Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sábado, 16 de maio de 2015

PIB deverá retrair 2,5% em 2015.

Palácio da Alvorada. Reunião com Ministros

Segundo release distribuído para a imprensa, a presidente Dilma vai se reunir com os ministros, amanhã, domingo, dia 17, para determinar o corte de R$ 60 bilhões nos gastos do governo federal. Faz parte do plano de ajustes das contas públicas, depois de estouro no ano de 2014, que foi motivo de flexibilização da Lei de Responsabilidade Fiscal.

O fato é que além dos cortes, com o aumento de impostos e contribuições propostas pelas medidas anunciadas, o governo pretende arrecadar R$ 80 bilhões a mais no período de 1 ano. Como o ajuste está sendo votado pelo Congresso Nacional em partes, o ajuste deste ano não deverá passar dos R$ 40 bilhões neste ano. Isto se soma às medidas de cortes de gastos.

Somado o aumento de arrecadação de R$ 40 bilhões mais R$ 60 bilhões de cortes, o ajuste para este ano com as medidas de aumento de impostos e corte de  despesas devem ficar em R$ 100 bilhões. Isto tudo, para Joaquim Levy Bradesco ministro da Fazenda apresentar no final do ano superávit primário de R$ 55 bilhões, que corresponde a aproximadamente 1% do PIB. 

As medidas anunciadas por si só, provoca retração próximo de 2% do PIB. Com desaceleração dos gastos da Petrobras, em função da Operação Lava Jato e dos fornecedores da Companhia, sobretudo os pertencentes ao cartel de ladroagem, haverá retração do PIB, no mínimo em 0,5% do PIB. A retração do PIB, previsto por este blog já em 20 de fevereiro e corrigido em 20 de abril de 2,5% está cada vez mais certo de que venha ocorrer. 

No entanto, como a presidente Dilma tem crise de identidade, não se pode afirmar categoricamente, o que ocorrerá nos próximos 7 meses e meio que resta para fechar o ano de 2015. Boa coisa não virá. Os números poderão ser piores do que previsto por mim.

De princípio, confirmo previsão de retração do PIB em 2,5% para este ano.

Ossami Sakamori




Um comentário:

  1. O Brasil anda para trás e o povinho esperto,especulando em todos os sentidos,tentando se dar bem...

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.