Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

terça-feira, 8 de maio de 2018

Joaquim Barbosa não é mais candidato.

Crédito da imagem: Estadão

Joaquim Barbosa não será mais candidato à presidência da República. A ideia do PSB era lançar a candidatura até o dia 15 de maio. O dia 15 de maio é a data em que os candidatos à presidência poderão arrecadar o dinheiro para campanha por meio de "vaquinha virtual". A retirada da candidatura do Joaquim Barbosa, que ocupava em pesquisas informais preferência expressiva dos eleitores, poderá influir no jogo de xadrez da eleição presidencial. 

Sem Lula, os presidenciáveis, segundo pesquisa informal, Joaquim Barbosa ocupava a segunda colocação, deixando apenas a primeira posição do presidenciável ao Jair Bolsonaro. Quem ganha a posição de segunda e terceira colocação, sem o Joaquim Barbosa, são Geraldo Alckmin do PSDB e Álvaro Dias do Podemos.  Ainda tem muito tempo até as convenções que indicarão os candidatos. Novas surpresas poderão vir ainda. 

Dentro deste quadro, sem o Lula, a eleição presidencial ganha novos contornos. As pesquisas informais colocam Jair Bolsonaro, Geraldo Alckmin e Álvaro Dias, dois dentre eles, disputando o segundo turno das eleições. Eu disse, dentro deste quadro, porque, eleição é imprevisível. O quadro da véspera poderá mudar até no dia da eleição. Este fato já veio aconteceu na eleição para prefeitura de São Paulo, há alguns anos, onde a Luisa Erondina disputava eleição com Paulo Maluf. 

Vamos acompanhar de perto as propostas dos candidatos para emitir opinião sobre novas situações.

Ossami Sakamori

Compartilhe a matéria nas redes sociais:

Nenhum comentário: