Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Só pode ser VINGANÇA !

Por Mônica Torres


Na tela.., uma aba com a lista da lista de FORBES , com a PETROBRAS na posição 416ª, despencada em 386 vezes para baixo da sua posição anterior de 30ª, e outra aba com a reportagem de Ossami Sakamori Petrobras na 416ª posição na Forbes .

Como brasileira comum sofrendo as consequências desse governo ilegal (posto que nossas eleições foram uma mentira), nem é preciso dizer a sensação de frustração e humilhação que me toma. Penso que todos que leram a notícia se sentiram assim. Eu abri a lista de FORBES (eu sou curiosa), já com uma sensação de aperto no coração, depois de ler a postagem de Sakamori. 

Eu nunca trabalhei na PETROBRAS, mas como todo brasileiro, sempre tive orgulho e posso até dizer que uma inocente sensação de que ela também era minha. Juro por Deus que as lágrimas me vieram aos olhos. Talvez porque neste instante eu perceba o significado dessa queda em outros seguimentos, que percorridos um a um, acabam chegando em nossos lares, em nossas vidas particulares.

Não consigo pensar em qualquer aspecto da economia desse país, que não passe pela vida da PETROBRAS. São tantos os setores, que seria impossível enumerá-los aqui. Mas só pra trazer à tona minha sequência de pensamento, penso nos setores de abastecimento, de alimentos, de serviços, de pesquisa, de indústrias, de construção, etc, que dependem dessa grande empresa, de seus derivados, de seus serviços, de seu incentivo. Numa linha mais leve, inclua ainda cinema, gasolina da Fórmula 1, programas sociais, etc. 

A PETROBRAS tem um laço com cada uma dessas coisas. Sente-se à mesa e pense em quantas coisas à sua volta estão diretamente associadas a ela. 

Minha frustração e tristeza se dá quando imagino os milhões de pessoas demitidas, os projetos parados, o abandono e o estrago na vida dos trabalhadores. Essa quebra, representa em cenário real, pobreza, estagnação, atrasos de compromissos, sonhos de progresso deixados para trás, insegurança de mercado, de investimento, insegurança pessoal... até chegar na unidade familiar. 

Os olhos do mundo todo fixados em nós, aqueles que podiam nos dar as mãos, os investidores animados pelo nosso progresso, pela perspectiva de sucesso, a virarem as costas em risos que escarnecem de nossas escolhas, de nossa incapacidade de eleger um representante responsável, corretamente. Somos piada! 

Não é somente um número estatístico na lista da FORBES, mas parecemos cair 386 vezes para baixo em nossa posição pessoal, no desenvolvimento, na vida. Uns com percepção disso, outros alheios à razão e à consequência. 

E só tem um culpado nessa estória prestes a virar história. Um partido de bandidos, aproveitadores, estroinas, de ideologia nefasta, de comportamento torpe, de ideias criminosas. Um "desgoverno" manchado em toda sua extensão por erros, por descaso, empáfia e infâmia.

Transito entre as abas da lista de FORBES  e a reportagem de Sakamori e fico pensando... Só pode ser VINGANÇA.

Mônica Torres


10 comentários:


  1. O que sente Mônica Torres é o sentimento dos brasileiros que pensam...

    ResponderExcluir
  2. Pois meu pensamento é diferente: Preferia que a Petrobrás estivesse privatizada, que os bilhões injetados pelo governo nessa empresa tivessem sido utilizados para pesquisa em combustíveis alternativos, (sem desvios, óbvio!) mas antes, e principalmente, nas funções básicas do Estado: segurança, saúde e instrução da população. Estado que brinca de empresário só produz corrupção.
    Meu protesto solitário já iniciei há alguns meses: parei de abastecer e nunca mais abastecerei postos Petrobrás (mesmo sabendo que todo combustível seja distribuído pela empresa). É só o que posso fazer no momento.

    Saudações,
    S.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não discorri sobre privatização ou estatização da empresa. Apenas registrei aqui meu sentimento de frustração e de humilhação que penso que todos os brasileiros estão sentido, pela quebra dessa companhia tão importante nas vidas dos brasileiros.

      Excluir
  3. Grata Eli, pela atenção e leitura. Sempre bem vindo.

    ResponderExcluir
  4. A Petrobrás é dos funcionários e accionistas, não minha. Ela serve muito bem aos inescrupulosos e seus aceclas. Agora chegou a vez do PT com fome voraz e sem noção do que significam numa empresa seus atos mirabolantes.

    ResponderExcluir
  5. Uzamericanus são muito vingativos mesmo

    ResponderExcluir
  6. Parabéns, Monica. Sua indignação é a de todo brasileiro honesto.

    ResponderExcluir
  7. Excelente artigo !
    Você sente a mesma indignação e frustração que todos os brasileiros dee bem sentem.
    ´É a mais torpe das vinganças !

    ResponderExcluir
  8. Não é vingança não. A revista FORBES não precisa disso. Ela tem enorme prestigio no mundo dos negócios para querer tirar alguma vantagem da situação em que encontra a PTrobras. Ela revelou informação apenas, números frios sem paixão. Quanto a mim, ela foi nobre em não descer muito mais. Encaremos os fatos com seriedade. Claro que fiquei aborrecido e principalmente chocado com a noticia, mas que fazer se lula, dilma, PT , o PC do B, PMDB, PSDB são os culpados? Esperemos que não desca mais, pois o limite para a FORBES é a posição 2.000.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro anônimo, a vingança a que me refiro, não é da FORBES. Releia com calma os dois artigos e achará os culpados de estarmos figurados assim nessa lista, ...em 2 minutos.

      Excluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.