Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

terça-feira, 30 de junho de 2015

Dilma se compara ao Tiradentes.


Crédito da imagem:Estadão

Assisti perplexo, ontem, na Globo News, a declaração à imprensa da presidente Dilma sobre doação à campanha eleitoral pelo delator premiado Ricardo Pessoa da UTC. A matéria foi para o ar, ao vivo, sem edição. Nas edições posteriores, ficou disponível para o público com edição, sem a parte que faz referência ao Tiradentes.

Dilma disse que houve delatores na Inconfidência Mineira, citando o Joaquim Xavier da Silva. Pela confusão que ela faz, não entendi bem se ela se referia ao Tiradentes como delator ou com delatado. Tanto assim, que a imprensa omitiu a fala da Dilma nesta parte. Eu entendi que a Dilma quis se comparar com o Tiradentes, o mártir da Inconfidência Mineira. O País presta homenagem até hoje ao herói nacional mineiro como Dilma. Tiradentes poderia ter se livrado da Dilma esquizofrênica, pensei comigo.

Na sequência da entrevista, Dilma atacou o empreiteiro Ricardo Pessoa da UTC dizendo: "Eu não respeito delator. Até porque eu estive presa na ditadura e sei o que é que é. Tentaram me transformar em uma delatora". Eu entendi pela fala dela que ela abomina o delator, mesmo que este seja um criminoso que esteja colaborando com a Justiça, para diminuir a pena da eventual condenação.

Segundo jurista Miguel Reale Jr. a figura do delator existe desde 1990 e que a própria Dilma enviou projeto  de lei que prevê a figura da delação premiada no pacote anticorrupção que está em tramitação no Congresso Nacional. Já estamos acostumado a assistir Dilma fazer pronunciamentos com entendimentos diversos para cada tema. Esta é mais uma manifestação da Dilma bipolar.

Duas conclusões que tirei do pronunciamento, que não demorou mais do que 5 minutos em Nova York, na sua viagem oficial em visita ao presidente Obama dos EEUU. A primeira é que ela se compara com o Tiradentes, o herói nacional. A segunda é que ao abominar as delações do Ricardo Pessoa, de quem recebeu parte do dinheiro da propina para sua campanha eleitoral, Dilma está assumindo a condição de superior hierárquico do Ricardo Pessoa, repreendendo-o publicamente.

Para terminar, ontem, Obama liberou a importação de carnes bovinas do Brasil, após embargo de 15 anos, para atender a empresa JBS/Friboi, o maior financiador da campanha presidencial da Dilma 2010. O jantar de ontem, foi entre acompanhado apenas pelos ministros de ambos lados, muito protocolar. Michelle Obama, não participou do jantar, em retaliação, imagino, ao cancelamento da visita de chefe do Estado programado para Dilma em 2013. No protocolo da diplomacia foi uma tremenda desfeita, o cancelamento da visita em 2013. 

A reunião marcada para hoje de manhã, dia 30, será de 1 hora e 30 minutos, conforme divulgado pelo cerimonial da Casa Branca. Pela tradição da Casa Branca, reunião com máxima consideração ao chefe do Estado é de 2 horas. Pelo ritual, já deu para notar que o Brasil em relação aos EEUU, desceu do primeiro andar para o sub-solo. A visita serviu para os EEUU reatarem relações de amizades com o maior país da América Latina, assim como fez com os irmãos Castro. 

A viagem oficial da Dilma rendeu para Obama que reatou relações de amizades entre dois países, azedadas pelo episódio do Snowden. Para a Dilma rendeu a venda de carne bovina para o seu maior aliado, a família Batista do JBS/Friboi e tentar vender a imagem de heroína nacional.


Cada dia que passa, confirma que a Dilma é chefe da facção criminosa que apossou do Palácio do Planalto. Os fatos comprovam isto. Nasci com olhos puxados, mas burro não sou.  Dilma não tem mais condição de governar o Brasil.

Do mês de agosto não passa!

Ossami Sakamori




9 comentários:

  1. Coloque ali na sua apresentação: doente moral que, sendo filiado ao PDT, envergonha a memória de Leonel Brizola.

    ResponderExcluir
  2. Por outro lado, o consumo de carne aqui no Brasil, que tem o maior rebanho bovino do mundo, ficará definitivamente excluído do cardápio do trabalhador. A maior exportadora e dona do monopólio de carne, que foi beneficiada com todo esse aparato diplomático, bem como com jrs. subsidiados do BNDES, para o supramencionado trabalhador equacionar, está comemorando ao sabor de caviar e champanhe.

    ResponderExcluir
  3. Mas ela foi delatora de toda sua rede de terroristas. Está mentindo.

    ResponderExcluir
  4. Rendeu a venda de carne bovina para o seu maior aliado, os EUA ou Cuba? Mas pensando que são os EUA apesar da politica agressiva de marco aurérlio garcia contra o governo dos EUA, a exportação da carne está dependente do que os técnicos americanos acharem dos frigorificos da JBS/Friboi . Se forem tão eficientes como os russos, o negócio já era, não se concretiza.

    ResponderExcluir
  5. dilma se compara ao Tiradentes. Só se for na homossexualidade!

    ResponderExcluir
  6. Será que ela tá no book rosa? Ô delícia...

    ResponderExcluir
  7. Eu fico pensando que já não há mais tolerância para Dilma; tudo o que ela fizer ou dizer já está em descrédito. A saida é sua saída!

    ResponderExcluir
  8. O PT nunca vai largar o melhor osso,que nem a FRIBOI tem...
    Tomaram gosto pela corrupção e o povo que se f...

    ResponderExcluir
  9. Diziam os antigos que o mês de agosto é o mês do desgosto. O sr. Ossami, acredita que a Dilma não passa do mês de agosto. Oxalá ele esteja certo, mesmo porque ela mistura alhos com bugalhos, e se tornou alvo da chacota internacional. Somente ela acredita em suas mentiras e o ladino Obama finge que acredita em tudo, porque mesmo na merda brasil ainda é o líder da américa do sul. Cruz credo!!!

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.