Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

terça-feira, 8 de maio de 2012

DILMA, VAMOS MEXER NO DÓLAR?

Presidente Dilma, Sua Excia. tomou medidas, no meu entender correta, para baixar a taxa SELIC, com algumas ressalvas já citei nas matérias anteriores deste blog, tais como a demora na tomada desta decisão e de alguns ajustes finos que faltam fazer para completar as medidas.

Dilma presidente, com toda sinceridade, não vejo momento melhor que este para dar uma mexida no câmbio, para evitar que aconteça a desindustrialização do parque industrial brasileiro.  Já foi dito anteriormente por mim, na ordem de importância, deveria ter mexido no câmbio antes do SELIC.  Tudo bem que Sua Excia. resolveu mexer na taxa SELIC antes.  Deve ter as razões imperativas que motivaram fazer mudança repentina na política econômica.  Deve mesmo estar havendo dificuldade na rolagem da dívida, não é mesmo?

Cenário econômico está propício para mexer no câmbio.  Uma eventual depreciação do Real ou seja apreciação do Dólar, não vai redundar necessariamente no aumento da inflação.  Os economistas ortodoxicos vão afirmar que a mexida no câmbio é como acender o pavio do dinamite.  Não se preocupe, não, Dilma.  A apreciação do Dólar, não vai causar inflação, se tomadas medidas complementares.

O que causa inflação é este negócio de CréditoBarato.  Sua Excia. já fez o que tinha que fazer neste campo de juros de varejo.  Isto sim, foi erro de estratégia.  Então, cai fora deste discurso, presidente Dilma.  Só pode ser sugestão do top top Garcia.  Coisa de louco!  Sua Excia. vai ficar conhecida como presidente que quebrou a CEF e BB, ou melhor dizendo, sucateou ambas instituições.  

Voltando ao assunto do Dólar, a moeda americana deveria estar valendo hoje R$2,40, conforme já expliquei na matéria anterior sobre o tema.  Este número é onde a moeda americana deveria estar sendo cotado.  Igual pensamento tem os analistas do IPEA.  Agora, isto é vai causar trauma. As medidas que poderão ser implementadas causarão certamente gritaria na classe emergente.  Viagens para EEUU e Europa vão ficar mais caras.  O ranking de PIB do Brasil vai cair para 12ª posição no mundo, só com a mexida na cotação do Dólar.  Nada que economia real tenha mudado, apenas posição relativilizada no ranking mundial.  

Olha, presidente Dilma, não vão na onda de querer mexer no câmbio, fazendo o controle cambial.  Nada disso.  Isto é para economistas ultraortodoxicos.  Bem, o fato de baixar a taxa SELIC vai ajudar um pouco, mas não muito.  Não adianta também, intervenções como compra e venda no mercado à vista ou lançar Swap Cambial Reverso.  Tem que ser medida mais forte.  O ambiente é propício.  É só ver pelo mundo o que eles estão fazendo. Também, não vou entregar de bandeija, se Sua Excia!  A Sra tem ministro da Fazenda e presidente do Banco Central.  Eles sabem que medidas tomar, mas eles tem medo de sugerir para Sua Excia.  Se não sugerirem nada, manda eles me consultarem que eu desenho para eles.

Agora, deixe eu fazer uma alerta, presidente.  Esse negócio de baixar SELIC e desvalorizar o Real, estão meio na contramão do CréditoBarato.  Abaixe a bola no CréditoBarato e vamos resolver a depreciação do Real, primeiro.  Bem, tomada etas duas medidas, ou seja SelicBaixo e DólarCaro, vai recolocar o Brasil nos eixos. E com certeza, o país crescerá como deve crescer, apesar da roubalheira da sua equipe de governo.   

Ossami Sakamori, 67, engenheiro civil, foi prof. da UFPR. Twitter: @sakamori10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.