Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Marina Silva não é virgem!

Crédito da imagem: Estadão

Assisti ontem entrevista da Marina Silva, dentre uma série que a Rede Globo tem feito aos candidatos à presidência da República. Apesar de minha crítica à Rede sobre a tendência da Globo ter dado atenção preferencial à candidata Dilma Rousseff, as referidas entrevistas, tem pautado pela isenção. William Bonner, editor do Jornal Nacional, tem conduzido entrevista com imparcialidade.

Indo na mesma linha do apresentador do Jornal Nacional e da imprensa em geral, questiono a maneira matreira da candidata Marina Silva, em se apresentar à população como candidata à presidência.  

Marina Silva, candidata do PSB, da facção Rede Sustentabilidade, vem se esforçando para se apresentar como única candidata virgem, pura, moralmente ilibada, como que "salvador da pátria" fosse.

Até que a tese, que contrapõe à "velha política" (sic) e dona absoluta da "nova política" (sic), pega bem perante à população. Marina Silva é "esperta", quer abocanhar sozinha a fatia da população que clama pela mudança do rumo do País, sobretudo na renovação política. Ela quer conquistar os 70% da população que quer a mudança.

Marina Silva, está longe de ser "virgem" na prática política. Marina Silva pratica sim, a velha máxima que ela diz repudiar o "toma lá, dá cá". Quando ela entrou no PSB, diante da inviabilidade de criação do seu partido Rede Sustentabilidade, deu o "toma lá" o apoio ao Eduardo Campos para ganhar o "dá cá" o posto de candidatura da vice-presidente na chapa do PSB.  Isto é fato. 

Marina Silva, está longe de ser uma pessoa absolutamente alheio às práticas não tão republicana. Quando Marina Silva foi ministra do Meio Ambiente, o seu marido, foi envolvido na transação de lote grande de madeira pelo IBAMA, órgão subordinado ao ministério.  Com intermediação do marido da Marina, o IBAMA arrecadou apenas R$ 3,5 milhões, na venda de lote cujo valor do mercado era avaliado em R$ 36 milhões. A operação passou por debaixo do seu nariz, mas mesmo tomando conhecimento, nenhuma atitude foi tomada. Caso eleita a Marina Silva, o marido envolvido em maracutaia, vai morar no Palácio da Alvorada.

Marina Silva, não está longe de ser uma pessoa eticamente dos costumes da "velha política" (sic). Os principais articuladores financeiro da campanha da Marina Silva são o empresário Guilherme Leal, dono da empresa Natura e da Neca Setúbal, uma das acionistas controlador do Banco Itaú. Nada haveria de estranho, se a Natura não tivesse devendo ao fisco R$ 1 bilhão e se o Banco Itaú não tivesse contenda com a Receita Federal sobre a dívida de R$ 18 bilhões. Isto é prática de "nova política"?

Marina Silva, utilizou-se do avião que levou a vida do Eduardo Campos, junto com ele, no mês de julho, já na condição de candidata a vice-presidente. Nada haveria de anormal se a compra do aeronave que Marina Silva utilizou-se em périplo de campanha presidencial, não tivesse em suspeição sobre licitude da compara ou locação do mesmo pela Polícia Federal. Até agora, sabe-se que a compra ou locação fora paga com dinheiro "caixa 2" da campanha presidencial do PSB. Isto é prática da "nova política"? 

Marina Silva, se comporta como o "velho político",o Lula da Silva. Em todas questões, a saída é sempre o "não sabia". É temeroso, eleger novamente, como outra aluna do "velho político" a Dilma Rousseff, que também é adepto do "assinei sem ler". 

Tenha dó do povo, Marina! Chega de se comportar como "nova política", jogando o PT e PSDB para o lado da "velha política". Isto pode funcionar para os otários e asnos, mas esta enganação não funciona para ser normal que tem cérebro, Marina! 

Marina Silva, não queremos repetir, novamente o "salvador da pátria" como foram o Jânio Quadros que renunciou pela ingovernabilidade e o Fernando Collor que foi cassado pelo Congresso Nacional pela utilização irregular da sobra do dinheiro da campanha para compra de um Fiat-Elba.  

Criador e criatura

Marina Silva não é virgem!

Ossami Sakamori


8 comentários:

  1. Resumo da plataforma da Marina:
    1) PT e PSDB são velha política
    2) vou superar a velha política
    3) quero governar com PT e PSDB

    ResponderExcluir
  2. Lula está feliz da vida pois é dono das cabeças de duas senhoras: Dilma e Marina. Qualquer uma que for Presidente da República é ele(Lula) quem realmente governará. FHC desmentiu a fala da Dilma em que, no debate da Band, ela disse que FHC quebrou o Brasil 3 vezes. Quem tem a obrigação de desmentir na hora é o Aécio Neves que é o candidato e por isso digo: Fala, Aécio!

    ResponderExcluir
  3. Num país como o nosso em que a esmagadora maioria da população é facilmente enganada pelos políticos matreiros e inescrupulosos, estamos assistindo o mesmo filme em que o povão será novamente ludibriado, pela candidata Marina Silva que aparece como salvadora da pátria e falando abobrinhas, como se ela estivesse acima do bem e do mal. Ela apresenta uma hipótese tão absurda de conciliação nacional que não resiste a uma análise primaria de qualquer pessoa que tenha o mínimo de bom senso. Será impossível governar sem o apoio do PMDB, que é um partido essencialmente fisiológico e que se seus interesses não forem atendidos, tem o poder de inviabilizar qualquer projeto do governo. Quanto ao candidato Aécio Neves, está cometendo os mesmo erros do Alckmin e do Serra, que embora fossem os melhores candidatos na ocasião, não souberam comunicar-se com o povão e perderam a eleição para candidatos incompetentes, mentirosos e corruptos. Resumindo a candidata Marina Silva se eleita, anulará o PSB que a acolheu e se ligará ao PT, que continuará comandando este infeliz país, por mais quatro anos.

    ResponderExcluir
  4. Nosso país é assim:

    Para quem pensa (no significado específico do verbo), temos de novo um quadro trágico (para não dizer cômico, ou os dois) pela frente, onde o novo, que é velho ataca o velho, que insiste em dizer que fará as mudanças necessárias.

    O novo (velho) aliar-se-á a outro velho (PMDB) que alia-se a qualquer coisa (assim como Maluf) para continuar participante dos governos, nas coligações, negociatas, acordos, acertos e coisas tais.

    Se tem uma pessoa nesse nosso país com cara de falso é o presidente deste partido (PMDB, velho). Se precisássemos de alguém para convencer um bebê que estivesse começando a engatinhar, que era pessoa séria, ele não serviria, pois, a criança não acreditaria...

    Mas, com certeza, conseguirá convencer Marina e seu partido (PSB ou REDE SUSTENTABILIDADE ?) a estar de braços com ela em busca a essa nova forma de governar o Brasil.

    Pátria amada, salve, salve!

    Eli dos Reis,
    de Ribeirão Preto.


    ResponderExcluir
  5. Gostei demais do post 'concordo
    Os comentários estão ótimos .
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. SOS Brasil. Este povo é muito otário mesmo em trocar 6 podres, por meia duzia apodrecidos. Sempre brilhante e clara suas postagens. Obrigada Mestre Saka.. !

    ResponderExcluir
  7. Estão em duvida?
    Além de ser uma lição para todos os brasileiros, não anule seu voto ou o deixe em branco, mas vote na pessoa que tenha menos chances de ser eleita; este ato chamara a atenção daqueles candidatos que aguardam alguma chance de continuar nos roubando com novas linhagens como o COMUNISMO. Só fariam algo ao ver da maneira que tudo esta desorganizado, tomando as devidas providencias como tudo organizar, mas; sem promessas antecipadas que acarretam a queima de sua própria imagem. O COMUNISMO, no BRASIL , esta alinhavado com os PARTIDOS: PT, PCdoB, PMDB, PRB, PROS, PDT, PP, PSD.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O povão brasileiro é tão burro e ignorante que vota nulo ou em branco, ajudando essa corja do PT a se reelegerem e não adianta explicar porque a maioria são analfabetos funcionais que não conseguem entender o que estão lendo. O que adianta ser a 7ª economia do mundo e ter um povão alienado e ignorante?

      Excluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.