Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quinta-feira, 31 de maio de 2012

DILMA ELEVA IMPOSTOS, AGAIN !

Hoje de manhã, fiz um pequeno elogio para presidente Dilma, sobre política de baixar juros Selic e liberar a flutuação do dólar.  Pronto, Dilma não dá trégua para o povo! Hoje, saiu decreto aumentando o IPI para motos, micro-ondas e ar condicionados.  Saiu também a modificação na base de cálculo das bebidas frias, ou seja de refrigerantes.

No caso de motos, micro-ondas e ar condicionados, deve ter havido pressão dos empresários maquiadores da Zona Franca de Manaus para com os concorrentes importados.  As indústrias instaladas na Zona Franca continua pagando o IPI de ontem.  O fato que o decreto foi para resolver problema de alguém chegadinho ao Planalto.  De certa forma foi uma maneira de onerar os importados sem mexer na taxação direta aos produtos importados.  Dilma, sempre, quer escrever torto em linhas retas.  Enganação para boi dormir.

Talvez, o objetivo da taxação de IPI para motos, micro-ondas e ar condicionados, sejam para desviar atenção sobre o verdadeiro objetivo que é aumentar a cobrança de impostos das bebidas frias, os conhecidos refrigerantes.  Neste caso, não houve aumento de alíquota, mas sim a base de cálculo. O setor de indústria de refrigerantes é altamente oligopolizado, portanto fica fácil de arrecadar.  Enfim, à partir de amanhã, os refrigerantes estarão mais caras no balcão do bar ou restaurante.  Imperceptíveis para o consumidor, mas substantivos para o governo.


Recentemente, o governo desonerou a folha de pagamento em R$ 3,5 bilhões.  Este aumento de refrigerantes deve ser para compensar a perda de arrecadação devido a desoneração.  Bem, na hora de desoneração foi feito estardalhaço na rádio e TV.  E agora, Dilma, não vai usar cadeia nacional de rádio e televisão para anunciar o aumento de arredação de impostos sobre refrigerantes?


Ossami Sakamori, 67, engenheiro civil, foi prof.da UFPR.
Twitter: @sakamori10

Um comentário:

  1. Pois eu não quis falar nada hoje de manhã sobre o post do selic...e mais: outras medidas dessas irão pipocar nos próximos dias, talvez (tomara que não!) até nos próximos meses!
    A baixa do IPI fez o povo se endividar, tem gente que não tem o que comer mas trocou a geladeira, fogão e está de carro zero!
    Só pensam no deles, o povo que rebole!

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.