Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sábado, 4 de janeiro de 2014

Onde deixei os meus culhões?

Acordei brabo hoje! Que País de m... é isto? Falamos, falamos, inclusive este que escreve, mas não tomamos atitude nehuma.  Viramos todos covardes!  Não somos exemplo para ninguém. Muito menos para os nossos descendentes.  Somos uma vergonha para os antepassados!  Sou o primeiro da fila para me incluir. 

Nós que não fazemos parte do contingente de analfabetos funcionais, mais de 55 milhões, em idade adulta, acovardamos.  Falamos, falamos, falamos... em redes sociais, em roda de amigos, nos blogs como eu faço, mas não tomamos atitudes!

Sim, estou é puto comigo!  Infelizmente, estou no meio desta turma, a nossa, que falamos o que seria bom para o País, mas não tomamos atitudes.  Nós sabemos achar o vilão da história.  Elegemos que serão os políticos o nosso alvo.  Mas assim não vai dar!  Eles, políticos, nem estão aí.  Eles vendem até a alma para poderem se reeleger!  Mas, os culpados de eles estarem no poder, somos nós, os eleitores, os pseudos elites.  Não me excluo, deste contingente de pessoas. Não, não me excluo.  Sou igualzinho a todos que estou a referir.

Que País de m... esta?  Deixamos a quadrilha de arrombadores de cofres públicos tomarem a conta do País.  Eles estão agindo, não mais na calada da madrugada, mas no pleno luz do dia!  Do QG da Papuda! E ninguém toma atitude!  Os poucos que tomam, são marcados!  Conheço alguns destes baluartes!  São homens dignos e corajosos que excluo-os da minha lista, da lista que faço parte!  Tenho vergonha, perante estes, a minha condição de inércia.  Não tenho contribuído nada para a mudança!  

Creio, o País é uma m... porque sou uma m... ! Sou covarde, como tanto quanto outros, formadores de opinião, do pseudo elite, da pseuda burguesia.  Pior, sou mais um, desses que criticam o "status quo", mas nada faço de concreto para promover a mudança.  Fico, como se fosse intelectual, atrás do PC (leia-se computador), escrevendo.  Escrevendo, acho que mais para desintoxicar o meu fígado, do que para mudar o País.

Poxa! Lutei, embora não clandestinamente, para redemocratização do País, nos tempos de chumbo, do regime militar.  E eu estou cá, inerte, no conforto do ar condicionado, escrevendo... escrevendo.  Letras vis, letras mortas, que nada servem.  Letras pronunciados por um mudo, que sou eu, para uma platéia de silêncio, que são os alienados.  Somos os guerrilheiros do ar condicionado! Só me resta rir, de mim próprio, da minha condição de covarde!

Este ano é decisivo para o futuro da minha pátria, que imagino seja pátria de vocês, também.  Propugno a mudança.  Coloco algumas idéias, mas fico nisso.  Como se minha missão tivesse terminado.  Como querer lavar a alma, lavando as mãos com algumas linhas de pensamentos.  Sim, sou mais um covarde!  Até quando vou ficar escondendo os meus culhões?  Não, não pode ser por muito tempo. Preciso honrar o que está debaixo das minhas calças!

Vamos à luta, vamos! Vem comigo, vem?

PS: Culhões: sentido figurado de coragem. 

Ossami Sakamori
@SakaSakamori




5 comentários:

  1. Amigo, somos um monte de nada mesmo! Há 40 anos atras os que eram contra o regime militar, eram o eleitorado do PT, lembra? Hoje, após centenas de conflitos, os que estão contra o PT, já perceberam quantos erros já foram e estão sendo cometidos, e confusos estão todos. Já nao sabemos o que fazer para que seja efetivamente mudada a situação caótica atual do Pais. Já ouvi muita gente dizer que tem saudade do tempo da Ditadura. Na minha humilde opinião, ou pedimos ajuda Internacional ou optamos por um Impeachment JÁ! Tambem existe a Intervenção Militar. Agora, o quer fazer? Parece que todos estão anestesiados, esperando pelo que nao sei. Isso realmente e lamentável e preocupante!

    ResponderExcluir
  2. Saka, uma andorinha só não faz verão. Não adianta vc e poucos brasileiros perceberem que somos comandados por 3 poderes corruptos. Precisa o povo inteiro acordar e se rebelar contra os nossos governantes. Caso contrário, vai continuar cada vez pior... Ass Old Monster

    ResponderExcluir
  3. Prezados amigos comentaristas,

    Pode escrever. Hoje, dia 4/1/2014, a situação não é favorável ao meu pensamento, mas no dia 5/10/2014, os resultado das urnas mostrarão que eu tive razão.

    Continuo na luta! Obrigado, comentários!

    Ossami Sakamori

    ResponderExcluir
  4. Hoje no twitter de Lucimar Gonzalez => @GonzalezLucimar - " A verdade dói, e dói muito. Amamos nossa terra e nossa gente, mas somos, reconhecidamente, o país da corrupção e o país do fiasco publico..."

    Transformaram o Brasil em quatro etnias e já começaram as guerrilhas entre Índios, negros, brancos e mestiços... Por qual etnia lutaremos e nos defenderemos?
    Desarmados com propósitos vis já conhecidos em outras ditaduras, apenas os índios podem portar a sua ferramenta de trabalho o ' terçado..!'
    Armas de fogo, são de uso exclusivo das polícias, das forças armadas e dos bandidos que de certa forma são mais protegidos pelos que defendem os DDHH deles e nunca das suas vítimas.
    Não existem os que defendem os Direitos Humanos das vítimas.
    As drogas e as armas para os criminosos, circulam em aviões, barcos,navios, carros, caminhões e helicópteros sem que os seus proprietários saibam o que transportam.
    Os assassinatos, mortes no trânsito aumentam a cada ano e mudam os rankings constantemente no mapa da violência...sem qualquer lugar considerado o melhor lugar para se viver.
    A nossa bolsa de valores tem o 2º pior desempenho do mundo, perdendo somente para o Perú.
    Gastam bilhões em propaganda na mídia alugada, comprada alienadora e ameaçadora.
    Emprestam dinheiro para os que não honraram os seus compromissos mas permitiram o cadastro positivo aos bancos para punirem os negativados que sempre houve e haverá a depender da situação econômica de cada cidadão ao longo da sua vida ativa.
    Facilitam os negócios do patrimônio público com os que dividirão o bônus nas campanhas eleitorais que nos oferecem nas urnas violáveis pela (UnB) feitas por empresa envolvida em fraudes e sem voto impresso, como mercadoria ou serviço sem comprovante ou nota fiscal.
    Nunca acreditei em salvadores da pátria...sempre fiz a minha parte tentando eleger os melhores e assim ficaram os meus votos em orfanato que espero resgatar já em 2014.
    Lamento pela nossa ex-5ª potência econômica que deverá recuar para a 8ª em 2013 com muito pouco avanço no IDH que nos situa na 84ª posição entre os países medidos.
    Temos o maior número de viciados em crack do mundo e segundo em cocaína.
    Faltam pisídios para os amontoados e capacidade para os 286 mil já com mandado de prisão, sabendo que apenas 4 em cada 100 investigados e julgados, imaginemos se todos fossem achados, investigados e condenados...enquanto os países baixos da Europa fecham presídios por falta de condenados e penas alternativas... Holanda... e etc...
    Os grupos sociais pela internet tornaram-se uma potência em 2013 e esperamos que no dia 05/10/2014 esta força possa mostrar a que veio...
    Vamos continuar gerando a energia que segue o curso do pensamento e acreditar no mérito, premiar os melhores e apoiar o esforço próprio de cada um para que um dia cheguemos à 3 bases da democracia (Isonomia-Isogoria-Isotimia).
    Continuemos na luta sem armas de fogo, nem flechas nem facões nem zumbis...
    apenas com palavras de esclarecimento\conhecimento. Obrigado sen-sei por toda a sua claridade...! Forte abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. COMPARTLHO, POIS É EXATAMENTE TUDO O QUE PENSO

      Excluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.