Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Economia. Brasil está afundando!


Segundo Serasa, o índice de devolução de cheques sem fundos no mês de julho é o maior da série histórica, que iniciou em 1991. Foram devolvidos no mês de julho deste ano 2,4% do número do total de cheques depositados no sistema bancário.  Para a estatística entra apenas cheques devolvidos pela segunda vez ou seja com penalidade de encerramento da conta corrente.

Isto é apenas a evidência de que a economia brasileira está murchando. A capacidade de pagamento do consumidor está diminuindo.  Isto tudo, além do crescimento pífio do PIB, demonstra que o endividamento do consumidor brasileiro que está acima de 55% do PIB, está além da possibilidade do povo.

Não adianta presidente Dima dizer que no segundo semestre o Brasil vai crescer.  Ela disse na entrevista promovida pela Rede Globo no Jornal Nacional de todos candidatos à presidência da República.  O Brasil está indo para o fundo do poço.  O fundo do poço ainda não chegou. A economia vai continuar na estagflação pelo menos até o término das eleições.  

Agora, há no horizonte político o fato novo. O fato novo é a candidatura da Marina Silva do PSB, no lugar do Eduardo Campos, falecido no acidente aéreo.  Da Marina Silva, que se firmou como político dentro dos hostes petista não se pode esperar muita coisa.  A ideologia da Marina Silva, pelo menos, no campo econômico é a mesma da Dilma. Continuará a intervenção do Estado na sociedade brasileira, sobretudo na economia.  Caso eleita, Marina Silva, vai dar continuidade ao programa econômico do PT.  

Apenas, alerto os meus leitores de que o fundo do poço da crise econômica brasileira não chegou. Nem mesmo definição do novo nome à presidência, independente de quem seja, o quadro econômico não mudará tão facilmente. A economia brasileira está tão "desorganizada" que precisará de algum tempo para colocá-lo no trilho novamente. Este interregno de tempo é de no mínimo 1 ano, após a posse do novo presidente. Isto significa que o Brasil vai passar por momentos difíceis nos próximos meses, incluindo os meses do próximo ano. Mesmo com Aécio presidente, a economia levará tempo para encontrar o equilíbrio.  


Que todos apertem o cinto como puder!

Ossami Sakamori


2 comentários:

  1. E dilma vai continuar, vai reeleita. Maravilhas das nossas urnas eletrônicas.

    ResponderExcluir
  2. Mais quatro anos de Dilma ou Marina (enrustida no PT) passaremos do fundo do posso.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.