Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Dilma não passa fim do ano no Planalto!

Crédito da imagem: Estadão

O que mais temia a Dilma aconteceu. O ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no STF, autorizou a abertura de investigação contra o tesoureiro da campanha da presidente Dilma à reeleição, Edinho Silva, atual ministro da Comunicação Social. Ele, Edinho Silva, é investigado pela suspeita de ter recebido R$ 7,5 milhões do dinheiro originário da propina da Petrobras, do delator colaborador Ricardo Pessoa, dono da UTC, para campanha presidencial de 2014. O fato é, por si só, motivo para cassação da chapa presidencial de 2014, pelo TSE.

Além disto, o Procurador Geral da República Rodrigo Janot, solicitou ao STF - Supremo Tribunal Federal, abriu investigações sobre as campanhas presidenciais de 2006, 2010 e 2014, que elegeram os petistas Lula da Silva e Dilma Rousseff para presidentes da República. A apuração se refere ao eventual doação eleitoral com dinheiro da propina que teria conseguido para obtenção de contratos de empreiteiros da Petrobras, sob coação do PT.



O Palácio do Planalto tentou blindar a presidente Dilma para passar ao largo da ladroagem na Petrobras, revelada pelo Ministério Público Federal e pela Polícia Federal, no bojo da Operação Lava Jato. Até a delação colaborativa do Ricardo Pessoa da UTC Engenharia, ainda faltava o "elo de ligação" entre as "propinas" da Petrobras e a campanha eleitoral da presidente Dilma Rousseff. Com a revelação do Ricardo Pessoa, ficou evidente que o dinheiro da propina financiou a campanha presidencial.  Embora o PT afirme que as doações que se refere o Ricardo Pessoa foram apresentadas na prestação de conta das campanhas presidenciais, apenas confirma a ligação do dinheiro da "propina" com a campanha presidencial da Dilma. 

E o PT reconhece que aquele dinheiro entregue ao tesoureiro do PT João Vacari Neto foram sim, contabilizado como "doação oficial" para a campanha da Dilma. Isto é mais que confissão de culpa. O que se questiona não é denúncia de uso de caixa 2, mas sobre uso de dinheiro oriundo das "propinas" de uma estatal federal, no caso a Petrobras, para campanha presidencial. 



Diante das evidências do envolvimento do Palácio do Planalto no "propinoduto" da Petrobras, o vice-presidente está a desembarcar da sustentação da Dilma no poder até o final do mandato. Michel Temer já manifestou publicamente de que é insustentável a manutenção da Dilma no poder com popularidade "tão baixa". Mesmo que isto seja apenas o pano de fundo para eleições municipais do ano que vem para prefeitos municipais, pegou mal. O PMDB quer de toda forma livrar-se do "estigma" do partido corrupto. 



Com a mudança de cenário no horizonte, a estrutura de apoio do PT está a desmoronar. Os aliados da base parlamentar estão desembarcando do governo da Dilma e do PT. No Congresso Nacional, a Dilma não tem mais sustentação. Além da oposição do PSDB e DEM, o PDT já posicionou fazer fileira na oposição. O PTB também está a desembarcar da base de apoio da Dilma. Ao que parece a base aliada vão ficar restrito ao PT, PC do B e PSB.

Diante dos fatos, o Poder Judiciário, entre os quais o TSE, devem mudar de posicionamento. Os ministros que antes eram defensores intransigentes do PT e da Dilma, não mais os defenderão, com o mesmo entusiasmo. O presidente do TSE Dias Toffoli deve rever o seu posicionamento à favor do PT, até em função da prisão do seu antigo chefe José Dirceu. Excetuando o posicionamento do ministro Ricardo Lewandowski, presidente do STF, os demais ministros antes petistas, não mais serão parciais à favor do PT. 

Com a debandada dos parlamentares da base aliada, com a falta de sustentação no MPF e novos ventos soprando no TSE e STF, a presidente Dilma está "isolada" no poder. A história brasileira mostra que à Dilma não restará senão uma das alternativas: suicídio, renúncia ou impeachment. Como sou cristão, não desejo a primeira alternativa para a presidente Dilma. Só resta a Dilma a alternativa da renúncia ou o impeachment. Quanto mais rápido Dilma desocupar o Palácio do Planalto e o Palácio da Alvorada, menos traumática seria a mudança do governo para a população. No entanto, a sanidade mental da Dilma questionada, é previsível que a "ex-terrorista" enfrente o longo processo de impeachment. 


Diante dos fatos consumados, Dilma já está considerada "ex-presidente", pela população brasileira. A Dilma estará fora do Planalto até o fim deste ano!

Ossami Sakamori










15 comentários:

  1. BRUXA!!! BRUXA!!!! BRUXA!!!!

    ResponderExcluir
  2. Só tem sujeito com cara de tarado em volta da Dilma e em todos os escalões da corrupção,Brasil afora.PQP...

    ResponderExcluir
  3. Para cada cidadão que produz (trabalha),no Brasil,há 1.000 que vive como vampiro.Todo mundo é corretor de imóveis,técnico disso ou daquilo,especialista em trambicagem.Situação típica de um país que não tem tecnologia sequer para fabricar uma bicicleta.Estudar para que,se passar os outros para trás dá muito dinheiro,com pouquíssimo ou nenhum investimento?A escola brasiliana tem reflexos em toda a população.É o país criador e mantenedor da LEI DO GERSON,motivo de piada internacional.

    ResponderExcluir
  4. Para cada cidadão que produz (trabalha),no Brasil,há 1.000 que vive como vampiro.Todo mundo é corretor de imóveis,técnico disso ou daquilo,especialista em trambicagem.Situação típica de um país que não tem tecnologia sequer para fabricar uma bicicleta.Estudar para que,se passar os outros para trás dá muito dinheiro,com pouquíssimo ou nenhum investimento?A escola brasiliana tem reflexos em toda a população.É o país criador e mantenedor da LEI DO GERSON,motivo de piada internacional.

    ResponderExcluir
  5. Já era tempo da justiça acordar e pressionar os indicados, mostrando prá elles q entraram numa canôa furada.
    É pular fora ou cair juntos c dilmá e pts.

    ResponderExcluir
  6. Já era tempo da justiça acordar e pressionar os indicados, mostrando prá elles q entraram numa canôa furada.
    É pular fora ou cair juntos c dilmá e pts.

    ResponderExcluir
  7. Sakamori San, com tantas provas e provas contra a gangue petralha® (Reinaldo Azevedo) e esquerdopata® (Pr. Silas Malafaia) que está aí no (des)governo do país que eu nem precisei ler a matéria da metade em diante. E as pedaladas? Ah, as pedaladas. Isso sem contar que o escândalo do BNDES ainda está na famosa estaca zero. E mais: se o PMDB não quer nenhuma ligação com a gangue líder da coalizão presidencial, então, que deixe o governo. Missão pra anteontem. Afinal de contas, nas duas casas do Congresso, o PMDB possui mais parlamentares do que o PT. O interessante é que a cúpula do partido ainda não está interessado a se convencer disso e quer manter a coligação ativa mesmo assim. E, antes de publicar o meu comentário, finalmente, eu consegui ler a matéria até o final. hehehe Por isso, mais algumas pinceladas. Eu confesso que não sabia que o PSB estivesse na base do governo. Ainda mais que a Marina concorreu pelo partido para o Planalto em 2014. Penso, também, que uma sensível maioria do Senado ainda apóia a Dilma, graças ao reatamento dela com o Renan. Até mesmo na Câmara, mesmo com a oposição prática de Eduardo Cunha, a maioria dos deputados peemedebistas ainda estão com o (des)governo. Também!?!? O que a governanta tem despejado de $$$ pra ter suas ações aprovadas pelos parlamentares não é brincadeira. Ou é uma brincadeira de mau gosto. Afinal de contas, o Brasil está em recessão, mas com inflação e juros altos, ao mesmo tempo em que a petralhada do Planalto pergunta "Quem quer dinheiro???" e joga aviõezinhos para o auditório do Congresso. Sobre a citada "Lei de Gerson" em um dos comentários registrados nesta postagem, faz tempo que ele, o "Canhotinha de Ouro", pede pra se desvencilhar da fama. Por enquanto é só, pessoal!!!

    ResponderExcluir
  8. Bem Saka, a justiça fazendo o que dela se espera...sic...JUSTIÇA, nada mal a senhora presidenta pegar sua vassoura e ir varrer Cuba

    ResponderExcluir
  9. Bem Saka, a justiça fazendo o que dela se espera...sic...JUSTIÇA, nada mal a senhora presidenta pegar sua vassoura e ir varrer Cuba

    ResponderExcluir
  10. Bem Saka, a justiça fazendo o que dela se espera...sic...JUSTIÇA, nada mal a senhora presidenta pegar sua vassoura e ir varrer Cuba

    ResponderExcluir
  11. Como não sou cristão, desejo a primeira alternativa para a presidente bulgara doidona, maluca, psicopata.

    ResponderExcluir
  12. Vem aí pela frente ainda o reflexo da subida do dólar na inflação, tiro de misericórdia na popularidade de nossa governanta.

    ResponderExcluir
  13. Vem aí pela frente ainda o reflexo da subida do dólar na inflação, tiro de misericórdia na popularidade de nossa governanta.

    ResponderExcluir
  14. "BRASÍLIA CERCADA! DILMA FECHA O EIXO MONUMENTAL PARA O DESFILE DA PÁTRIA (Foto)

    Inacreditável, mas é verdade! O eixo monumetal, em Brasilia, está cercado. O povo não participará do desfile de 7 de setembro. Só convidados especiais. Ao contrário de Dilma, todos os presidentes militares fizeram questão que a população brasileira participasse, livremente, das comemorações do dia da Pátria. Mas Dilma se isola, até no dia 7 de setembro."

    Isso tem um nome: MEDO!"

    http://illuminatielitemaldita.blogspot.com.br/2015/09/brasilia-cercada-dilma-fecha-o-eixo.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+IlluminatiAEliteMaldita+(ILLUMINATI:+A+ELITE+MALDITA)

    ResponderExcluir
  15. O Brasil não existe mais...
    Somos mico internacional.
    Ainda sobrevivemos porque somos o celeiro do mundo e o mundo tem dólares para alavancar esse gigante sem identidade,ninho de bandidos descomprometidos com o destino do povo,corruptos pela própria natureza.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.