Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sábado, 7 de dezembro de 2013

Governo Dilma. Os ladrões de galinha vão para cadeia, mas ...

Folha. A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (6) a Operação Desfalco, em Brasília, para desarticular um suposto esquema de desvio de recursos da folha de pagamento do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Biodiversidade e Meio Ambiente), órgão ligado ao Ministério do Meio Ambiente. A polícia estima que foram extraviados R$ 1,84 milhão em três anos.

Comentário.

Duas coisas destacam sobre notícia sobre o suposto desvio de R$ 1,84 milhões do Instituto Chico Mendes.  A primeira constatação é que a roubalheira do dinheiro público chegou até no órgão que supostamente defende a sustentabilidade da biodiversidade no governo.  A segunda é que a roubalheira dos bagrinhos, os culpados são investigada com todo rigor.  

Instituto Chico Mendes leva o nome do patrono, o sindicalista e seringueiro Chico Mendes, que foi morto aos 44 anos de idade, pelos pistoleiros mandado supostamente por um único, o Darly Alves da Silva.  Pela mesma causa defendida por sindicalista, foi eleita senadora da República, Marina Silva pelo PT/Acre. Ironicamente, o Instituto de leva o nome do sindicalista é saqueado por um funcionário bagrinho, protegido pelo partido do governo.

O governo federal apura com rigor, nisto concordo e apoio o serviço da nossa gloriosa Polícia Federal, os casos que interessa ao Palácio do Planalto.  É uma forma de demonstrar que o governo age, quando se tratar de malfeitos.  Mas é pura encenação para imprensa noticiar.  Encenação, eu digo, porque os maiores escândalos da República, são colocados debaixo do tapete.

Refiro-me, quando falo de grandes escândalos, a roubalheira no DNIT, a roubalheira com as ONGs do ministério do Turismo, a roubalheira da Delta Construções, os empréstimos fajutos para o estelionatário empresário Eike Batista, entre tantos.  Quero saber se alguns destes caras estão na cadeia ou mesmo estão sendo investigados com o mesmo rigor do bagrinho do Instituo Chico Mendes.  Estão ou não estão?  Está com a palavra presidente Dilma.

Ainda assim, a atual administração pretende estar no poder por mais 8 anos à partir de 2014.  Ensaia-se até em colocar Lula como candidato à presidência no lugar da Dilma, para ter certeza do sucesso.  Afinal, que País é este, que os ladrões de galinhas vão para cadeia mas os ladrões de R$ bilhões são tratados a pão de ló? 

Pronto! Chega por hoje!  

Ossami Sakamori

3 comentários:

  1. Caro Ossami, escrevi hoje algo parecido no blog voz do povo cujo título Qual a diferença dos ladrões da PAPUDA e os do Congresso? A coisa tornou-se insuportável. Sou fã do seu blog e de seus artigos inteligentes. Convido os amigos à leitura. Carlos, Voz do Povo.

    ResponderExcluir
  2. Saka, seus artigos são tão bem escritos que dispensam comentários... Os "tubarões" não vão para a cadeia pq fazem parte do mesmo poder corrupto e poderoso do qual faz parte nosso Judiciário... Colocam, de vez em quando, alguns "bagrinhos" na cadeia para disfarçar a impunidade... Old Monster.

    ResponderExcluir
  3. Não estou surpreso com tal disparate. No Brasil é grande o número de prisões de acusados de roubo comum, no entanto, crimes mais sofisticados, como lavagem de dinheiro, levam para cadeia, todo ano, cento e poucas pessoas, no máximo, que no fim, respondem pelos seus crimes em, liberdade, ao contrário dos contraventores pés de chinelo.

    Com ou sem PT a Justiça brasileira é elitista, uma prova disso são as manobras do mensaleiros, com seus advogados caríssimos, que, mais cedo ou mais tarde, conseguirão tirar todos os condenados da |Papuda. Alguém duvida disso?

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.