Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sexta-feira, 1 de abril de 2016

Última carta à presidente Dilma.


Senhora presidente,

Eu pensei não mais precisar voltar a escrever sobre sua atividade política. Infelizmente, ocupo este precioso espaço do meu blog para falar sobre o seu comportamento como presidente da República.

Senhora presidente, você é hábil em mentir à população, e é muito hábil em inventar palavras ou bordões de efeito para enganar a população. 

Senhora presidente, o País está vivendo em pleno regime democrático, o estado de direito democrático, ao contrário do que você afirma à quatro ventos que está ameaçado. Não, não está ameaçado o estado democrático de direito. Quem está a ameaçar é a sua facção criminosa. 

Senhora presidente, o País não vive momentos que vivemos em 1964, que através de golpe os militares tomaram o poder, à força. Para lembar, senhora presidente, que o restabelecimento da democracia foi conquistado às duras penas pelas figuras como Tancredo Neves e Ulysses Guimarães. 

Senhora presidente, só quero lembrá-la que você é presidente da República graças a lei da anistia que foi votado pelo Congresso Nacional sob pressão popular e com concurso de figuras notórias da República, ainda no regime militar. 

Senhora presidente, a sua facção criminosa utiliza como bordão "impeachment é golpe". Senhora presidente, após manifestações do STF, mudou o bordão para "sem crime, impeachment é golpe". Senhora presidente, a sua facção criminosa é muito hábil em criar bordões, reconheço. 

Senhora presidente, o seu padrinho político, chefe da facção criminosa, fez pronunciamento pela TV de que o estado de direito democrático ou a democracia está ameaçada. Mais uma mentira, senhora presidente! Isto é mais um bordão para aterrorizar a população e ao mesmo tempo ganhar simpatia. 

Senhora presidente, o povo brasileiro vive momentos difíceis. A inflação está comendo a renda e o índice de desemprego está a alcançar recorde. Senhora presidente, o País está em estado de recessão desde o final de 2014, ano da sua eleição para o segundo mandato.

Senhora presidente, o povo não a aceita na rua e você sabe mais do que nós de que isto é fato real. Senhora presidente, desafio a senhora de fazer caminhada na Avenida Paulista da minha querida Sampa ou fazer caminhada na Cinelândia ou na Avenida Copacabana no Rio de Janeiro. Não, a senhora não a fará. A senhora é igualmente covarde como todos ditadores que o mundo já conheceu. 

Senhora presidente, o País vive situação de crise econômica sem precedente. A senhora sabe que a situação econômica que estamos a viver é crítica. Senhora presidente, não acho momento próprio, a senhora utilizar o seu precioso tempo, fazendo sucessivos discursos de palanque, utilizando os bordões "impeachment é golpe!" utilizando-se do Palácio do Planalto que ao povo pertence.

Senhora presidente, você utiliza o Palácio do Planalto como "casamata" para a defesa do seu mandato. Senhora presidente, convenhamos, você esquece que o cargo de presidente da República não lhe pertence. Muito menos, senhora presidente, o Palácio do Planalto e tão pouco Palácio da Alvorada, não lhe pertence. Os Palácios são do povo e ao povo pertence. 

Senhora presidente, o cargo de presidente da República, de acordo com a Constituição, ao povo pertence. Senhora presidente, só para refrescar a sua memória, a Constituição da República diz: "o poder emana do povo". Assim sendo, senhora presidente, o cargo de presidente da República pertence ao povo. 

Senhora presidente, restam poucos homens públicos ou privados que manifestam o que pensam. Senhora presidente, esta gente tem medo de se manifestar. Senhora presidente, o Artigo 5º da Constituição, não é respeitado pela sua facção criminosa. Os que insurgem ao poder são ameaçados!

Senhora presidente, eu já recebi ameaças pelos seus seguidores por manter este blog. Senhora presidente, eu estou entregando a sorte da minha vida a você. 

Você, senhora presidente, é responsável por tudo que venha acontecer a minha vida. 

Publicidade: Clique >  Proposta de uma nova política econômica 

Ossami Sakamori













28 comentários:

  1. Onde chegamos!
    O país já é comunista, mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Olá amigos. Todos temos um paradigma, crenças, costumes que nos bloqueiam para enxergar que é importante ver as pessoas como nossos irmãos. Esse detalhe nos impossibilita de crescer.

    Temos e precisamos ver todos os brasileiros como uma única engrenagem pra avançar em todos os sentidos da vida.

    Nada de divisão, partidária, social, intelectual. Uma engrenagem pra funcionar precisas de peças grandes e pequenas.

    Então quem tem a possibilidade e facilidade precisa fazer parte dessa engrenagem.

    Atualmente a política está dividida de uma forma perversa. Um é coxinha e mortadela a outra a burguesia e a nobreza.

    Eu aprecio as duas, me dou bem com as duas, não me sinto diferente estando ou conversado com ambas.

    Se as pessoas não mudar sua visão, decidir encarar que uma engrenagem pra funcionar todos precisamos estar conectados e afinados, estamos passando o tempo, deixando de viver a verdadeira vida.

    Tem pessoas que nascem e morrem e nunca viveram se que um momento a vida.

    A vida é estar conectados com todos sempre em harmonia sem diferenças. Aceitar uns aos outros jamais seremos iguais, somos apenas semelhantes.

    Nosso país é um verdadeiro paraíso. As pessoas são de todas as partes do mundo, somos híbridos. Uma miscigenação fantástica, somos trabalhadores, religiosos e ordeiro.

    E a política ?

    ResponderExcluir
  3. Sânzia Lima e Costa1 de abril de 2016 11:40

    Parabéns, colega.
    Nessa carta, você diz tudo o que seres pensantes têm vontade de dizer e só não o fazem por medo.
    Estamos juntos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal, fico contente que pensa dessa forma. Abraços.

      Excluir
  4. Achava a Sabatella tão linda! Agora, nem me pagando...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá entendo sua posição e visão. Mais procure entender que tens a solução própria e precisa participar. As coisas ruim e as coisas boas sempre acaba um dia. Então teremos uma nova fase com certeza. Coisas boas estão por vir. Abraços.

      Excluir
  5. Sou totalmente apolítica mas dou um grande valor para pessoas que possuem Honra, Dignidade, enfim preservam seus valores morais. Ñ me sinto bem em viver escutando mentiras,vendo essa inversão de conceitos morais, onde o donheiro fala mais alto . Pela beleza do nosso País, ele deveria ser preservado e ñ sucateado, as duas palavras da nossa Bandeira deveriam ser enaltecidas, o trabalho deveria ser glorificado, a saúde o merecimento e a Educação a base de tudo.Eu sou uma brasileira que ama o Brasil e estou horrorizada com a vergonha de bandidos fazerem a Lei e quem cumpre a Lei é castigado pelo bandido. Ñ tenho medo nem vergonha de falar que ñ merecemos esse governo, se era para conhecer o que ñ presta, o tempo já venceu. Devemos permitir que o tempo faça sua parte. Está na hora de mudanças, precisamos mostrar ao Mundo que aqui também tem gente que pensa, tem gente que ñ precisa ser milionária, que gosta de trabalhar, de estudar,que aqui tem gente que ama o Brasil e ñ quer sucateá-lo. Esse governo desgovernado ñ é o meu, mas como eu acredito em DEUS, eu sei que na vida TUDO PASSA, vou acreditar que os pássaros brevemente voltarāo a cantar e a conta do SUPER MERCADO,ñ me deixará tāo triste e poderei voltar a ligar o AR CONDICIONADO no calor de 40 graus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns Célia Mancini!! Sou grande admiradora de todos os seus comentários, assim como de todas as postagens do Sr.Sakamori,procuro divulga-las a meu marido, filhos, genro e noras e amigos. Todos nós somos admiradores do Sr.Sakamori e de seus admiráveis comentários.

      Excluir
    2. Es uma brasileira de fato. Nossos sentimento são esses. Ai nossa indignação. Concordo com tudo que falou. Abraços.

      Excluir
  6. O que o senhor Sakamori precisa, nesse momento, é de solidariedade, pois é um dos raros brasileiros que falam a verdade sobre os fatos que acontecem em nossa terra, hoje motivo de chacota internacional pelos atos de seus governantes. Estou contigo, professor pois, como senhor não sou baba-ovo nem brasileiro em cima do muro, pronto a cair para o lado conveniente. Já temos gente demais nessa posição. Não sou traidor da pátria nem tampouco lesa-pátria. Não tenho medo de morrer por defender a verdade.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns Professor!
    Texto tão respeitoso a quem, infelizmente, não se dá ao respeito.
    Texto realista a quem prefere a cegueira para não enxergar o óbvio.
    Texto que traduz o clamor de um Brasil que estertora dirigido aos ouvidos moucos.
    Texto lúcido, inteligível em razão e sentimento dirigido a quem não se permite serenidade, prudência, respeito e sensatez.
    Deus tenha piedade de todo o Povo brasileiro!
    Obrigada, digno Professor do bem!
    Paz aos corações de boa vontade!

    ResponderExcluir
  9. Senhor Ossami

    Um Homem que não tenha inimigos não tem valor!

    Só lhe posso fazer esta homenagem.
    Se vivessemos na mesma cidade, quem ficaria sériamente preocupado em escapar com vida depois de lhe fazerem ameaças tão graves, seriam o covardes que se prestam isso. Acredite que nada de bom lhes aconteceria ou o inferno desabaria sobre eles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inimigos todos temos, mais isso é problema deles. Não podemos ter inimigos, se tiver ai o problema é seu. Abraços.

      Excluir
  10. Essa doente mental se está comportando como tal e seus seguidores também. Incitando á guerra civil.
    Pode?

    "Dilma pede resistência a "tendências antidemocráticas" em ato de reaproximação com MST

    BRASÍLIA (Reuters) - Em cerimônia que marcou a reaproximação com os movimentos de trabalhadores sem terra, a presidente Dilma Rousseff assinou nesta sexta-feira 25 decretos de desapropriação de terras para reforma agrária e regularização de quilombos, e afirmou que é preciso se “manter vigilantes e oferecer resistência às tendências antidemocráticas e às provocações”.

    Na quinta cerimônia em duas semanas com movimentos contrários ao impeachment e grupos sociais simpáticos ao governo, a presidente diminuiu o tom duro que havia usado em manifestações anteriores.

    (...)

    “A forma de enfrentar a bancada da bala é ocupar as terras deles. Vamos ocupar as propriedades deles, as casas deles no campo. Vamos ocupar os gabinetes, mas também as fazendas deles", discursou o secretário de finanças e administração da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Aristides Santos.

    "Se eles são capazes de incomodar um ministro do Supremo Tribunal Federal, vamos incomodar as casas deles, as fazendas e as propriedades deles. Vai ter reforma agrária, vai ter luta e não vai ter golpe.”

    Coordenador do MST, Alexandre Conceição, disse que Moro, que cuida dos processos da operação Lava Jato em primeira instância, usa sua caneta para fazer "maldades com o povo brasileiro”. Ele prometeu que o movimento vai para as ruas defender o governo.

    (...)"

    http://br.reuters.com/article/topNews/idBRKCN0WY586?sp=true

    ResponderExcluir
  11. "Moro confirma reabertura do Caso Celso Daniel. Lula volta para a linha de tiro da Lava Jato.

    No despacho em que justifica os mandados da nova fase da Lava Jato, o juiz Sergio Moro tratou do assassinato de Celso Daniel, ex-prefeito de Santo André (SP), e vinculou o caso às investigações que ele conduz, sobre desvios ligados a fornecedores da Petrobras, como o grupo Schahin:

    É ainda possível que este esquema criminoso tenha alguma relação com o homicídio, em janeiro de 2002, do então Prefeito de Santo André, Celso Daniel, o que é ainda mais grave. Se confirmado o depoimento de Marcos Valério, de que os valores lhe foram destinados em extorsão de dirigentes do Partido dos Trabalhadores, a conduta é ainda mais grave, pois, além da ousadia na extorsão de na época autoridades da elevada Administração Pública, o fato contribuiu para a obstrução da Justiça e completa apuração dos crimes havidos no âmbito da Prefeitura de Santo André.

    A reabertura do caso do assassínio do ex-prefeito Celso Daniel respingará diretamente sobre Lula e o PT.

    (...)"

    http://polibiobraga.blogspot.com.br/2016/04/moro-confirma-reabertura-do-caso-celso.html

    ResponderExcluir
  12. Só mesmo os militares que temos e não merecemos podem aguentar ouvir isto e darem a um sorriso feliz de boiolas.
    lula, dilma e os militares se mercem! Não valem ponta de um corno!

    "Lula e os militares

    “Eu não sei se cabe a esses militares gostarem ou não gostarem. Ela, Dilma, é a chefa (sic) suprema das Forças Armadas. Indicou o ministro e acabou. Não se discute. Estou cagando e andando para esses caras. Os militares, no meu governo, tiveram que me aguentar e viviam me enchendo o saco, pedindo migalhas de reajuste. Pediam uma coisa, eu enrolava e nunca dava o que eles pediam. Depois dava uma esmola qualquer e não me sacaneavam mais. Não tenho medo deles. Nunca tive. Ele, Celso Amorim vai dar um jeito naquele troço (Ministério da Defesa)…” – Do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em agosto de 2011, diante da reação negativa dos militares à escolha de Celso Amorim para comandar o Ministério da Defesa."

    http://www.forte.jor.br/2016/03/17/lula-em-relacao-as-forcas-armadas/

    ResponderExcluir
  13. Para descontrair após a passagem deste dia infindável.

    http://youtu.be/QMy1sOe3bs8

    ResponderExcluir
  14. Os militares não deram golpe. Foi contra golpe. Os comunistas estavam prestes a instalar um regime comunistas no Brasil e o Exército, como na década de 30, reagiu e deu um contra golpe. Não foi ditadura militar tanto é que tinha eleição para Presidente da República. O Presidente não era uma imposição militar. Depois veio o AI5 porque as guerrilhas se intensificaram(Dilma fazia parte) e estavam ameaçando a vida das pessoas com explosão de bombas, sequestros e roubos.
    Depois de 1985(diretas já) os militares devolveram o poder aos civis com eleições e a participação do povo. FHC nos fez gastar bilhões de reais com indenizações milionárias para o pessoal do PSDB, PT,civis....enfim para os que se diziam perseguidos pelos militares. Pessoas que nunca fizeram parte da guerrilha ganharam mesadas vitalícias. Lula é um deles.
    Depois o PT inventou a Comissão da Verdade só para massacrar os Oficias ainda vivos daquela época. E, quase ninguém da sociedade foi a favor deles nem os Generais da ativa.
    Agora a população quer os militares agindo novamente? Querem que eles se lasquem de novo? Não! O povo que colocou "Lula lá" que trate de tirá-lo.
    Os militares não são melancias? Não são golpistas de 64? Não são ditadores?
    Eu sou militar reformado mas me enojo quando dizem que os militares deram um golpe em 64. Só quem não leu a verdadeira história ou foi enganado pelas esquerdas da época diz isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O sistema já se adonou do Brasil desde a chegada do traidor apedêuta, que tem apoio direto de satanás. O que poderá ser feito se êle comprou tudo e todos? Nem o câncer o quis...

      Excluir
  15. Concordo consigo senhor daniel camilo, excepto quando os militares devolveram o poder aos civis. Foi muito cedo e os civis não estavam preparados, mas agora já estão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já estão já, mas militares como os de 64 já não se fazem.
      Agora é só covardes, melancias boiolas pra caramba.
      Façam amor, não guerra. Credo!
      Deixem os civis safarem-se como puderem, somos muitos e os militares atuais só querem combater mosquitos. Nada de fuzis, isso magoa!
      Assim ficam todos bem, militares e civis.

      Excluir
  16. Não passarão!

    "Ativista usa Palácio do Planalto para atacar adversários de Dilma: "Vamos invadir seus gabinetes no Congresso"

    CLIQUE AQUI para examinar áudio e video tomados esta tarde no Palácio do Planalto, segundo reportagem desta noite do Jornal Nacional.

    Neste comentário, a jornalista Joice Hasselmann denuncia o ato criminoso que ocorreu esta tarde sob as vistas complacentes da presidente Dilma Roussef, em cerimônia comandada por ela dentro do próprio Palácio do Planalto.

    Joice Hasselmann cobrou imediatas providências do Procurador Geral da República contra Dilma e contra o secretário da Contag.

    No evento, Aristides Santos, secretário da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura, conclamou os presentes a invadir e ocupar repartições públicas, gabinetes parlamentares, além de casas e propriedades de brasileiros que defendem o impeachment de Dilma Roussef.

    A presidente não conteve a fala e prosseguiu a cerimônia até o final."

    http://polibiobraga.blogspot.com.br/2016/04/ativista-usa-o-salao-do-palacio-do.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O GOVERNO QUE AÍ ESTÁ, CONIVENTE COM TUDO ISSO PRECISA SER DENUNCIADO À ONU.

      Excluir
  17. Estaremos de olho caro Saka, e compartilharemos esse post para que esse gangue não lhe faça mal!

    ResponderExcluir
  18. Última Carta? Por quê? Porque ela vai deixar, como todos desejamos, de ser Presidente ou, porque teme que algo lhe aconteça, Sr. Sakamori? Fico a perguntar-me, como podemos nos garantir seguros, com estes BANDIDOS à solta? Por isso, sou a favor da Intervenção Militar! E Que Deus nos proteja!

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.