Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Entenda porque o dólar sobe tanto!


A balança de conta corrente do mês de janeiro deste ano fechou com déficit de U$ 10,6 bilhões, segundo o Banco Central. Ainda segundo Banco Central, o saldo de conta corrente do País dos últimos 12 meses foi deficitário em US$ 90,3 bilhões. Isto é o Brasil gastou mais do que tem para exportar.

No mesmo  mês de janeiro a balança comercial fechou com déficit de US$ 3,1 bilhões. No mês o investimento estrangeiro direto (IED) fechou com ingresso líquido de US$ 3,6 bilhões. São dados que vamos levar em conta para análise logo abaixo.

O saldo da reserva cambial fechou o mês de janeiro com o saldo de US$ 372,1 bilhões comparado com o saldo de US$ 374,4 bilhões em 31 de dezembro de 2014. Significa que o Banco Central queimou US$ 2,3 bilhões da sua reserva cambial para pagar as contas. 

Feito as contas, no mês de janeiro deste ano, o Banco Central fechou a balança de pagamentos: a) captou US$ 4,7 bilhões no mercado internacional para aplicações em títulos do Tesouro; b) queimou US$ 2,3 bilhões da sua reserva cambial; c) Recebeu investimento estrangeiro direto (IED) de US$ 3,6 bilhões.

Em outras palavras, o Brasil, no mês de janeiro, para pagar todos os gastos no exterior necessitou queimar parte da poupança no exterior, necessitou chamar o capital de investidores estrangeiros e teve que apelar para captação de dinheiro especulativo dos agiotas internacionais.

Com o rebaixamento da nota de classificação da Petrobras pela agência Moody's do grau de investimentos parra o de especulação, deve agravar ainda mais o fluxo de divisas dólares no País. Tudo que aconteceu no mês de janeiro deve ocorrer no mês de janeiro, nos mesmos níveis devido ao mês ter 28 dias e ter havido feriado de uma semana devido ao carnaval.

Estão aí alguns dos motivos, sem contar com outros, que levam o dólar a disparar no mercado.

Ossami Sakamori



5 comentários:

  1. Bem Saka, não é surpresa nenhuma a alta do Dolar. Faz exatamente 4 meses que vc noticiou que o mesmo alcançaria talvez até $3,10. O porque disso vc vem falando, falando, falando e quem deveria escutar e entender faz de conta que é surdo. Vamos ver o que vai acontecer, que tamanho vai ser o tombo que vamos tomar....

    ResponderExcluir
  2. Que Analise Você faz sobre os 5 maiores bancos mundiais que estão mantendo trilhões em derivativos de Commoditities,
    que com a queda dos preços do petroleo poderia destruir o sistema monetário internacional e como consequencia um novo colapso economico mundial.

    CitiBank
    Total Assets: $1,909,715,000,000
    Total Exposure To Derivatives: $61,753,462,000,000

    Bank Of America
    Assets $2,172,001,000,000
    Exposure To Derivatives $55,472,434,000,000

    Goldman Sachs
    Assets: $860,008,000,000
    Exposure To Derivatives: $57,695,156,000,000

    Morgan Stanley
    Total Assets: $826,568,000,000
    Total Exposure To Derivatives: $44,134,518,000,000

    Goldman Sachs
    Total Assets: $860,008,000,000
    Total Exposure To Derivatives: $57,695,156,000,000

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Eros,

      Eu estava com note desligado, mas voltei somente para responder ao seu comentário.

      Já vi que você atua no mercado financeiro ou no mínimo é estudioso no assunto.

      Os números apresentado por você dá ideia do tamanho do buraco que o mercado financeiro global vive. Se o total de Assets já é um número fantástico, os Derivatives são muito maiores ainda.

      Você não disse, mas você sabe que o mercado financeiro mundial vive numa bolha que ascende, o último número que vi, a US$ 700 trilhões, isto é 9 vezes a somatória do PIB mundial. Antes da crise financeira mundial de 2009, a alavancagem era 10 vezes.

      Enfim os derivativos estão totalmente descasados da economia real. Qualquer solavanco, vem para baixo.

      Tal qual, os Assets e Derivatives do sistema Petrobras e BNDES ascende a R$ 1,3 trilhões, que representa cerca de 25% do PIB.

      Somado aos títulos da dívida interna bruta de cerca de R$ 3,2 trilhões, aproxima-se do PIB brasileiro.

      Eros, a bolha do mercado financeiro não está somente no mercado internacional de títulos, mas o PERIGO MORA aqui.

      Obrigado pela preciosa interação!

      OBS: Os números apresentados aqui são aproximados, tirado da cabeça, just in time.

      Ossami Sakamori

      Excluir
    2. Grande Mestre, Saka! Assustadora esta sua conversa de bilhões e trilhões, hein?! Fico cada dia mais desesperada.
      Bom trabalho!
      Abçs,
      Carla Jansson

      Excluir
  3. Tudo que aconteceu no mês de janeiro deve ocorrer no mês de *FEVEREIRO
    Obrigado! Força!

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.