Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

terça-feira, 19 de maio de 2015

Dilma compra votos dos senadores e deputados.


No momento, sem perspectiva de comprar votos dos parlamentares mediante pagamento de propina para os parlamentares, que ficou inviável devido a exposição da Operação Lava Jato envolvendo parlamentares da base de apoio, Dilma utiliza as nomeações em cargos do segundo escalão para compra de apoio dos parlamentares.

Dilma Rousseff, PT/RS, nomeou para a tarefa da "compra de votos" dos parlamentares, diante da dificuldade encontrado por falta de propinas para distribuir, o seu vice Michel Temer, PMDB/SP, para a tarefa. Por outro lado, o Michel Temer convocou para auxiliá-lo, o ministro da Aviação Civil Alexandre Padilha, PMDB/RS. Os dois fazem isto com a desenvoltura.

Sem o dinheiro da propina proveniente de ladroagem na Petrobras, no momento, Michel Temer e Alexandre Padilha utilizam-se dos "cargos em comissão" para negociar com os parlamentares o apoio necessários para diversos projetos do governo Dilma, que vão desde a aprovação das medidas de ajustes fiscais que deverão ser votados nos próximos dias às autorizações de despesas duvidosas para programas duvidosos. 

A moeda de troca utilizado pelo Michel Temer e Alexandre Padilha são os 5.467 cargos em comissão de livre nomeação, sem vínculo com o quadro permanente do Executivo. Os cargos denominados DAS, são 5.467 funcionários, não concursados para auxiliar na administração do Poder Executivo, em tese.  Os salários vão de R$ 2.227,85 do nível 1 até R$ 13.974,20 do nível 6. Estes funcionários, muitos "fantasmas", são nomeados pelo Poder Executivo, mas poderão ficar à disposição do Poder Legislativo. Muitos deles "lotados" nos gabinetes dos parlamentares da base de apoio. Isto é a moeda de troca do toma lá, dá cá.

Errata: O nome do ministro da Aviação Civil, que auxilia o Michel Temer nas compras de parlamentares é Eliseu Padilha, não Alexandre Padilha como foi dito por mim nesta matéria. 

Funcionários do Poder Executivo "lotados" nos gabinetes dos parlamentares não obedecem as mesmas regras funcionais dos funcionários do Poder Legislativo. Muitos deles são "fantasmas" ou "laranjas" dos parlamentares. Não raramente são nomeados as "amancebadas" dos  próprios parlamentares, pagas com o dinheiro do contribuinte. Os funcionários que efetivamente trabalham nos gabinetes dos parlamentares que se vendem, são casos raros.

Michel Temer e Alexandre Padilha nada mais são do que mercadores de funcionários DAS que são considerados verdadeiros "aspones" (assessores de porra nenhuma), "laranjas" (que recebem e repassam o dinheiro para os parlamentares) ou "companheiras(os)" (amancebadas ou amancebados) dos próprios. Raramente, os DAS à disposição dos parlamentares são destinados para efetiva prestação de serviços aos poderes da República. 


Michel Temer e Alexandre Padilha oferecem 1, 2, 3 , 4 ou 5 cargos DAS para parlamentares, via liderança dos partidos, para colocar sob "cabrestos" os parlamentares para aprovação dos projetos importantes para o projeto da Dilma presidente. Para os parlamentares novatos, 1 ou 2 cargos DAS. Para os parlamentares de maior peso 4 ou 5 cargos DAS, de salários maiores. Quando os parlamentares viram infiéis tiram os DAS dos mesmos. 

Assim vai aparecendo as Mônicas e Rosemarys da Repúblicas que nada mais são do que as damas de companhias dos figurões. Complemento, poderão ser os "damos de companhia" de conhecidas autoridades. O espantoso é que isto vem sendo praticados ao luz do dia, como acordos "políticos".  Nós contribuintes, que me incluo dentre eles, somos os otários que sustentamos esta pouca vergonha de toma lá, dá cá, com o nosso suado dinheiro. 



Façamos justiças aos parlamentares que não fazem acordos com o Executivo. Portanto, longe de generalizar as práticas mais vergonhosas da política brasileira.

Ossami Sakamori



10 comentários:

  1. Parabens ao Senado da Republica que soube mostrar claramene o quanto sao covardes e anti-democraticos assim como disse um meliante venezuelando que esteve recentemente em visita ao Congresso Brasileiro a convite do INFAMES Lindberg Farias e de Randolfe Rodrigues do PSOL. Esse individuo venezuelano embora seja um elemento pertencente ao foro de Sao Paulo tem toda razao e o Senado acaba de comprovar que sao mesmo e mais ainda, alem de "COVARDES E ANTI-DEMOCRATICOS sao tambem SUBSERVIENTES AO DINHEIRO que mais do que nunca esta comprando coracoes e mentes deles que estao ali so para receber benecies e nao para defender as instituicoes. Sao sim uns pilantras da pior especie e nao merecem nehum respeito ou consideracao. Pra que serve um Senado numa nacao? So para se ajoelhar e dizer amem mesmo que o pais esteja vivendo num caos como o nosso? Mesmo sabendo que esses meliantes petistas so querem o GOLPE a todo custo eles ainda assim se arriscam a ir contra o povo? MISERAVEIS! Espero que o seu troco seja cruel e doloroso. Esses malditos nao tem filhos , pais ou familia nao? Tomara que amarguem o seu arrependimento quando nao houver mais retrocesso para arrependimento. Quem tinha duvidas disso, conhecendo o que e o Senado Brasileiro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E assim o Senado deve receber oa medalha dos maiores TRAIDORES DA PATRIA na clssse politica que ja se tem noticia ao escolher vergonhosamente um defensor de assassinos do MST, um defensor da bigamia, de bandidos e um traidor da Patria que advogou contra o pais enquanto era procurador do Estado do Parana o tal petralha Fachin. Facam bom proveito seus canalhas! Voces se igualam na canalhice, dizendo amem as mensalidades que Dil-ma esta lhes pagando daquilo que nao lhe pertence. E dinheiro nosso, seus corruptos do inferno. Estou falando daqueles 52 canalhas que escolheram o Luiz Edson Fachin para o STF.

      Excluir
  2. Essa compra de Senadores foi para aprovar o indicado petista Fachin para o STF. STF é cargo do Estado Brasileiro, portanto não pode ter conotação ideológica e muito menos beijar as mãos do governo senão não terá isenção para julgar. Estamos mais perto do perfil da Venezuela. O ruim é o Michel Temer(PMDB) fazer o papel de office boy do PT.

    ResponderExcluir
  3. Não vou ser incorreto neste excelente Blog, mas puta que pariu os filhos da puta do michel temer e do alexandre padilha nada mais são do que mercadores de funcionários DAS. Não têm respeito algum com o dinheiro dos contribuintes e o panaca do levy quer mais impostos mas não se importa com este despesismo corrupto.

    ResponderExcluir
  4. Ai eu pergunto: porquê parlamentares que sabem disso não denunciam essa prática nogenta e criminosa?

    ResponderExcluir
  5. E lembremos que estes impostos, pode-se dizer, ninca sao retirados depois de cumprirem sua funcao. Eles dizem que e para suprir um defict orcamentario. Depois de suprido o buraco do rombo, o imposto fica para sempre. Sempre foi assim.

    ResponderExcluir
  6. Incendio na Previ.....Disputa entre o Marcel e a Cecilia já por conta das próximas eleições em 2016. Nenhum presta e os verdadeiros donos da Previ sendo roubados a cada dia mais. Agora vao roubar o dinheiro do seguro de vida poupado durante anos em troca de empréstimo?????????

    ResponderExcluir
  7. Brasil,país de todos os putos(as)...
    Paísinho de corruptos FDP.Tudo é troca de favores e o povo que se f...da.

    ResponderExcluir
  8. Creio que as paredes dos corredores do "congresso" estão cheia de anúncio de classificados de cargos de 1o, 2o, 3o...n escalões. O loteamento de cargos está oficializado e escancarado. Perderam o conceito de decoro parlamentar. Valores éticos e morais estão longe desses vendilhões estelionatários de palanques.

    ResponderExcluir
  9. Quem paga ? Eu, vc, povo brasileiro...e vai continuar assim enquanto tiver aquele que se interessa apenas por ele mesmo e não pelas condições críticas que está vivendo o Brasil. Lamentável

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.