Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Pedro Parente assume Petrobras falida.


Pedro Parente foi nomeado pelo presidente Temer para comandar a Petrobras, a maior companhia do Brasil. Ele é um bom nome. Pedro Parente já demonstrou ser competente em todos os cargos que ele ocupou, sobretudo no governo FHC. No entanto, isto, pouco muda a situação econômica e financeira da Petrobras.

Aqueles que acompanham, há muitos anos, as matérias deste blog, o que vou afirmar aqui não é nenhuma novidade. Chamei atenção da corrupção que estava a ocorrer na Petrobras antes mesmo de deflagar a Operação Lava Jato sob o comando do juiz federal Sérgio Moro. Chamei atenção, também, sobre a tamanha incompetência das sucessivas administrações da Companhia, sobretudo nos últimos 13 anos.

Infelizmente, não será o nome do Pedro Parente é que vai mudar a crise econômica e financeira que vive a Petrobras. Não há milagre a fazer. A Petrobras está, literalmente, falida. A situação da Companhia, de estado falimentar, não muda apenas com a mudança do nome e da maneira de administrar. 

Vou colocar aqui apenas dois pontos, entre tantos, que passam despercebido pelos analistas, articulistas econômicos e pela grande imprensa. 

O primeiro ponto é mais do que grave,  é irreversível. O ativo imobilizado da Petrobras ascende a R$ 700 bilhões. Isto é o ativo imobilizado, contabilizado. É o número que está no papel (contabilidade) e que está sendo aceito pelos auditores independentes que prestam serviços à Petrobras. Se a Petrobras vender, hipoteticamente, todos ativos imobilizados contabilizados, este número nunca o número será atingido. Somente o ativo da Refinaria Abreu e Lima e do Complexo Petroquímico de Rio de Janeiro somados deverão dar um rombo de R$ 100 bilhões. Some-se a este número os imobilizados esqueletos que estão no papel (contabilidade). Receio que o ativo imobilizado contabilizado por R$ 700 bilhões esteja aquém de R$ 500 bilhões. Digamos que o "rombo" é de R$ 200 bilhões.

O segundo problema à enfrentar são os poços de exploração do pré-sal. A Petrobras, considerado o preço internacional de petróleo além de US$ 50 o barril, produz para pagar. A Companhia, só não leva prejuízo porque o contribuinte paga o prejuízo potencial embutido no preço de combustível na bomba. O petróleo do pré-sal que era considerado pelo governo do Lula da Silva como solução para o País, está sendo ônus para a população.

Hoje, dia 20 de maio de 2016, se a Petrobras vender tudo que tem de ativos e pagar dívidas que tem, vai sobrar ainda de dívida para pagar. A isto se chama estado falimentar. Entenderam? Preciso desenhar?

Mais de 20.000 acessos no e-book > Brasil tem futuro?

Desta forma, Pedro Parente pouco pode fazer à Petrobras apenas tornando-a eficiente. O buraco está mais para baixo!

Ossami Sakamori












11 comentários:

  1. Lula&Dilma seduziram a sociedade com a visão de que o pré sal seria nosso cofrinho para nos darmos ao luxo de nos endividarmos e teríamos cacife para pagarmos.
    .
    Os estudos e os prospectos efetuados por incompetência e por equívocos além da artimanha de desvios mil, foram todos SUPER ESTIMADOS para darem a falsa impressão de crescimento e que o desgoverno Lula&Dilma haviam achado o CAMINHO para galgarmos o STATUS de nação desenvolvida.
    .
    Tudo foi um ENGODO orquestrado e comandado por Lula. RETROCEDEREMOS 3 décadas e demoraremos mais 3 para nos lançarmos novamente neste caminho.
    .
    Este é o jeito de desgovernar do PT. DESTRUIR as instituições para facilitar seu controle.
    .
    Hoje a nossa EX empresa de ORGULHO nacional FALIDA e principalmente DESMORALIZADA perante o o Brasil e o mundo terá que ser ESQUARTEJADA e entregue de GRAÇA a grupos que podem ter PARTICIPAÇÃO ativa nesta CONSPIRAÇÃO em que Lula&Dilma são os condutores...
    .
    POBRE BRASIL.
    POBRE petrobras...

    ResponderExcluir
  2. Seduziram os fracos pobres e oprimidos, porque na verdade gente de visão não caiu na lábia maldita deles, hoje fica o ônus de uma dívida interminável a ser paga... pois é bem vindos ao Brasil, bem vindos a realidade.

    ResponderExcluir
  3. Nos bastidores ele era conhecido como o "Babaquinha"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade! O ELOGIO foi até pego num grampo telefônico na época do FHC

      Excluir
  4. Sendo verdadeiro os números não se trata de falência e sim de insolvência, o que tem não paga o que deve, é impressionante como se chega a esse ponto sem o conhecimento de órgãos de controle, em resumo depois de eleito o indivíduo tem carta branca para fazer o que quer, república insipiente.

    ResponderExcluir
  5. Será que dilma recebeu ordens do ISIS ou das FARC para fazer isto?
    Como será a segurança nos Jogos Olimpicos? Do jeitinho brasileiro?
    Inacreditável o que essa tresloucada fez!

    "Dilma mandou Abin romper acordos com Cia e FBI

    Só agora vazaram as informações de que o general Sérgio Etchegoyen, novo ministro do Gabinete deSegurança Institucional, avisou ao próprio presidente Michel Temer que a Abin rompeu a colaboração que mantinha com as principais agências interancionais de inteligência, como CIA e FBI.

    Foi ordem direta de Dilma.

    Michel Temer mandou refazer todos os acordos."

    http://polibiobraga.blogspot.com.br/2016/05/dilma-mandou-abin-romper-acordos-com.html

    ResponderExcluir
  6. Por isso é que Pedro Parente decidiu manter a outra boquinha!

    "É inaceitável acúmulo de cargos de Pedro Parente

    É inaceitável a decisão de Pedro Parente de permanecer na presidência do Conselho de Administração da BM&FBovespa, posição que ele ocupa desde 2013, mesmo depois de assumir a presidência da Petrobrás.

    Não se trata de saber se há ou não conflito intrínseco de interesses, que os há, mas é até uma evidente falta de comprometimento com a nova missão, que vai até muito além da mera gestão de empresa, porque envolve sentimentos decididamente patrióticos."

    http://polibiobraga.blogspot.com.br/2016/05/e-inaceitavel-acumulo-de-cargos-de.html

    ResponderExcluir
  7. É uma lástima ver essa companhia afundar como uma grande plataforma... Teria cura?

    ResponderExcluir
  8. "Nunca houve uma irresponsável como Dilma

    O déficit fiscal de 170 bilhões de reais é quase 80% maior do que o anunciado por Dilma Rousseff.

    Nunca houve uma irresponsável como ela."

    http://www.oantagonista.com/posts/nunca-houve-uma-irresponsavel-como-dilma

    ResponderExcluir
  9. Meirelles e Jucá expuseram bem e com grande claresa a não boa situação econômica do Brasil.
    Tudo bem, era de esparar que com uma doente mental a governar o Brasil, alguma coisa não estaria boa.
    Mas por que esses dois ministros autorizam que ex-ministros de dilma vão ficar seis meses isolados de "quarentena" recebendo salário integral sem poder entrar em contato com o trabalho, a população e o desemprego?
    Não chega a dilma estar a fazer despesas colossais superiormente autorizadas por renan, réu em 12 processos no STF, incluindo com o cartão corporativo e aviões?
    Por que temos de pagar tudo isso?
    E se todos entrarmos em "quarentena"?
    Temer pagaria, ou eles são os filhos e nós afilhados?
    Se não dinheiro, dever ser para todos!

    ResponderExcluir
  10. O Brasil nunca teve políticos sérios, isentos e comprometidos com o povo e com a nação. A maior prova aí está para quem quiser ver. Quem pode e quer viver num país sério está indo embora daqui. PQP...

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.