Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Dilma será cassada!


O fenômeno político é como fenômeno climático, quanto o vento resolve mudar de direção, não há interferência humana que mude o sentido do vento. Falo do minuano, um vento frio proveniente do deslocamento da massa polar atlântica, que vem do sudoeste. Não raras vezes, são ventos cortantes. Os gaúchos sabem muito bem do que falo. 

Já completei 71 anos. Entrei na Escola de Engenharia da UFPR no ano de 1964, exatamente no ano que os militares tomarem o poder da República. Acompanhei de perto o regime militar, como participante do Diretório Acadêmico. Assistimos calados, a decretação do Ato Institucional 5, baixado em 13 de dezembro de 1968, que vigorou durante 10 anos, dando poder de "exceção" aos governantes para punir arbitrariamente os que fossem inimigos do regime militar. Era o minuano do "patriotismo" (sic) que durou por 20 anos.

O País reconquistou a democracia à duras penas, com eleição indireta do Tancredo Neves/ José Sarney. José Sarney assumiu a presidência da República desde o primeiro dia do mandato, em função da morte do Tancredo. O governo Sarney foi um desastre. Praticou política econômica equivocada, dando o poder de compra para a população com o Plano Cruzado. O fato é que o governo Sarney terminou o governo com inflação de 80% no último mês do seu governo e o quadro da economia em caos.

Após desastrado governo Collor que culminou com a cassação de mandato Itamar Franco assumiu o governo e instituiu o Plano Real juntamente com o seu ministro da Fazenda Fernando Henrique. FHC aperfeiçoou o Plano Real durante 8 anos do seu mandato, criando entre elas a Lei da Responsabilidade Fiscal. FHC não conseguiu eleger o seu sucessor. 

A instituição democrática, deu chance para o Partido do Trabalhador conquistar a presidência da República através do Lula da Silva, um operário sindicalista do São Bernardo do Campo. O Lula da Silva rotulou como principal programa social iniciado pelo FHC, como o "carro chefe" do seu governo, o Bolsa Família. Promoveu a "valorização do real" para proporcionar a "sensação do bem estar" e a "sensação do poder de compra", tal qual fizera o José Sarney com o Plano Cruzado.

Lula da Silva fugiu do compromisso com os trabalhadores e utilizou do poder para enriquecer os seus colaboradores, com desculpa de "apoio da base aliada". O seu partido, o PT, foi pego de "calça curta" com a descoberta do desvio de recursos públicos do Banco do Brasil. Os dirigentes do PT foram condenados pelo processo "Mensalão". Lula da Silva, saiu-se ileso, apesar de ser o mandante da ladroagem, com a sua postura de "não sabia de nada".

Lula da Silva e Dilma Rousseff deram o prosseguimento à ladroagem com um novo esquema, o "petrolão". Novamente, com desculpa de apoio da base, promoveu maior esquema de ladroagem da história brasileira. A Operação Lava Jato autorizada e comandada pelo juiz federal Sérgio Moro de Curitiba, descobriu um gigantesco esquema de ladroagem na Petrobras. A cifra do desvio de recursos, somente na Petrobras, segundo a Procuradoria da República, ascende a R$ 20 bilhões.

Dilma Rousseff foi ministra de Minas e Energia e presidente do Conselho de Administração nos dois mandatos do Lula da Silva. Nomeou para presidente da Petrobras, Graça Foster, sua amiga próxima, na qualidade de presidente da República. No período de 12 anos, como responsável pela Petrobras, direta ou indiretamente, esteve em conluio com os participantes do esquema da ladroagem que ocorria na Companhia. A defesa da Dilma é a mesma que Lula da Silva se safou da cadeia, a de que "não sabia de nada".

Dilma Rousseff como presidente da República, no primeiro mandato, promoveu as medidas "anti-cíclicas" (sic) para assegurar a "sensação do bem estar" e a "sensação do poder de compra" da população. Para quem atuou como empresário da construção civil no governo Sarney e viveu o Plano Cruzado, sabe que Dilma Rousseff tomou medidas semelhantes ao do governo Sarney. O País está a viver o mesmo clima de instabilidade econômica, do final do governo Sarney. 

Dilma Rousseff vive o derradeiro momento do seu governo. Com a baixa popularidade e com quadro da economia o pior possível, Dilma enfrenta o processo de impeachment em curso na Câmara dos Deputados. O principal aliado do seu governo, o PMDB, já anunciou que vai desembarcar do governo Dilma. Enquanto isto, a população brasileira vive momento de apreensão, com o quadro da economia e com o quadro político. 

Quero voltar ao preâmbulo desta matéria. A política é como vento minuano, quando vem a massa polar, não há como mudar de sentido. Após cessar o vento, vem o inverno rigoroso. O minuano é pela cassação do mandato da presidente Dilma. 

Aproveite e assista o depoimento da deputada Mara Gabrilli , PSDB/SP, na CPI da Petrobras, sobre envolvimento do Lula da Silva, no caso Celso Daniel. Foi na oitiva do José Carlos Bumlai, amigo pessoal do Lula da Silva.


Só confirma que o PT não passa de uma facção criminosa que tomou de assalto o Palácio do Planalto.

Ossami Sakamori











@SakaSakamori



11 comentários:

  1. Tenho minhas dúvidas, em primeiro lugar toda a mídia morre de medo do governo, todas elas tem dívidas com o governo, só se fala em Eduardo Cunha para não se tocar no cerne da questão, o povo é facilmente enganado, repete o que lê nos jornais e assiste na televisão, o ceticismo tem seu fundamento.

    ResponderExcluir
  2. Não devemos esquecer que as Forças Armadas livraram o Brasil da ideologia Comunista na década de 30(Intentona Comunista); Na década de 60(Contra golpe Militar) e depois de 1985(abertura democrática), as mesmas pessoas que diziam combater os militares para resgatar a Democracia mas que, na verdade, queriam implantar o Comunismo chegaram ao poder com FHC,o PSDB é um Partido de Esquerda Socialista por isso não combate veemente o PT(FHC começou o desmonte das Forças Armadas tanto moral, de equipamentos e salarial). Depois Lula(criou a guarda nacional, similar a do Chaves:Venezuela) e agora Dilma. Esses e outros, eram os protagonistas do Comunismo na década de 60, fazendo guerrilha na década de 80.Eles adentraram nas Universidades e mudaram o pensamento Democrático para incutir suas ideologias por isso temos agora muita gente importante defendendo a Esquerda.
    Talvez pela ingratidão do povo brasileiro em não defender as Forças Armadas e pela leniência desse povo em sempre votar nos mesmos "pilantras políticos" agora as Forças Armadas se mantém quieta nos quartéis. O impeachment da Dilma não vai mudar muita coisa pois em seu lugar ficará o Michel Temer, do PMDB que sempre apoiou qualquer governo e ultimamente não fez nada em prol dos brasileiros. Pela carta do Temer à Dilma, nota-se que a preocupação dele é com cargos e não com o progresso da Nação. E, assim, continuará mandando no Brasil os banqueiros. Em 2018, entrará no lugar do Temer, se não for ele mesmo, outro Presidente com as mesmas ideias e ações. O povo brasileiro sempre sofrerá.

    ResponderExcluir
  3. Lamentavelmente, o sr. Daniel Camilo resumiu tudo.
    Nada a acrescentar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, Sr João Trindade, nunca desejei e nem desejo que os militares fiquem governando até porque eles não foram treinados exatamente para isso. Eles são treinados para guerra, matar. Podem no máximo suprir uma lacuna no poder, temporariamente. O que desejo, como pedagogo e militar é que a população civil se engaja para desde agora formar as crianças a serem futuros cidadãos(as) honestos(as).
      Como combater a corrupção e tirar os políticos corruptos se a maioria aprova ou é, também? Veja, bem: Há anos vem sendo noticiado que existem fraudes nos jogos na responsabilidade da Caixa Econômica Federal e, mesmo assim, as lotéricas estão abarrotadas de jogadores. É noticiado processos de crimes diversos de políticos e mesmo assim os eleitores os reelegem acreditando nas promessas de: emprego público sem concurso; recebimento de casa sem estar na fila de espera; quitação de impostos, etc tudo isso é corrupção mas alguns acham ser mais esperto e "passam a perna" nos outros. Sem falar no cidadão que dá troco errado, de propósito; outro coloca embalagem no bolso e passa sem pagar; outro fura fila mentindo que está doente, Outro fica milionário vendendo a Palavra de Jesus Cristo, e por aí vai. Então, os políticos que elegemos sai dessa mesma população com pensamento e moral distorcida. Por isso reafirmo, só através de uma boa educação em casa(informal) e na escola(formal é que iremos transformar nosso Brasil que aliás, Portugal a colonizou com pessoas de má índole. Já começou errado.

      Excluir
    2. Senhor Daniel Camilo

      Claro que Portugal colonizou o Brasil com pessoas de mé índole, assim como a Inglaterra colonizou a Africa do Sul e Australia também com pessoas de má índole além de outros paises mais pequenos.
      Agora, culpar Portugal por esta merda toda que está infelizmente acontecendo no Brasil depois de termos declarado a Independência em 7 de setembro de 1822 quase 200 anos depois? Acha justo? Que culpa têm sempre eles? E nós com a nossa maneira de ser extremamente lânguida, sem nunca nos importarmos com o futuro e apenas com o presente? Será por causa do sol tropical ou por sermos uma das raças mais arraçadas do planeta? Ou tudo junto?
      Deitar as culpas para cima dos outros, não justifica nada.
      Os países colonizados pelos ingleses, são paíes prósperos ou foram, mas isso derivado da cultura anglo-saxônica e não cultura ibérica como é o caso do Brasil e dos restantes países colonizados pela Espanha.
      Tivemos 200 para mudar em 8 gerações pelo menos, mas não o fizemos e agora a culpa é de Portugal?
      Francamente, senhor Daniel.
      Não estou defendendo Portugal, país que não gosto, sou racista nem posso ver um portuga pela frente apesar de ser caucasiano, mas apenas para dizer, que bater sempre no ceguinho, também não é justo.

      Excluir
    3. Eu não culpei Portugal pelos erros presentes. Lembrei que começamos errados pois D.João VI, para manter a posse do Brasil, distribuiu terras aos seus amigos e para trabalhar nessas terra enviou os presos e assemelhados; e para não ficar só homens e se prostituir com as índias, Portugal mandou as prostitutas(isso está registrado em livros de história do Brasil). Os próprios portugueses que moravam no Brasil relatavam a Portugal que a vida social no recém País conquistado era um "bacanal" tal o grau de promiscuidade e por isso não poderiam trazer suas esposas.
      Então, começamos ou não errado? Logicamente, que isso pouco reflete aos dias atuais.

      Excluir
  4. Tambem participei do movimento estudantil claro fui contra os militares.Convocado como medico militar no MT, era o oficial de dia num fim de semana quando o MST, tentou invadir as instalações militares para saquear as armas fo paiol. Por traz D Pedro Casaldaglia da teologia da libertaçao em São Felix do Araguaia. Desde então acompanho os passos da revolução socialista e seus aloprados que usam ignorantes como massa de manobra. Felizmente os convencemos a desistir e não jouve mortes..

    ResponderExcluir
  5. Acredito que Dilma não só terminará o seu mandato, como também fará Lula seu sucessor. Não faz sentido tirar do Planalto a única Governante que deu condições de o país ser realmente passado a limpo. Ainda por cima, ser substituída por uma turma que, sabemos, a maioria está seriamente comprometida com negócios ilícitos? Quando o PSDB governava, todos sabemos que quase nada era investigado. E os milhões de brasileiros que saíram da linha abaixo da pobreza? Com certeza, além de muitos outros, também eles não irão permitir esse golpe. Volto a dizer; não acredito que consigam derrubar a nossa presidente. Se insistirem nessa tecla, infelizmente, acho que a possibilidade de uma guerra civil é real. E mais: também sonho com um Brasil cada vez melhor. Quero que todos (TODOS MESMO) os culpados sejam investigados e exemplarmente punidos. Mas respeito a opinião dos que pensam diferente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deu condições, não foi apanhada junto com seus colegas tem a mão mais pesada que os seus antecessores.E se nós pressionarmos eles vão cair, e o povo graças a internet, que ainda não está dominada pelo governo, não vai deixar a massa ser enganada pelo projeto Lula, que se Deus quiser estará preso!

      Excluir
    2. Esses patifes têm parceria com o demônio e, por esse simples fato, não serão apanhados e/ou responsabilizados.O país acabou...

      Excluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.