Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Petrobras. Mais uma grave denúncia.

Estadão. 30/12/2013 - A Petrobras concluiu a venda de sua participação de 35% no bloco BC-10 da Bacia de Campos, referente ao projeto Parque das Conchas, por US$ 1,636 bilhão. Principal parceira no projeto, a petroleira anglo-holandesa Shell pagou US$ 1 bilhão pela fatia de 23% no bloco, passando de 50% para 73% sua participação no bloco da Bacia de Campos.

Comentário.

No undécimo minuto de fechar o ano de 2013, a Petrobras vende uma fatia de participação do bloco de exploração, em plena atividade, na Bacia de Campos, para a Shell.  A venda de ativos da Petrobras, conforme previa o Plano de Investimentos da Companhia, se concentrava em ativos no exterior.  A surpresa é que a Petrobras está vendendo ativos "filé mignon", dos campos do território brasileiro a toque de caixa.  Para fazer caixa da Companhia ou fazer caixa para campanha?

Isto me cheira ovo podre. Estamos a falar de venda de ativos correspondente em moeda brasileira a R$ 3,85 bilhões. Pela maneira que foi anunciada, parece não ter obedecido as leis de licitações sobre venda de qualquer ativo, que é o de fazer avaliação do ativo pela auditoria externa, independente, e colocá-la em licitação.  No caso da Shell e outra empresa parceira, nas mesmas condições do ofertante do leilão, teria preferência na aquisição.   O negócio, pelo visto, foi feito numa mesa, como se negociam uma caixa de banana.  

Isto fede!  Se as normas e leis permitem "dispensa de licitação", mesmo assim, não cumpriu as regras da boa governança corporativa que se submetem as empresas com capital aberto, como é o caso da Petrobras.  Lembrando que a Petrobras é uma empresa de economia mista, cujo controle é da União Federal.  Se isto tivesse acontecido com uma empresa privada, certamente, os diretores envolvidos, seriam processados e mandado para Papuda.  Ou no mínimo os tais diretores seriam considerados inidôneos pelo mercado.  Nunca mais teriam emprego em lugar nenhum.  

A venda de ativos no exterior, conforme último relatório, somava US$ 4,3 bilhões, incluindo a venda polêmica de 50% da Petrobras Oil & Gas para grupo BTG Pactual por US$ 1,525 bilhão.  Está excluído a transferência de ativos financeiros não tão bem explicadas de US$ 4,9 bilhões para Fundação Petros.  Nota-se que a venda dos ativos no exterior, não está obedecendo as melhores regras da governança corporativa que é submetida a Petrobras, companhia de capital aberto.

A dificuldade de caixa da Petrobras ficou bastante evidente, pelos últimos dados sobre movimento de compra e venda do óleo bruto ou pronto, com o exterior.  Até final de novembro, a Petrobras contribuiu com conta negativa, em dólar, cerca de US$ 20 bilhões.  A conta da Petrobras tem impactado na balança de conta corrente e de  pagamentos do País, de forma expressiva.  Pela primeira vez, nos últimos 11 anos, o País deve fechar a balança comercial deficitária ou em ligeiro equilíbrio, graças a gambiarra de exportação fictícia de plataforma de petróleo.  

A venda de ativos no Brasil comprova que a Petrobras se encontra em grande dificuldade de geração de caixa, sobretudo pela defasagem de preço de combustíveis que vendem na refinaria.  A Petrobras vem bancando sozinha o subsídio de combustíveis, para tentar segurar a inflação.  Não sabemos até quando vai durar esta situação anômala.  Só espero que a Petrobras, não entre em insolvência, mesmo com a postergação de Plano de Investimento de US$ 236 bilhões, anunciado pela presidente Dilma com grande destaque na imprensa.  

No entendimento popular, a situação se configura como aquele cara que "vende" o almoço para "comprar" a janta do dia.  Pior, alguém levou vantagem R$ milionária nesta operação.  Quem foi que levou nessa? Se correr o bicho pega, se parar o bicho come!  O bicho no caso, não é propriamente a Petrobras, mas sim o povo brasileiro.

Vamos dar uma virada em 2014, vamos?

Ossami Sakamori
@SakaBrasil2 



9 comentários:

  1. É a Privataria Petista, mostrando a cara com a desmoralização da Petrobrás. Brasil não é Venezuela, não tem como bancar combustível por um preço "barato". Brasil não é Venezuela, repito, mas adota a mesma política nefasta do país de Chavez e cia.

    A baixaria do PT não tem limites.. Após a queda vergonhosa e esperada das empresas do Eike, a fragilidade da Petrobrás ficou evidente. Vem mais em escândalos por aí. 2014 que se segure...

    ResponderExcluir
  2. No undécimo minuto de fechar o ano de 2013, a Petrobras vende uma fatia de participação do bloco de exploração, em plena atividade, na Bacia de Campos, para a Shell. A venda de ativos da Petrobras, conforme previa o Plano de Investimentos da Companhia, se concentrava em ativos no exterior. A surpresa é que a Petrobras está vendendo ativos "filé mignon", dos campos do território brasileiro a toque de caixa. Para fazer caixa da Companhia ou fazer caixa para campanha?

    ResponderExcluir
  3. Faltam homens no país.
    Caso houvessem, esta corja de celerados delinquentes já estaria longe.
    Laamentável.

    Ass:Uma anônima

    ResponderExcluir
  4. E o "GRANDE GOLPE" segue acontecendo como uma MATRIZ MATEMÁTICA tipo "SUCURI APERTANDO A PRESA"... A única esperança que tenho é que o povo Brasileiro nunca foi comprometido com nada! Espero que essa volatilidade que desde sempre aconteceu por aqui resolva na hora "H" fazer a diferença!

    ResponderExcluir
  5. O Brasil quer manter os preços de combustíveis e derivados de petróleo a preços de mercado internacional. O POVO brasileiro não pode pagar preços internacionais com salários "nacionais". Além de começar o ano com a mudança da tabela de IR abaixo da inflação para "garfar" uma parcela maior dos assalariados brasileiros. Quer ser pais de 1° mundo Brasil ??? Aja como tal e nos de condições de 1° mundo !!! Educação de 1° mundo, saúde de 1° mundo, segurança de 1° mundo, políticos de 1° mundo, competitividade de 1° mundo, infra estrutura de 1° mundo ... PT, porque você não vai vender estrelinha no farol para pagar suas campanhas ao invés de dilapidar o patrimônio desse povo já tão cansado de sofrer roubo atrás de roubo por parte dos governos ???

    ResponderExcluir
  6. E a INcompetente oposição brasileira realmente inexiste. São uma "pôias" A governança da gastança faz e acontece e pousa como benfeitores do País quando na verdade são os vampiros a cuidar do banco de sangue.

    ResponderExcluir
  7. Esse governo está desfazendo o patrimônio Brasileiro...`!

    ResponderExcluir
  8. ESTE GOVERNO DO PT É UMA VERGONHA, NÃO SOMENTE NACIONAL,MAS INTERNACIONAL, QUANDO VIER A TOMAR CONHECIMENTO PELA IMPRENSA MAIOR E PELA HISTÓRIA QUE DELE VÃO CONTAR OS HISTORIADORES. INFELIZMENTE AÍ JÁ TEREMOS VIRADO "UM PAÍS SEM FUTURO".
    Francisco Miguel de Moura

    ResponderExcluir
  9. Eu não compro gasolina nos postos da Petrobras, e aconselho à todos que faça o mesmo

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.