunto.
      Acho que perdemos a chance de nos mover e,agora,o PT deita e rola por ter absoluta certeza da impunidade...

      Excluir
    2. Então, Sr anônimo das 11:28. Eu sou da reserva das FA, não sou oficial e só recebo ordens. Quem tem que pensar e agir são os Generais, Brigadeiros e Almirantes contudo, pelo andar da carruagem, só um levante civil para dar um empurrão nas FA.

      Excluir
    3. Sr.Daniel,
      Sou o anônimo das 11:28.
      Concordo plenamente com o senhor.
      Só que,pelo que conheço dessa troupe empoleirada no poder,qualquer movimento nosso será imediatamente bloqueado.
      Penso que se houvesse interesse dos EUA,como houve na revolução de 1964 (operação Brother Sam),teríamos apoio externo e,quiçá,tivésses êxito.Nossos lesa-pátrias não têm o menor interesse em largar esse osso,roendo-o até virar pó.
      Estou desiludido com essa situação de nosso país...

      Excluir
    4. Mui digno senhor Daniel Camilo das 12:56

      Também pela mina avançada idade,já não sirvo para as FA, mas como civil,a conversa seria outra se tivesse um fuzil e 5 carregadores.

      Quanto aos Generais, Brigadeiros e Almirantes, eles são merda verde, bolivarianos ou soviéticos da porra! Não valem nem um peido! Confio mais no CV ou no PCC do que neles.

      Excluir
    5. SENHOR ANONIMO DAS 14:43
      ME CONTENTARIA COM UM LANÇA-CHAMAS PARA QUEIMAR O RABO DESSES PTRALHAS...

      Excluir
  5. Olha,

    Eu desconfio que a gasolina vai é aumentar na bomba. Supondo uma CIDE de R$ 0,70, acho que R$ 0,50 vai pra redução de preços da Petrobrás e R$ 0,20 vai pra bomba, ou seja, vão dividir o custo da CIDE em algo 50-50, 60-40 ou nomáximo 70-30 entre Petrobrás e consumidor.

    De qualquer forma a Petrobrás vai seguir lucrando alto com a diferença da bomba para o petróleo importado, e por isso deve dar lucros e pagar altos dividendos, até porque o governo como principal acionista quer receber este dinheiro pra entrar na conta do superavit primário.

    Petr3 e Petr4 devem virar ação de dividendos em breve. Estou acreditando nisso.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Vamos pedir para os Estados Unidos invadirem o Brasil.
    É a única saída...

    ResponderExcluir
  7. Concordo com você Sakamori! Ainda que as coisas com a Petrobrás não estivessem como estão , DilmAnta jamais abaixaria o preço da gasolina ,pelo contrário, a tendência é aumentar o preço para que o rombo que ela e seus asseclas causaram ,continue a ser pago pelo povo brasileiro,como sempre..

    ResponderExcluir
  8. Enquanto isso...

    "Juízo sobre São Paulo: Água deve acabar e colapso acarretará em ÊXODO URBANO e GUERRA CIVIL, afirmam especialistas

    Paulistas, e principalmente paulistanos: preparados para arrumarem as malas?
    A mídia tem nos ocultado muita coisa!
    Nem adianta mais ficar acusando político A ou B, pois 99% do que estão aí, são todos iguais...
    Para mim, o motivo disso que tem acontecido é mais espiritual do que político...
    Tudo o que o homem planta, ele colhe...

    Até agora o que se viu e ouviu sobre o nível dos reservatórios, não retrata a verdadeira “guerra civil” que se aproxima nos meses seguintes, garantem especialistas.

    (...)"

    http://www.libertar.in/2015/01/juizo-sobre-sao-paulo-agua-deve-acabar.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+LibertarinSejaLivreAntesQueSejaTarde+%28LIBERTAR.in+%3A%3A+Seja+livre%2C+antes+que+seja+tarde%21%29

    ResponderExcluir
  9. Jamais se abaixará o preço de alguma coisa aqui no Brasil. Precisa-se de muito dinheiro para manter os 3 PODERES interligados. Jamais se reconhecerá que os bandidos que estão no poder é que mandam e que os trouxas como nós, obedecemos. Infelizmente aqui, o $$$$$ é o poder

    ResponderExcluir
  10. País governado por ladrões não poderia ser diferente.
    Quem não estiver contente com os ptralhas tem que ir embora...
    A rainha da farinha já avisou que não sai de lá nem que a vaca sorria.
    SORRIA,VOCê ESTÁ SENDO GRAVADO,FILMADO,SACANEADO ...

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.