Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Pior Natal dos últimos 11 anos!

Folha. Crédito restrito, confiança em baixa, juros em alta e dólar mais caro levaram os brasileiros a reduzir o ritmo de consumo neste Natal, a principal data do ano para o comércio. Balanços preliminares indicam o pior desempenho em 11 anos.  Os fatores acima, somados ao ainda alto endividamento das famílias e à inflação elevada, provocaram, em 2013, uma desaceleração do comércio depois do forte ritmo registrado nos últimos anos. Até então, o consumo vinha se mantendo como o principal vetor de crescimento da economia brasileira. 

Comentário. 

Falou tudo a Folha. O povo gastou menos nesse Natal, pelos seguintes motivos: 1) confiança em baixa; 2) juros em alta; 3) dólar mais caro; 4) crédito restrito; 5) inflação elevada e 6) endividamento das famílias.  Só isto.  É pouco? 

Pela política econômica equivocada implementada pela Dilma, não poderia dar numa outra situação.  Vou lembrar aos amigos, o básico da minha teoria porque critico a política econômica (sic) da Dilma.  A presidente pegou o programa emergencial do Lula para sair da crise financeira mundial de 2008.  Foi bem nos primeiros 2 anos, 2009 e 2010, para governo Lula.  Como todo programa emergencial deveria ter terminado e implementado uma nova política econômica, sustentável no longo prazo.  Dilma não fez.  Pior, continua com a velha política emergencial do governo Lula, até hoje. 

Não vou repetir tudo que foi dito em mais de 1.000 matérias chamando atenção para o erro sistêmico da política econômica da Dilma.  Em querendo, basta acessar às matérias pertinentes a cada tema da economia.  Lá encontrarão os motivos que levaram ao País a viver situação de hoje.  Pior Natal dos últimos 11 anos!   Exatamente é o número de ano que o PT está no governo.

Triste é ter que dizer para vocês o que estou a dizer aqui.  A situação que se apresentou no Natal não representa o fim da crise.  Não, não é o fim, infelizmente.  A situação é apenas prenúncio do que virá no próximo ano.  Não é fim da crise, mas o início dela. O governo Dilma, perdeu o controle da situação.  Com prorrogação do programa emergencial do Lula, populista, tinha que dar no que deu.  Criou-se enorme distorção na economia do País.  E agora, vamos pagar a conta.  Não tem almoço de graça!

Digamos que o "pior Natal dos últimos 11 anos" é o prenúncio de "ano muito difícil em 2014".  

Ossami Sakamori
@SakaSakamori 





3 comentários:

  1. Não consigo entender como aquela senhora ainda tem tanta popularidade. O que acontece com o povo? Qual o perfil desse eleitorado satisfeito que não faz compras de natal?

    ResponderExcluir
  2. Realmente é difícil entender que, apesar de o povo sentir na pele e no bolso os problemas criados pela atual política econômica, ainda pensem que "bolsas disto e daquilo" são soluções...A resposta deve ser dada nas urnas em 2014.

    ResponderExcluir
  3. Infelismente vc tem razao, coitado dos brasileiros crise em cima de crise, sem esperancas p uma melhora.Acho que ta mais que na hora de dar um basta……povo acordaaaa…...

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.