Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

APOSENTADOS EM GREVE CONTRA O PETÊ.

Matéria extraída do blog Prosa e Política.

Mas, como ontem foi o DIA NACIONAL DO APOSENTADO, volto com este texto, prá lá  de subversivo. 
Primeiro, a motivação: meu pai era cirurgião-dentista, tinha um consultório onde trabalhava pela manhã. 
À tarde, atendia trabalhadores da Rede Ferroviária Federal S.A. Contribuía pagando INSS e IAPFESP, cada um sobre uma determinada quantia, algo no entorno de dez salários mínimos. 
Ao morrer deixou duas pensões para minha mãe.   No primeiro mês, ela recebeu 80% dos salários de contribuição, perto de dezesseis salários mínimos. 
No segundo, sob ação da inflação, 78%, no terceiro e quarto 76%, e por aí o tempo foi passando.  
Pouco antes de falecer, uns quinze anos depois, ela ia todos os meses enfrentar duas filas nos bancos para receber MENOS DE UM SALÁRIO MÍNIMO, somadas as duas pensões. 
Você deve conhecer muitos e muitos casos semelhantes.
Essa longa introdução foi para me desculpar pela precipitação do título do artigo que mencionei. 
A greve de aposentados que propus é contra o governo, qualquer governo que não respeite o aposentado. 
Nestes últimos onze anos, por acaso é o PETÊ quem está (des)governando. 
Os petistas não possuem exclusividade nas canalhices e maldades contra os aposentados. 
Esses idosos são os poucos que sobreviveram entre os muitos que passaram toda a vida trabalhando e sustentando suas crianças que hoje estão no lugar em que esses aposentados já estiveram. 
Mas este país se esquece de lhes garantir o direito à este resto de vida.
Essa última constituição tem um artigo que obriga o governo à reajustar o salário dos aposentados, mas não especifica o índice de reajuste. 
Com isso, houve um ano no governo do antecessor ao poste em que foi concedido um “aumento” de 0,1% aos velhinhos enquanto a inflação beirava os dois dígitos. 
E os ex-colegas na ativa o aceitaram ao negociar uma saída de greve. Aposentado – em nenhum sindicato – tem quem o defenda. 
Então nós temos de nos defender sozinhos.  Por isso, procurei pesquisar como. Primeiro: QUANTOS SOMOS?
O site Coisa de Velho (http://coisadevelho.com.br/?p=7332) , informa que existem no Brasil cerca de 24 milhões de aposentados e pensionistas. 
Todos, sem exceção, tem seus salários e pensões corroídas e roídas um pouquinho a cada ano. 
Somos assaltados permanentemente, roubados por sucessivos governos, porque não nos fazemos respeitar, não sabemos defender nossos direitos adquiridos por dezenas de anos de trabalho e garantidos (subjetivamente) pela Constituição.  
E QUANTOS ELEITORES EXISTEM NO BRASIL? 
O site da EBC (http://www.ebc.com.br/tags/numero-de-eleitores-no-brasil) informa que seremos na próxima eleição alguma coisa em torno de 140 milhões de eleitores.
Imagine que consigamos nos unir permanentemente em uma causa comum, uma bandeira simples: exigir que o pagamento dos salários dos aposentados e pensionistas – que sobrevivem tão pouco em relação ao muito que contribuíram – seja corrigido da mesma forma que o salário mínimo.  Imagine também que a área de influencia familiar de cada vovô ou vovó seja de quatro pessoas*.  Façamos então as contas:
Unidos, os aposentados e pensionistas mais seus quatro familiares formarão a fantástica força de 24. 000.000 x 5 = 120.000.000 de eleitores.  
Arredondemos para  baixo: 100 milhões. Com nosso voto contra, nenhum governo poderá ser reeleito.  
De qualquer partido. Unamo-nos, pois. VOTANDO CONTRA O GOVERNO. Vamos ver se esse rolezinho dá certo?
Por isso, nas próximas eleições, afirmo que APOSENTADO NÃO DEVE VOTAR NO PETÊ NEM EM QUALQUER CANDIDATO DE QUALQUER PARTIDO DA BASE ALIADA.  
Espalhe a campanha. E se quem ganhar também desrespeitar o aposentado, seja qual for o partido, repitamos o movimento VOTE CONTRA O GOVERNO
Quem não nos respeita não merece o nosso respeito. Essa campanha pode se tornar permanente, por mais maluca que pareça.
*Aposto que irá logo aparecer algum psicanalista zisquerdista dizendo que velho não tem influência alguma, é considerado pela família como lixo.  Mas eu pago para ver.

4 comentários:

  1. Minha rede de contatos possui quase 500 nomes aos quais enviarei presente artigo. Faço tudo que for preciso para tirar a quadrilha do poder.

    ResponderExcluir
  2. B dia Brasil! EU VOTO CONTRA O PT e VC? 05 Out 14 - "Dia Nacional de combate ao PT". Eleições gerais. Basta esse dia para detonar a corrupção. Porque; Em tempo de “ATITUDE” não se vota PT, em tempo de “ATITUDE” não se vota em corrupto, Em tempo de “ATITUDE”, Seja livre e livre o Brasil.

    ResponderExcluir
  3. excelente campanha!!!! eu já não voto nessa turma, e nem ninguém da minha família, portanto já aderimos a sua campanha.....agora faltam os outros...., mas infelizmente muito votarão no raio do PT....

    ResponderExcluir
  4. OSSAMI SAKAMORI .
    VOCÊ ESTÁ DE PARABENS PELA SUA BRILHANTE CORAGEM, DE FALAR O QUE QUER, E AINDA POR CIMA EXPOR SEU ROSTO , VC SIM É UM VERDADEIRO HOMEM , E NÃO COMO MUITOS QUE GANHAM UMA MISÉRIA DE SALÁRIO E SÓ VIVEM RECLAMANDO, VC E O TUMA ESTÃO DE PARABÉNS , VAMOS SIM TODOS CONTRA ESTES MERDAS DOS PETRALHAS , QUE SÓ NOS ROUBAM , DEU SME PERDOE MAS ESTÁ DILMA NÃO PODE GANHAR DE JEITO NENHUM , POIS TODO O BRASIL ESTÁRA FODIDO .

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.