Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

terça-feira, 11 de junho de 2013

BRASIL é a BOLA DA VEZ!

Calculado pelo banco JP Morgan, o índice Embi+ mostra a diferença de rentabilidade entre os papéis da dívida de um país na comparação com os Estados Unidos. Quanto pior a desconfiança dos investidores com um emissor, maior será o juro exigido para emprestar e, por isso, mais elevado será o risco país. Fonte: Estadão.

No caso brasileiro, o indicador está em clara tendência de alta. Passou de 173 pontos-base em 30 de abril para 202 em 31 de maio, 210 em 6 de junho (data do anúncio da mudança de perspectiva pela Standard & Poor’s) e 218 na sexta-feira. Fonte: Estadão.

Comentário.

Isto é efeito manada.  Os investidores e especuladores fogem para os EEUU. Ao contrário dos países emergentes os EEUU está retomando ritmo de crescimento sustentável.  Está entrando nos eixos, após longos anos de esforço para recuperação, pós crise financeira global de 2008, iniciado no próprio EEUU.  Enfim, os americanos levaram 5 longos anos para sair da crise.  Mais do que 1 mandado presidencial.  Imagine se esta moda pega no Brasil.

O Brasil já vinha patinando desde ano passado, com crescimento do PIB de 0,9 % ao ano.  Apesar do baixo crescimento, a credibilidade do Brasil estava em alta.  Explico, credibilidade do país se mede com a capacidade de pagamento dos seus títulos públicos.  Mais ou menos, como o "crédito" que uma empresa ou pessoa tem com o sistema bancário.  Brasil era considerado bom "devedor".  Bom devedor pagando juros às alturas, 8% ao ano, é uma maravilha, raciocinam os investidores globais.  Agora, parece que o humor mudou.

Correu buchicho no mercado internacional.  De repente, como se fosse novidade, descobriu que o Brasil adota política econômica (sic) insustentável no tempo.  Aliás, isto eu já venho alertando desde fevereiro de 2012, neste blog.  Mas no mercado é assim que funciona.  Trata-se da "onda", para não dizer efeito manada.  O Brasil era até há 30 dias, era a "onda" da vez, positivamente.  O Brasil era considerado bom pagador, apesar do alto grau de endividamento.  Situação parecida com os Batista$ no front interno.  Diria até, situação igual, igual.  Parece que mudou o humor.  Não somos mais a "onda" da vez.  

Com a perspectiva de rebaixamento do rating pelo Standard & Poor's já anunciada na semana passada e agora com o raing do JB Morgan  com perspectiva negativa, o Brasil vai encontrar sérias dificuldades em atrair capital estrangeiro quer especulativo ou investimento direto (IED) doravante, para fechar a Balança de Pagamentos.  Isto é altamente preocupante, para o País que está com economia engessada.  Política econômica (sic) equivocada  implementada pela presidente Dilma, para manter-se na popularidade com vistas às eleições de 2014.  

Os próximos 30 dias serão decisivos para o futuro da economia do Brasil.  O mercado financeiro internacional percebeu que a casa caiu !  Percebeu que o Brasil poderá ser a bola da vez.  No mercado financeiro global é assim que funciona.  O mercado elege-se determinado cliente como sendo bom para seus investimentos, mas também pode escolher algum como a bola da vez.  A bola da vez é, via de regra, aquele cliente que "não tem" uma estrutura financeira organizada.  No contexto global, o Brasil se encontra nesta posição, por opção.  

No meu entender, estamos no undécimo do tempo para recuperar a credibilidade do Brasil.  Para recuperar a credibilidade, não é pelo caminho dos juros Selic altos.  Como eu disse repetidamente, Selic é termômetro, não é remédio.  Há remédios disponíveis, via Fazenda e Banco Central.  São tantas alternativas e remédios que não ousarei em listá-los para não esquecer alguns e muitos quererem desconstruir o meu receituário. Tem gente querendo comer o meu fígado! Urge adotar medidas concretas, antes que o Brasil de amanhã vire Grécia de hoje!

Presidente Dilma, em querendo, coloco-me à disposição da sua equipe econômica, para em conjunto, escolher os remédios adequados para situação que está a exigir.  Meu partido se chama Brasil !

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi professor da UFPR, filiado ao PDT.  Twitter: @sakamori12É

6 comentários:

  1. Bom dia nobre Mestre:
    Eta pais de merda!
    Ate quando?
    Ate quando seremos espectadores inertes, impassiveis, alheios ao seu destino?
    Ate quando permaneceremos sem a capacidade de nos indignar e exigir solucoes aos celerados que nos governam? Quando seremos capazes de indignar-nos ? Quando seremos capazes de cobrarmos dos nossos representantes no Congresso as providencias e os resultados que aguardamos na defesa e construcao de nossa sociedade! Insisto em cobrar do Congresso essa providencia, pois, sao eles, indistintamente e partidariamente, os responsaveis por esse estado de coisas que a nacao atravessa! Com sua postura mercantil, na mais esdruxula das conceituacoes, vem propiciando num crescente, acoes e omissoes, as mais lesivas para o engrandecimento deste pais! Sao representantes do povo, nao de suas agremiacoes partidarias! O bem comum deveria ser sua maxima! Com essa postura equivocada e conivente, estao jogando nossos governantes na soberba e autocracia! Tornamo-nos, uma entidade de gestao quase familiar! Nao,se respeita mais nada neste pais! E, o pior, tudo pode pois que temos o respaldo desses malandros que representam e que foram eleitos por essa mesma sociedade ! Nao basta escandalizarmos com acoes pontuais ! E equivocado somente responsabilizar o Executivo, pois, se o Legislativo naomestivesse de cocares por intereses menores, a fiscalizacao e a preocupacao de um processo de impeachement, balizaria as irresponsabilidades cometidas ! Mas, nao nos dias atuais veremos esse antromde venais se posicionarem! Estao alheios aos interesses e necessidades da sociedade e do pais! E nos, como ovelhas a serem tosquiadas, impassiveis, cordatas, covardes vamos tambem para o matadouro,sem balbuciarmos um so ruido! Bando de frouxos e o que somos! Isso um dia sera cobrado, mas por nossos filhos! E, por hoje, me basta!


    MARKITO DE SOUZA

    ResponderExcluir
  2. Saka,...Bom dia.

    Dentre as inúmeras asneiras que Dilma Obtusa & Mantega Rançoso, perpetraram, a maior delas, consistiu em maquiar balanços. Trocando em miúdos, simplesmente mentiram,..ludibriaram,..Transformaram-se perante a banca internacional em meros comerciantes desonestos, que roubam os fregueses(vide que nem refiro-me a "clientes")alterando a balança e seus fornecedores dando um "chequinho voador".

    Percebam que foi a partir desse estúpido "marco zero" que começamos a desabar aos olhos do mundo. Talvez um bocadinho antes, quando estupidamente Dilma Obtusa, arvorou-se a dar lições de economia a Merkel; ao invés de sair dessa como a grande dama do mundo, trouxe inevitavelmente a si os holofotes. A turma pensou: Opa! Vamos ver de perto quem é afinal essa "jênia". E viram!! A tal rainha estava nua!!!

    Ao zerar o IOF., os idiotas esqueceram-se dos capitais que aqui estavam. Foram tão estúpidos que esqueceram de decretar que essa alíquota valeria para "novas entradas". Como são incompetentes e mal enxergam além de seus curtos narizes, incluíram tudo e como resultado, os capitais que aqui estavam, em um só dia, aproveitando o decreto, que agora os isentava dos 6%, saíram voando pelas ordens de venda, sendo que em 12 hs, 1,2 Bilhões de dólares, deram adeus ao passeio por "terras Brasilis" - Escafederam-se! Ou seja, o que era para ser bom, ficou ruim!

    Infelizmente eles não tem só 30 dias,...seria bom se assim fosse, pois urgiriam-se medidas corretivas. Infelizmente, antes do barco naufragar, ainda temos um monte de mares revoltos e nós a bordo enjoando,....

    Já escrevi isso, sei lá onde. Nessa situação tem uma coisa boa:Os brasileiros estão, pela primeira vez, vendo que não existe "gerentona" alguma! Mais uma vez a nação engoliu um sapo do sapo(barbudo) - Mais uma vez Lulla enganou e mentiu. A hora da indignação esta efetivamente chegando e com ela quem sabe, nos livramos dessa corja maldita!

    ResponderExcluir
  3. Saka, bom dia, o blog A Voz do Povo passou por mudanças,mas seu link já está no blogroll. Quanto a inteligência do meu amigo Saka, a presidente Dilma perde e muito em não tê-lo na equipe, competência tem de sobra. Aquele fraterno abraço. Carlos do blog Voz do povo.

    ResponderExcluir
  4. O Brasil é bola da vez desde quando eu nasci, já faz tempo que eu ouço que o Brasil enfrentará uma crise econômica de extrema gravidade. Bem ,a hora é essa, com uma classe média decadente e falida, economia no mar de mediocridade há quase vinte anos, Congresso desacreditado, infraestrutura precária e definitivamente quebrada, desindustrialização crescente, crise global e encolhimento econômico e produtivo dos países emergentes, empréstimos milionários a empresas perdulárias e incompetentes. Nunca acreditei no Brasil, por isso, sem querer, digo sempre as mesmas coisas. Sempre mais do mesmo - Olavo de Carvalho já diz: "brasileiro não presta". Que pena. Perdoe meu mal humor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpa, errei: onde está "mal humor", deveria estar "mau humor". É este governo que funde minha cabeça!

      Excluir
  5. Bom dia Sakamori! "Eu Gostei" você na equipe econômica de Dilma, tem todo meu apoio e confiança!
    Este governo, esta equipe econômica não estão interessados em administrar o Brasil, querem mesmo é tomar o País e os cofres, para favorecer o Partidão, por enquanto e creio que até as próximas eleições tem o "publico" eleitor nas mãos! e o Congresso o mais importante poder da República parar de olhar para si e se ocupar de fazer o seu papel legislar, talvez quem sabe!

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.