Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

domingo, 24 de maio de 2015

Pare o Brasil em 27 de Maio !

Colaboração: Professor José Carlos Bortoloti


“Por que PARAR o Brasil?” - Em 27 de Maio –

"...A desobediência civil é um direito intrínseco do cidadão.  Não ouse renunciar, se não quer deixar de ser homem. A desobediência civil nunca é seguida pela anarquia. Só a desobediência criminal com a força. Reprimir a desobediência civil é tentar encarcerar a consciência...!"

             Na Quarta-feira, dia 27, um grupo de patriotas, de brasileses de verdade que estão fazendo a Marcha da Democracia, chega á Capital Federal – Brasília. E precisamos lotar esta capital.

                  As redes sociais estão ouriçadas! Os grupos organizados irados! A sociedade como um todo, em todas as formas de organização e associação está indignada! Todos querem o Brasil. Mas por quê?  Simples: Como foi dita em uma rede social por um integrante: “...Não nos ouviram em junho de 2014, Não nos ouviram em janeiro, fevereiro, março e abril de 2015. O Brasil precisa parar... Greve Geral a partir do Dia 27... 

                 População brasilesa precisa ocupar Brasília...!”   A nossa Capital? Sim. Lá onde está a Câmara dos Deputados que “deveriam” serem nossos representantes, com todos os 513 excelentíssimos “eleitos” para fazerem o quê?

       Nada se viu até o momento nestes últimos 12 anos. Sim. Nada. E a sede da Câmara dos Deputados em forma de concha, tem o simbolismos de que ali entram, caem todas as aspirações, todos os desejos mais singelos de uma população inteira.

        Aconteceu algo neste período todo? Ninguém sabe. Não temos mais imprensa... Não temos mais veículos de informação. PARA NÓS, a população, os brasileses... Os veículos existentes em sua quase maioria são concessões do governo federal, e para se manterem necessitam das “gordas” verbas federais que lhes cai no caixa. Assim falam, mostram e escrevem somente o que interessa a quem lhes paga. Ou seja: Toda nossa imprensa, do Brasil, Tem preço. Logo é vendável... Consequentemente não é isenta... Pende 
somente para o lado pagante. Tem exceções? No plural não. No singular talvez tenha. Mas não temos prova ainda como população, como cidadãos.

        E o que significa PARAR O BRASIL? Significa repensar o que não esta certo, e o ESTADO que somos nós, a população, temos que ser ouvidos em todas as instâncias existentes, como formas de organização do referido estado, este agora físico.

           Uma grande manifestação da população, uma grande greve (aliás, aprendemos esta palavra com a dita “esquerda” que hoje esta no poder). Parar o setor produtivo – salvaguardando sempre e com consciência os serviços de emergência. – Afinal somos um povo consciente e não um bando  de  anarquistas  que  quer  fazer  arruaças.     Como o mundo pode ver, nas manifestações, mesmo que   pequenas, que existiram até hoje, foram todas completamente pacíficas, com famílias inteiras participando. Os raros momentos de vandalismo foram efetuados por membros pagos para que a manifestação não ocorresse. E o mundo todo tem imagens disso

               Mas PARAR O BRASIL significa: Atenção! Ouçam-nos! Eis nosso desejo mais profundo... Eis nossa verdade como povo... Nós existimos e queremos segurança, educação e saúde para nossos filhos... Queremos um país que nossos netos se orgulhem... Queremos um país como exemplo de civilidade. O que não acontece hoje, mediante a corrupção engendrada em todas as esferas e envolvendo empresas públicas e civis. Então somos um país de corruptos e corruptores. Sim. Infelizmente somos.

              Temos 28 agremiações políticas que se denominam “partidos”. Por óbvio estarem dentro da lei. Mas na prática e moralmente são meras agremiações e nenhuma até agora está isenta, salva, inocentada de coisa alguma. E como manda a Senhora Justiça – está ausente em várias instâncias – nesse caso, específico, quem tem que apresentar as provas da inocência é as agremiações. Se você prestar atenção a definição de nossa câmara dos deputados ela é chamada de CÂMARA BAIXA:

              Por que: A Câmara baixa é uma das duas partes de um parlamento bicameral. É também chamada de "câmara da plebe" em contraposição a "câmara dos lordes" (Câmara alta ou senado). No Brasil é conhecida como câmara dos deputados.

              Então o que estamos pedindo é que na quarta-feira, dia 27, Chegada da Caravana da Democracia – heroicos patriotas que saíram de seus estados e foram a pé até a capital. Sim uma caminhada democrática. Se não formos ouvidos assim... O País todo simplesmente PARE – Repito fora os serviços de emergência - mas PARE literalmente. Tenham a certeza, somente assim seremos ouvidos para mudarmos o que esta errado. De certo modo, em termos políticos tudo.

               De outra forma esqueçam... Continuaremos sendo exauridos... Literalmente roubados e nossa moral afetada e todos nossos costumes mais caros simplesmente jogados no lixo A decisão é sua... Pode pensar... Não Dói! 

Das percepções tristes de nosso Brasil. Homenageando os integrantes da Caminhada Democrática.

José Carlos Bortoloti











Com o apoio:

Ossami Sakamori


6 comentários:

  1. Tem que ser divulgado, um líder do MST bebeu cachaça para atropelar os jovens da marcha pela liberdade, como planejado, como ameaçado pelos terroristas ladrões, covardes e mentirosos que tomaram este país.

    ResponderExcluir
  2. Temos que reagir. Esse negócio de só reclamar e reclamar não adianta. Temos medo de ser contra alguma coisa. Sofremos calados como escravos porém, os escravos se rebelaram e lutaram bravamente para serem livres. As mulheres conquistaram os direitos trabalhistas com greves, manifestações e algumas mulheres morreram. Então, se quisermos ser livres da escravidão ou ditadura do PT, temos que lutar sem medo de alguém morrermos. Concluindo: PAREMOS NO DIA 27/05/2015.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corrigindo:"Temos que reagir. Esse negócio de só reclamar e reclamar não adianta. Temos medo de ser contra alguma coisa. Sofremos calados como escravos porém, os escravos se rebelaram e lutaram bravamente para serem livres. As mulheres conquistaram os direitos trabalhistas com greves, manifestações e algumas até morreram. Então, se quisermos ser livres da escravidão ou ditadura do PT, temos que lutar sem medo de morrermos. Concluindo: PAREMOS NO DIA 27/05/2015."

      Excluir
  3. Supostamente as empreiteiras usavam duas estratégias para conseguir seus intentos em Brasília. Na época do cachaceiro levavam uns tubos de 51 e do poste levavam umas moças bonitas

    ResponderExcluir
  4. Eu, (menos otimista), compreendo e admiro o desejo de mudança e otimismo aqui expressados pelos meus colegas de comentários, porque também é um desejo meu. No entanto, ainda não vejo luz no fim do túnel...
    Parabéns, Profe Borto! Sua exposição é bem centrada, como sempre.

    ResponderExcluir
  5. Precisamos nos organizar e promover uma revolução armada para tirar o câncer petista do poder.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.