Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

O eixo do poder: Planalto, Alvorada e Papuda!

Os poderes do Brasil não mais serão os três poderes da instituição da República do País.  Desde decretação de prisão dos mensaleiros, como são designados os condenados do processo mensalão, na Penitenciária da Papuda, o centro efetivo do poder da República mudou de endereço.

O Palácio do Planalto onde decide, oficialmente, a condução da política econômica e social do País, continua servindo de anteparo para todas medidas do governo na área econômica.  Os projetos de impactos positivos são anunciados pela presidência da República, do Palácio do Planalto.  

O Palácio da Alvorada tem servido de encontro, não oficial, entre os dois presidentes brasileiros, a Dilma a de direito e o Lula o de fato.  As articulações políticas estão sendo costuradas, em jantares entre os principais articuladores da área política do governo e do partido da situação, com jantares pagos pelos contribuintes.

Há um novo desenho nos bastidores do poder da República.  Os principais articuladores do partido da situação, hoje, cumprem penas na penitenciária da Papuda, todos, por enquanto, em regime semi-aberto.  Na prática, os condenados irão apenas dormir na Penitenciária da Papuda, mas a realidade é que o endereço residencial é o da penitenciária, como são todos demais condenados daquele presídio.

Há estreito relacionamento entre o Palácio do Planalto e o Palácio da Papuda.  A presidente da República, manda recado via rádio, em cadeia nacional, ao novo morador da Papuda, o ex-deputado e ex-presidente do partido da situação, o apenado José Genuíno.  Provisoriamente a residência do apenado é no endereço da sua filha, mas certamente, o destino será novamente no Palácio da Papuda.

Se algum habitante do primeiro mundo, ler este artigo vai achar que é uma ficção.  Vai achar que isto é piada.  Mas, não é.  A realidade é que o eixo do poder deslocou-se para o triângulo do Brasil, o Alvorada, o Planalto e a Papuda, querendo ou não, os seus ocupantes.  A história do País vai registrar isto.

Ossami Sakamori  
@SakaSakamori

Um comentário:

  1. Depois de pesquisar o velho Saka no google, entendi como ele sabe tanto de administrar da cadeia. Senti vergonha pelos parentes deste senhor. No japão as pessoas normais são inibidas de praticar delitos pela vergonha que podem passar na família. No ocidente esses mesmos 'japoneses' não sentem 'vergonha' porque não sentem 'culpa', usam a mais antiga desculpa: 'todos são assim, todos fazem isso', mas o sr saka, faz mais que muitos de 'nós', pesquise no google e conheça melhor o 'héroi' sakamori

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.