Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Nota zero para Universidade Positivo!

Brasil pátria educadora!



Hoje de manhã, fiquei muito azedo! 
Não, não dá mais para ficar aguentando tudo que acontece neste País. Tudo é uma mentira só! Desculpem-me, está tudo uma m...! Veja a realidade brasileira em matéria de educação.

Recebi no meu escritório, uma mãe que tem filho no último ano na Universidade Positivo. Às duras penas, ela vem pagando o curso do menino, desde o ensino médio naquele conglomerado de ensino. Pagou o semestre, qualquer coisa de R$ 7 mil. Apareceu uma cobrança extra de R$ 1,2 mil de uma matéria não prevista. Ela não tem o disponível no momento. Veio chorando a mim dizendo que não consegue completar a matrícula do último ano do curso. 

Não culpo a mãe desesperada, mas culpo o sistema de ensino no País. O menino faz curso na Universidade Positivo em Curitiba. A Universidade Positivo é um conglomerado de empresa na área de ensino, editora e informática. A Universidade pertence, majoritariamente, ao meu quase colega Oriovisto Guimarães. Ele é dono de grupo empresarial R$ bilionário. Nada contra ele que seja homem de sucesso, mas tenho razões para indignação.




Como pode ver nas fotos, a Universidade Positivo é um grupo empresarial de sucesso no ramo de educacional. O sistema educacional privado, tem seus privilégios, em troca de algumas vagas oferecida ao PROUNI. As empresas educacionais estão isentos de Imposto de Renda, nestes casos. Daí a minha indignação. Além de receber benefícios fiscais do governo federal, impõe pagamento antecipado, no caso do menino, por ter sido inadimplente no passado, mas ficha limpa hoje. 

Meu empresário Oriovisto Guimarães, assim você tira o brilho da sua carreira empresarial. Não deixe mais uma mãe chorar nos corredores da sua Universidade, porque você não é capaz de conceder um prazo para o pagamento de mísero R$ 1,2 mil. Olha, você é mais um beneficiário deste sistema falido de ensino no País, Oriovisto. Sei que você não vai conceder o prazo, então, vou ajudar você a ficar mais rico em mais R$ 1,2 mil. Pense, nisto, professor Oriovisto!


Este cidadão acima se chama Cid Gomes, ex-governador do estado de Ceará. O mesmo que levou a sogra num jatinho do governo para férias em Paris. Cid Gomes, também, é ministro da Educação do governo Dilma. Cid Gomes é o mesmo que disse que "os professores tem que trabalhar não pelo salário, mas pelo amor à profissão". Claro, você não sabe que professores tem família para cuidar.

Pois Cid Gomes, a mãe do menino foi à Caixa Econômica Federal tentar o FIES, mas não conseguiu. Não conseguiu porque a CEF exigiu avalista com nome limpo. Que m... de Ministério de Educação que exige avalista para FIES? Eu já estou imaginando você defendendo a "pátria educadora" ! Tenha dó, não é, ministro? Você não educa ninguém, ministro, quanto mais dar lição de moral para com os professores e professoras.



E finalmente, Dilma. Você disse que a meta do governo é "pátria educadora". Estou vendo mesmo, que o Brasil é uma pátria educadora! Utilizando-se da estrutura do sistema "S", quer implantar cursinho rápido de 180 dias para qualificação de mão de obra técnica. Isto é educação e qualificação no seu conceito, Dilma?

Dilma, você tem noção do que está falando? O Brasil precisa de meninos como este que estou a referir aqui. Meninos e meninas que tenha cursado 9 anos do ensino fundamental, 3 anos do ensino médio e no mínimo mais 3 anos do ensino superior para se qualificarem. Dilma, cadê os engenheiros e médicos e tantos outros profissionais, em número suficiente, para suprir a demanda que o País precisa. 

Meus amigos, se o Brasil depender do Oriovisto Guimarães, Cid Gomes e Dilma Rousseff, não vamos para lugar nenhum! Triste perspectiva de futuro para o País!

Ossami Sakamori


9 comentários:

  1. Pátria doutrinadora, de educadora não tem nada. Quem pode pagar ensino privado sofre menos doutrinação, mas o estudo não é lá essas coisas, e ainda passa por situações como essa.

    ResponderExcluir
  2. Para quem desconheça, surgiu agora no dicionário bolivariano ou soviético, o termo "pátria". Tudo quanto levar "pátria" è um novo termo bolivariano, ou seja, è o que a vaca bulgara anda a espalhar. Neste caso de "pátria educadora", è isso aí, ditadura do proletariado, ditadura do pé descalço, ditadura dos ministros corruptos e escrotos.

    ResponderExcluir
  3. Sr Sakamori, sou militar aposentado mas me formei em Pedagogia, por paixão mesmo. Dou aula teórica de música, de graça, para quem precisa. Já dei aula de reforço em escola pública, de graça, também. Isso porque já aposentei, gosto de dar aula e de ajudar as crianças. Eu sou contra um empresário tornar um estabelecimento educacional em empresa puramente lucrativa.(no sentido de exploração). Vender o "saber" não deveria ser igual a vender uma televisão, por ex. O lucro dessa empresa deveria ser dividido entre o proprietário, funcionários e alunos carentes pois o Governo dá subsídios a esses proprietários. Nas escolas públicas, o piso salarial dos professores é medíocre. Sem plano de carreira estimulante e tendo que aguentar crianças e jovens rebeldes sem poder fazer nada(Lei da criança e do Adolescente), esses profissionais trabalham no limite da tolerância. Dilma colocar slogan "Brasil, Pátria Educadora" e na prática não fazer nada, é debochar dos brasileiros(as).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo!
      Esta turma debocha das necessidades dos outros!

      Excluir
  4. Se a Pátria é Educadora como faço para aceitar o termo Presidenta, supostamente vindo de pessoa educada?

    ResponderExcluir
  5. Lista dos brasileiros que possuem conta no HSBC da Suiça.

    "Conheça a lista dos brasileiros que fizeram depósitos sujos no HSBC da Suiça"

    http://polibiobraga.blogspot.com.br/2015/02/conheca-lista-dos-brasileiros-que.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+JornalistaPolibioBraga+(Jornalista+Polibio+Braga)

    ResponderExcluir
  6. Sakamori:

    Esse Sr. Oriovisto parece gostar de vender volume.

    É um dos maiores fornecedores de computadores para as grandes redes de varejo.

    Suas escolas preocupam-se com grandes volumes de alunos que pagam-lhe grandes volumes financeiros.

    E, em outros negócios deve, também, buscar volumes também consideráveis.

    Assim alunos, também como computadores isolados não lhe interessam, pois, sozinhos não lhe representam nada, ou muito pouco.

    É isso...

    ResponderExcluir
  7. Boa Noite, Grande Mestre!
    De fato imagino que a última preocupação do seu quase colega Oriovisto seja a educação.
    Meu afilhado estuda neste dito "conglomerado" cursando ainda o Fundamental mas já é notável o descaso dos professores, a falta de estudos aprofundados, a dificuldade na leitura e interpretação de texto.
    Esqueça por completo uma visão ampla do aluno enquanto ser humano. Neste colégio, ele é um número pagante e como bom pagante, passa para o ano seguinte. Quantidade (mais uma vez $$$) em detrimento de qualidade.
    Desaprovo, não recomendo e, se fosse meu filho jamais teria entrado lá.
    Estamos falando de um dos sistemas mais caros de educação de Curitiba!
    O que falar então do que é capaz de acontecer com nossas escolas públicas tendo este ignorante do Gomes como ministro?!!!
    E esta é a BASE. Este é o lugar por onde deveríamos começar a estruturar um país de pessoas decentes ou pelo menos é assim que acontece nos países desenvolvidos.
    Como ex-professora, amante da literatura e uma madrinha muito preocupada com o futuro do seu afilhado, deixo aqui todo meu lamento e meu grande abraço pelas suas palavras certeiras, como sempre.
    CJ

    ResponderExcluir
  8. Diga-se mais governante é uma coisa, governanta é outra bem diferente. Presidente é uma coisa, Presidenta é outra bem diferente.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.