Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

terça-feira, 12 de maio de 2015

Joaquim Levy é incompetente!


Preâmbulo. Na matéria anterior, "Brasil Ltda. está quebrada!", coloquei o espelho da situação econômico financeiro do governo federal. Como chegou a esta situação foi explicado por este blog nos mais de 1.600 matérias que trata sobre os equívocos da política econômica financeira do governo PT, sobretudo após a crise financeira mundial de 2008 e especialmente nos 4 anos de mandato da presidente Dilma.

Pelo poder. As causas principais para distorção da economia foram a expansão da base monetária, a política cambial e a política de juros. É difícil dizer qual dos fatores influiu mais no desequilíbrio e desorganização da economia.  Como componente adicional aos fatores estruturais, houve manipulação das tarifas públicas "engessando" momentaneamente para ganhar as eleições de outubro de 2014. 

Equívocos. Nunca se viu tantos equívocos somados. Tudo foi feito propositadamente para causar a "sensação de bem estar" e a "sensação de poder de compra" da população. Parecia que o objetivo da Dilma presidente era conquistar a popularidade como da então Eva Peron, primeira mulher do presidente Perón da Argentina. Dilma Rousseff queria terminar o mandato como Eva Perón, que foi conhecida como mãe dos "descamisados" ou "mãe dos pobres".

Os puxa-sacos. Enquanto a imprensa e a maioria dos articulistas econômicos manifestavam opiniões favoráveis à política econômica da Dilma presidente, este blog manifestou duras críticas à política econômica, classificando-a como "erro sistêmico" por se tratar de equívocos que poderiam trazer consequências graves no futuro. Deu no que deu. Infelizmente, este blog acertou no diagnóstico. Não foi nada fácil, apresentar ideia quando a Dilma presidente estava com a aprovação do seu governo em 77%.

Tucanou. Dilma presidente nomeou Joaquim Levy, supostamente com ideário tucano, para tentar fazer ajustes necessários para colocar o Brasil nos trilhos. Infelizmente, Joaquim Levy, ministro da Fazenda continua com o equívocos do primeiro mandato da Dilma presidente. Os ajustes propostos pelo ministro da Fazenda Joaquim Levy, apenas tenta colocar nos trilhos a "política fiscal" do governo federal. De trancos e barrancos parece estar conseguindo aprovar as medidas necessárias para o "equilíbrio fiscal". Tão somente isto.

Equilíbrio fiscal. O equilíbrio fiscal é o princípio da política econômica, mas ele sozinho, não coloca o Brasil nos trilhos do desenvolvimento sustentável. Haverá de corrigir os equívocos da política econômica, baseados da expansão da base monetária, política cambial e na política de juros, sem as correções em nada adiantará o esforço da "política fiscal".

Inflação. Não vejo movimento para contração da base monetária para frear a inflação. O sistema bancário conta com mesma liquidez do final de 2014.  A flexibilização do depósito compulsório concedido no segundo semestre de 2014, continua.  O Tesouro liberou, a deliberação do final do ano passado, recurso do PSI, no montante de R$ 30 bilhões para o BNDES. O governo Dilma, ainda estuda a possibilidade de utilização de R$ 10 bilhões dos recursos do FGTS. A imprensa deu também que o governo Dilma estuda a liberação do depósito compulsório para o programa Minha Casa Minha Vida. Tudo isto é expansão da base monetária e não contração da base monetária.  A expansão da base monetária é combustível para a inflação.

Dólar. A política cambial continua o mesmo. Não há movimentação do Banco Central no sentido de colocar o dólar no patamar mais real. Pelo jeito, a nova equipe econômica quer continuar produzindo a "sensação de bem estar" e a "sensação do poder de compra", mantendo o dólar no patamar de R$ 3,00. Não venham os economistas e articulistas "pró-governo" dizer que o dólar é "flutuante". Isto tudo é desculpa que não cabe para quem entende do assunto. Todos os países, manipulam o câmbio a favor do crescimento sustentável, quer seja países desenvolvidos ou países emergentes. 

Selic. A política de juros praticados no Brasil é uma grande mentira.  O governo Dilma e outros governos anteriores, argumentam sempre, a alta de juros como necessários para conter a inflação. Nunca vi tamanha inverdade!  A política de juros reais positivos, favorecem aos banqueiros e penalizam a população. Não. Definitivamente, a política de juros reais positivos não "seguram" a inflação, pelo contrário "realimentam" a inflação. Os juros não são "remédios", mas 'termômetro" da economia. Quando mais instável a economia, mais alto os juros. Que digam os países desenvolvidos.

Tudo pelos bancos. Joaquim Levy do Bradesco pode ser competente para dirigir uma casa bancária mas é incompetente para formular política econômica que leve o Brasil ao caminho do desenvolvimento sustentável.

Ossami Sakamori



8 comentários:

  1. Senhor Sakamori,

    A coisa foi muito mal administrada, então chama um banqueiro e ele resolve.
    Quando o banco precisa de dinheiro AUMENTA TAXAS/tarifas, o povo paga e o banco se salva.
    Quando o governo faz cacaca chama um banqueiro, aí ele SOBE IMPOSTOS, CRIA IMPOSTOS E O POVO PAGA, OS GOVERNANTES SE SALVAM!
    Estou equivocado? Sei não!
    Tá fácil ser ministro...

    ResponderExcluir
  2. Nenhum Min da Economia terá independência para trabalhar no governo Dilma. Ela é manipulada pelo PT, que manipula seus ministros. Eles sabem que o caminho está errado porém, é o que determina a cartilha deles. É só estudar os passos iniciais que transformaram a Venezuela no que é atualmente e entenderemos que, com o tempo, seremos o próximo. Em tempos normais o nome Fachin para Min do STF seria um assombro no entanto, pode ser até aprovado na sabatina no Senado Federal. Concluindo: o PT sabe o que faz; e se o que o PT faz é bom para o Brasil aí é outra estória que a ele não interessa. Pior para nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fachin(petista e amigo de Stédile e a CUT) teve o nome aprovado na CCJ e agora dia 19 próximo tem tudo para sair Min do STF no Plenário do senado Federal pois a votação é secreta. O PT joga sujo. Quando coloca Min do STF ligado ao seu partido, significa que quando quiser pode calar a boca de opositores ao governo e ao PT. desse jeito o PT da Dilma e Lula avança para dominar ainda mais o Brasil. Os brasileiros(as) estão igual mosca quando cai na teia de aranha. Quanto mais se mexe mais se prende. Ainda estamos em tempo de darmos um tranco forte e romper as teias.

      Excluir
  3. Infelizmente essa vaca e o panaca do levy, se estão cagando completamente para com o Brasil e o que pensam deles os brasileiros.
    Só isso.

    ResponderExcluir
  4. O Brasil,de longa data,virou terra de ninguém...

    ResponderExcluir
  5. O PT é mesmo um partido FDP. Em vez de mandar a vaca reduzir os ministerios para 20 ou mesmo 15 a fim de poupar nos impostos dezenas de bilhões de reais mensalmente com tanto despesismo louco, não, pelo contrário, faz ameaças ridiculas.

    "Cunha diz que eventual veto de Dilma a flexibilização de fator previdenciário "vai cair"

    (...)

    Segundo líder do governo na Casa, José Guimarães (PT-CE), o impacto estimado da alteração no fator previdenciário é de 40 bilhões de reais nos próximos 10 anos.

    “Quem paga a conta disso tudo? Temos que fazer uma dicussão mais responsável sobre o futuro da Previdência brasileira”, disse o líder governista.

    (...)"


    http://br.reuters.com/article/topNews/idBRKBN0NZ2CL20150514

    ResponderExcluir
  6. Vou colocar um comentário de um port do Aluizio Amorim. Indico o poste a seguir coloco o muito preocupante comentario. Resumindo: a dilma e as nossas FFAA estão tramando na nossas costas um genocidio com uma bastarda guerra civil.

    "ABANDONADO PELOS SENADORES, DEPUTADOS E PELAS FORÇAS ARMADAS, O POVO BRASILEIRO VÊ A DEMOCRACIA E A LIBERDADE SENDO PISOTEADAS IMPUNEMENTE E PAGA A CONTA DE SUA PRÓPRIA DESGRAÇA.

    Depois da aprovação por 20 a 7 na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, do petista Luiz Edson Fachin para ministro do STF, embora ainda passe pelo crivo do plenário com o voto secreto dos senadores, há uma constatação geral e irrestrita de que o PT conseguiu apodrecer a República, corrompê-la de cima abaixo. E, de forma lamentável, o Congresso Nacional, dominado pelo baixo clero da política brasileira, transformou-se num balcão de negócios. O toma lá dá cá foi institucionalizado pelo PT e é exercitado como uma coisa 'normal", quando deveria ser a exceção punível com rigor e repulsa geral.

    (...)"

    http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2015/05/abandonado-pelos-senadores-deputados-e.html

    "Anônimo disse...
    Sr Aluisio,o grande golpe vai ser dado em junho na covenção petralha e unasul,o apodrecimento de todas as instutuições do Brasil inclusive a forças armadas ,ja vivemos uma ditadura comunista,e vamos ter uma guerra civil,olha esta noticia de hoje 13-05-2015. . MAIS HAITIANOS VINDO AO BRASIL E A IMPRENSA SILENCIANDO...
    SERÁ QUE TÊM CARA DE REFUGIADOS? Texto de Álvaro Rodrigues
    O governo do Acre enviou quatro ônibus com haitianos para o território gaúcho. É a primeira vez que Porto Alegre recebe imigrantes a partir de viagens fretadas pelo poder público. O governo do Rio Grande do Sul alegou não ter sido informado previamente da chegada dos caribenhos.
    No total, deverão ser oito viagens para a capital gaúcha (passando antes por Rio Branco, Porto Velho, Cuiabá, Campo Grande, Curitiba e Florianópolis, onde parte dos haitianos é deixada) e outras 16 viagens até São Paulo. O investimento, fruto de um convênio entre o governo acriano e a União, é de quase R$ 1,2 milhão. Pelo contrato, a empresa vencedora deve oferecer ônibus com ar condicionado, poltronas reclináveis e cortinas, além de alimentação aos passageiros.
    Os imigrantes caribenhos ingressaram ilegalmente no Brasil e estavam num abrigo em Brasileia (AC). Não houve comunicação oficial ao governo do RS sobre o envio previamente. Só depois de uma semana de insistência é que a Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos (SJDH) confirmou a chegada dos estrangeiros.
    Segundo informações, o fretamento de ônibus para levar imigrantes é feito há cerca de um ano e meio, mas que mais de 29 mil já passaram pelo Acre desde o final de 2010.
    ALGO DE MUITO SÉRIO ESTÁ PARA ACONTECER
    Onde estão as famílias destes milhares de invasores haitianos, senegaleses e congoleses? só entra homem em idade militar com físico de militar, corte de cabelo militar? Não entram velhos e nem crianças!!
    Onde estão suas famílias, seus filhos, suas mães e pais, suas namoradas, suas esposas, sobrinhos etc etc. Estão vindo fazer turismo aqui no Brasil? ou estão aqui para integrar forças militares ao lado das FARC, militares Cubanos, Venezuelanos, Bolivianos, Colombianos, MST, MTST, Força Nacional, Comando Vermelho (CV) Comando da Capital (CCP) e outros do mesmo nível de bandidagem, criminalidade e terrorismo? Nunca foi tão facil entrar em Território Brasileiro pois as fronteiras estão escancaradas para o narcotráfico, tráfico de armas de guerra, entrada de criminosos de todos os tipos e nacionalidades. O Brasil virou terra de ninguém ainda mais agora que pelo UNASUL todas as Nações Sul Americanas foram unificadas na "PÁTRIA GRANDE" COMUNISTA e para tal deixam de existir fronteiras e espaço aéreo com o Governo Federal dando todo tipo de apoio (passaporte, cidadania, salario, bolsa família, bolsa invasor, bolsa moradia etc etc) a todos os invasores do nosso Território que virou a Casa da Mãe Joana.

    13 maio, 2015


    ResponderExcluir
  7. O que nossas FA são na dura e atual realidade além de nada produzirem e só darem despesa. São pigmeus morais à frente de governos ávidos de lucro, vantagens, regalias e pior que isso, parceiros de governos estrangeiros, no sinistro processo de desarticulação do Brasil. Mas tem muito mais, mas não eu que o digo. Foi um general como já não se fazem. Hoje é só merda de bolivarianos, situacionistas, covardes, petistas e PC do B.

    "LADEIRA ABAIXO

    No dia 21/07/97, (há escassos dezoito anos...) , o General reformado Tasso Villar de Aquino, publicou um artigo no jornal Tribuna da Imprensa, sob o título: "Parceiros contra o Brasil", iniciando assim: "O Brasil é um país extraordinário (...) pela História repleta de feitos de valor, de bravura, de grandeza..." Continuava com a descrição da geografia, riquezas naturais, posição geopolítica e contribuição para a humanidade. Abaixo segue o resumo do artigo.




    "Tudo isto não nos foi dado de graça. Foi conseguido, foi conquistado (...) Se (o Brasil) esta na humilhante situação atual (...) é por absoluta ausência de governo, em particular a partir do herdado 'governo Sarney', com extremo agravamento desde Collor (...) São pigmeus morais à frente de governos ávidos de lucro, vantagens, regalias e pior que isso, parceiros de governos estrangeiros, no sinistro processo de desarticulação do Brasil."




    "No momento, através do ateu, farsante e narcisista FHC, o Brasil está sendo governado por Kissinger, Bush, McNamara e outros pilantras semelhantes. É a mais sinistra parceria, em que pontificam o Diálogo (Interamericano), Nova Ordem Mundial, Foro de São Paulo, G-7. Vejam o que diz o cínico Kissinger sobre FHC: 'O presidente Cardoso, um filósofo antes de tornar-se um estadista (sic) é um parceiro ideal para erguer as nossas vistas para o cumprimento da histórica promessa das Américas".




    "Como se vê, Kissinger e FHC, parceiros no processo de desarticulação do Brasil, (...) são também mui amigos." E este processo para " o cumprimento da histórica promessa das Américas", a desarticulação e divisão das nações para atuar como um bloco (Unasul) segue exatamente os passos que Yuri Bezmenov detalha em seu vídeo.




    Com uma diferença: o comunismo mudou de cara e associou-se aos laboratórios de engenharia social da nova ordem mundial, ou como dizem agora, a Empresa Global S.A, com seus tentáculos: CFR, ONU e Clubes de poder real (Bilderberger, FMI, Banco Mundial, Reserva Federal, Skull & Bones, Rhodes Schollars...) Fundações e as casas reais britânica, holandesa, sueca. A família real da Inglaterra com laços consanguíneos com outras realezas européias, comanda o espetáculo.




    Os operadores locais, internacionalistas vermelhos, servem e são financiados por estrangeiros que ocupam espaço em nosso território com suas Ongs - CIMI, WWF, Friends of the Earth, CMI e centenas de outras, algumas com nomes e dirigentes nacionais associados a alguma - pagante - instituição financeira ligada ao socialismo fabiano. A mais destacada no Brasil é o MST, que não tem nenhum registro oficial, criada como o foi o Exército Zapatista de Libertação Nacional do México, nos laboratórios de "engenharia social" da monarquia britânica e financiada pelas Ongs a serviço da Casa de Windsor.

    (...)"

    http://montenegroviverdenovo.blogspot.com.br/2015/05/ladeira-abaixo.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+Viverdenovo+(ViVerdeNovo)

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.