Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Chegou a hora de onça beber a água!

Crédito da imagem: UOL

A greve dos caminhoneiros veio em boa hora, independente da pauta de exigências que fazem ao governo do presidente Temer. O movimento dos caminhoneiros ultrapassa o limite dos transportadores autônomos que pressionam a baixa do preço de combustíveis. O movimento reflete o estado de insatisfação do povo brasileiro com o governo Temer, que prometeu a "ponte da esperança" por ocasião do impeachment da presidente Dilma. 

O que deixa bem patente é a ausência dos paladinos da moralidade e do desenvolvimento do País. Refiro-me especificamente às Forças Armadas e os candidatos patrocinados pela extrema direita.  Qual é a posição das Forças Armadas à respeito do movimento?  Qual é a posição do candidato da direita a respeito do movimento dos caminhoneiros?

Tudo farinha do mesmo saco, de direita, do centro e da esquerda. Quais são posições das Forças Armadas e dos candidatos à presidência da República? Nada de discursos e chavões típicos de políticos profissionais. Quero ver as manifestações explícitas de quem tem e de quem terá remos do futuro da República Federativa do Brasil. 

Que cada um, sobretudo os candidatos à presidência da República que se manifestem sobre o movimento dos caminhoneiros e tomem posições "políticas" sobre o momento histórico que o País vive. Eu como simples cidadão, estou fazendo aqui, neste blog. 

Chegou a hora de onça beber a água!  

Ossami Sakamori

4 comentários:

Anônimo disse...

Seu Saka,

Apesar de ter direcionado seus canhões mais especificamente ao Capitão, concordo com Vossa Senhoria.
Os caminhoneiros explicitaram a ausência de liderança confiável no Brasil. Até os militares, nos quais nutria esperanças, se mostraram uns bundões, salvo as exceções logicamente.
Não sei como isso terminará, tendo em vista que ao que parece, não deixarão que os sindicatos venais resolvam o impasse.
Nós como população temos que ajudar, levar comida, água e apoio onde estiverem reunidos esses valorosos profissionais da estrada, que resolveram dar um basta nesse descaramento sem limites.
Deus ajude este nosso Brasil tão rico e tão espoliado por uma meia dúzia de espertalhões acobertados pelos magistrados

Célia Mancini disse...

Nos estamos com os caminhoneiros, ñ vamos pagar dívida de políticos e de bandidos. Aqui na minha cidade o comércio vai fechar e todos foram convidados para ir para a pista ajudar esses lutadores brasileiros. Ainda bem que foram, ñ fizeram como aqueles que usam verde e ñ fizeram nada. Nós vsmos ajudar os caminhoneiros, eles carregam o Brasil.

Anônimo disse...

As FFAA têm plano de contingência e meios para atuar nessa situação.Infelizmente Jugmman não é a pessoa ideal para apresentar a Temer o que seria adequado.Quanto ao candidato,que nunca representou a elite do pensamento militar, e seus chegados,normalmente contemporâneos radicais,jamais vão cobrar dos caminhoneiros postura tanto responsável quanto impopular.Para eles o ideal é que Temer chegue às eleições enfraquecido,o país caótico.Julgam que o povo correrá para as urnas os elegendo como salvadores da pátria.O mais provável é que vendo sua passividade arrogante o povo simples volte à esquerda.

Denis Hacebe disse...

O senhor se refere ao Bolsonaro né? Me responda, como ele pode interferir nessa situação? Ele tem poder pra isso? Pelo que eu saiba não, se souber, por favor, informe pra nós!