Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Nelson Barbosa na Fazenda a economia deteriorará ainda mais.

Crédito da imagem: Estadão

O economista Nelson Barbosa é o novo ministro da Fazenda, anunciado há pouco pela imprensa. Valdir Simão assumirá o posto do Nelson Barbosa, no Planejamento. A nomeação veio fora da expectativa deste blog que esperava a nomeação do Henrique Meirelles, ministro da Fazenda .

O ministro Joaquim Levy da Fazenda e o ministro Nelson Barbosa do Planejamento, desde o início já advogava linha da política econômica diversa. Enquanto o Joaquim Levy queria implementar as medidas de "ajustes fiscais", o Nelson Barbosa advogava a "gastança" sem freio. A continuidade da "pedalada fiscal" neste ano, foi defendido pelo Nelson Barbosa. 

A política da gastança do novo ministro da Fazenda Nelson Barbosa, já culminou com o "déficit primário" de R$ 120 bilhões no Orçamento Fiscal de 2015. Podemos dizer que o rebaixamento da classificação de riscos da Agência Fitch para "grau de especulação" foi motivado sobretudo pelo déficit primário sem precedente.  O estopim da divergência com o Joaquim Levy ocorreu quando o Nelson Barbosa modificou a meta fiscal do ano de 2016, defendida pelo Joaquim Levy de 0,7% para 0,5% do PIB.

O Estadão de hoje, classifica o Nelson Barbosa, o novo ministro da Fazenda, como "desenvolvimentista".  Nada disso é verdadeiro. Nelson Barbosa é um "economista sem caráter" que segue determinação da presidente Dilma. Nelson Barbosa não é "desenvolvimentista", mas apenas segue as regras da Dilma de "gastança" desenfreada. 

Com a nomeação do Nelson Barbosa na Fazenda, a Lei da Responsabilidade Fiscal não será obedecido, assim como não foi obedecido neste ano, 2015. Nelson Barbosa é do time de "gastança", sem critério. Com certeza, o Balanço do ano que vem vai terminar com um novo "déficit fiscal", ampliando a dívida pública federal para cobrir o rombo.

Com Nelson Barbosa, o controle da inflação não será prioridade, nem tão pouco o aumento da dívida pública federal. Grosso modo, podemos dizer que com Nelson Barbosa, o Brasil caminha para situação da Argentina da Cristina Kirschner.  Inflação alta com caos na economia. 

Para resumir em breves palavras, com Nelson Barbosa, o Brasil irá inexoravelmente para situação econômica caótica. Será uma verdadeira aventura que não sabemos nem onde e nem como termina. 

Ossami Sakamori










@SakaSakamori


6 comentários:

  1. Os ladrões empoleirados e, tendo como deus, o sapo sem um dedo, tomaram o Brasil, de assalto e só saem à bala.
    Acabaram com o país, comprando e corrompendo falsos brasileiros, com cargos à serviço dos malditos comunistas. Melhor morrer lutando, que ficar de quatro, como estamos.

    ResponderExcluir
  2. Não adiantou nada as passeatas.
    Compraram as eleições a SMARTMATIC.
    Tomaram o Brasil, corromperam os poderes constituídos, aí incluindo as FAAS e, via Foro de São Paulo.
    Os traidores da pátria, se reúnem, prostituem os políticos e militares que deveriam defender o povo e levarão o Brasil a níveis piores que os da Venezuela.
    A saída é ir embora do Brasil, enquanto se pode.
    O Brasil é dos bandidos, sem compromisso com seu povo.

    ResponderExcluir
  3. O PSDB ainda tem esperanças no TSE, que pode cassar a chapa Dilma e Temer. Mas a essa altura do campeonato eu duvido de tudo. Dilma dstribuiu muito dinheiro e cargos nesses últimos dias para comprar sua continuidade no Planalto. Michel Temer sorriu muito cedo e esqueceu que a guerrilheira está com a caneta na mão. Dilma finge de morta para enganar. É igual cobra que só dá o bote quando percebe que tem chanche de não errar.

    ResponderExcluir
  4. Essa bulgara de merda, sempre foi, é, e há-de continuar a ser sempre uma terrorista. Não conheçe limites e a contínua gastança sem freio, vai levar-nos a uma situação muito grave.
    Com a merda de generais que temos, é calar e comer.

    ResponderExcluir
  5. dilma e nelson barbosa = juntou-se a fome com a vontade de comer ou o selo e a carta.

    ResponderExcluir
  6. Falta de objetivos.
    Falta de capacidade.
    Falta de vontade.
    Sobra de burrice.
    Sobra de desonestidade.
    Sobra de ganância.
    Essa é a fórmula que está levando o Brasil ao esgoto moral e econômico.
    Qualquer vendedor de amendoim ou pastel na rua sabe como resolver os problemas da má gestão econômica tupiniquim.
    SOBRA LADRÃO...

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.