Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Brasil da Dilma. O dilúvio está caindo!

Parece que caiu dilúvio nestes últimos dias.  Aumento de gasolina e de óleo diesel em 4% e 8%, respectivamente; ações da Petrobras desabando 10%; dólar quase batendo a casa do R$ 2,40; crescimento do PIB no terceiro trimestre fechando em 0,5% negativo.  Só falta mesmo Dilma quebrar dedo do pé.  

Agora, os analistas do mercado e da economia parecem ter acordado.  De repente descobriram que o Brasil está com problema sério na área econômica.  Agora, sai todo mundo dando tiroteio, procurando o culpado, do quadro que o País se encontra.  

Puxa, meus amigos leitores, vocês sabem que venho chamando atenção do erro sistêmico da política econômica da Dilma, desde o início do governo.  Primeiramente, em opiniões em matérias econômicas do jornal Folha e após 15 de fevereiro de 2012 matérias neste blog.  

Nestes últimos 1 ano e 6 meses, levei pau de tudo quanto e lado.  Não fui compreendido.  Sofri ofensas de pessoas exaltadas.  Propuseram até extradição, pensando eu ser japonês nato.  As criticas às políticas econômicas equivocadas, apontadas por mim, não foram bem recebidos.  Fazer o que?

Os equívocos apontados por mim, não foram corrigidos a tempo.  E está dando no que está dando.  O quadro da economia brasileira vai de mal a pior.  E o encavalamento ou somatórias de diversos problemas apontados em mais de 900 matérias neste blog tem agravado ainda mais a situação.  

Agora, estão aí, a equipe econômica e a própria Dilma estão como barata tonta. Os problemas são tantas que não sabem onde começar o concerto do conserto ou vice-versa.  Numa economia do País, quase tudo é interligado.  Não adianta consertar uma coisa e deixar de consertar outra.  Muitas vezes os reparos pontuais produzem desorganização maior do que antes.  É o preço que estamos a pagar.

Foram 2 anos e 11 meses de gastança desenfreada.  Dólar monitorado para tornar real apreciado.  Tarifas públicas administradas engessadas.  Dinheiro mal gastos em obras faraônicas como estádios de futebol.  Pior, deixaram de cuidar do essencial, que são investimentos em educação, saúde pública, segurança pública e infraestrutura. 

O dinheiro e os programas foram direcionados com objetivo único de reeleger a presidente Dilma.  A presidente Dilma começou vários obras, mas não conseguiu concluir nenhuma delas.  Só mesmo estádios para Copa do Mundo, parecem estar concluídos no undécimo tempo.  Pelo jeito, com algumas vítimas no canteiro de obras.  Enriqueceram os empreiteiros, mas os reles brasileiros, vão assistir a Copa pela televisão mesmo, porque os ingressos são para público endinheirado do primeiro mundo.  

Por que este espanto todo, presidente Dilma?  Não lhe avisei o equívoco na formulação da política econômica, não lhe avisei?  Os mais de 900 artigos postados neste blog, são testemunhos de que fiz tudo para chamar sua atenção para os fatos.  Agora, já foi.  Agora, o leito já está derramado.  Não adianta mais, seguir os meus conselhos anteriores.  Agora, teremos que buscar soluções para a saída da crise.

Não sou petista, mas coloco-me à disposição da equipe econômica, para achar solução de saída menos traumática para a atual situação. O quadro vai continuar deteriorar mais ainda nos próximos meses.  Agora, eu prefiro mesmo a solução que anuncio abaixo.

Vamos apostar no Brasil, sem Dilma, vamos?

Ossami Sakamori



6 comentários:

  1. Para os craques da economia, como voce, nao foi dado o devido valor, isso e sabido, agora. Mas o que vem ainda por trás disso, serão mais humilhações, inclusive a construção de dois estádios que pelo parecer da FIFA nao ficarão prontos na data estipulada. Eu tenho imprensao que este Governo nao planeja nada, so planeja meter a mão em nossos bolsos. Agora, vão aumentar tudo que puderem, menos o salário do infeliz aposentado e do pobre trabalhador. Que o Genuíno iria fazer isso para mim foi surpresa, como para tantos, mas como sempre são bem orientados. E melhor isso do que ter a humilhação da cassação. So que agora, ele vai se aposentar com um bom salário. A minha preocupação são as feias manifestações que podem acontecer nas ruas, a volta dos vândalos que por vingança as condenações de seus ídolos, podem retornar. Já nao tenho animo, diante de tantos fraudes, e nem sei se haverá uma luz no fim do túnel, ou nem túnel!

    ResponderExcluir
  2. É, Sakamori, hoje, o Brasil está bem abaixo de todas as estatísticas mundiais. A festa do PT acabou e agora chegou a hora da ressaca. Mas, infelizmente, Dilma se reelegerá mesmo com toda a crise. Entretanto, já é visível que a equipe da Presidente não consegue mais esconder a crise, inflação, crise da Petrobrás, a queda das commodities...

    Rio e São Paulo são os únicos estados onde Dilma não ganha a eleição, justamente nas duas cidades mais importantes do Brasil, isso não é coincidência. Verdade, vem aí uma chuva, mas de canivetes. No ano que vem, o bicho vai pegar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alessandro, Parabens pelos comentarios. Como brasileiros estamos todos no mesmo barco. Infelizmente sinto que nosso barco ruma ao abismo. Acredito que as cabecas do PT deveriam ser julgadas em um tribunal serio (sem conchavos) pelos crimes cometidos aos cidadaos (de bem... e pensantes) do Brasil. Chega de governo comunista, ladrao e irresponsavel!!!!!!

      Excluir
  3. Em um artigo anterior, o Sr. Sakamori disse que ainda é muito cedo para afirmar quaisquer previsões para as próximas eleições .Diante do quadro econômico atual, acredito eu que, a reeleição está cada vez mais distante, graças a Deus! Para o bem do Brasil!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deus nos ouça!
      Não aguento mais ver politicos como esses fazendo agadas e sonhando com o regime de "poder eterno" para o partido em detrimento da população que trabalha, pois os que não trabalham, vivem das benesses desse mesmo governo fajuto financiadas por nós!

      Excluir
  4. Sakamori-san, belo blog explicativo que o sr. tem! Parabéns!

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.