Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Confirmado. HSBC será vendido!

Crédito da imagem: O Estadão

O banco HSBC, em breve comunicado, disse nesta sexta-feira, dia 22, que está "explorando várias opções estratégicas", incluindo a venda de suas operações brasileira. Informa ainda que nenhuma decisão sobre uma transação foi tomada até agora.

O HSBC deve selecionar um comprador preferencial para sua unidade a partir do próximo mês de junho, informou Reuters.  Além do Santander Brasil, também houve interesse do Bradesco, do BTG Pactual, do ICBC (banco chinês) e do Itaú-Unibanco, na aquisição do HSBC Brasil, segundo Reuters.

Quando escrevi matéria em 25 de abril último sob o título : "Bradesco Assumirá HSBC", fui duramente criticado pelos leitores deste. Mais uma vez, as informações fornecidas pela minha fonte, não estavam erradas. Houve sim, um entendimento preliminar da venda do HSBC Brasil para Bradesco, isto houve. Isto é incontestável. Isto está sendo, hoje, confirmado em breve comunicado.

Como não sou dono nem do HSBC e nem do Bradesco, se efetivamente acontecerá o enlace entre HSBC e Bradesco, só eles podem afirmar. Mas, que houve uma conversa no sentido de Bradesco assumir o HSBC, isto é fato que ninguém pode negar.

Está confirmado que HSBC Brasil será vendido! Mais um grupo estrangeiro que deixa o País.

Ossami Sakamori
@SakaSakamori


7 comentários:

  1. 22 DE MAIO DE 2015
    GOVERNO RETOMA O CONTROLE DOS BILHÕES DA VALE
    Sem alarde e utilizando de artifícios marotos, o governo retomou o controle da Cia Vale do Rio Doce, privatizada em 1997. Os fundos de pensão Previ (do Banco do Brasil), Funcef (Caixa) e Petros (Petrobras), além do BNDESpar, controlados pelo Planalto, somam agora 52,5% da mineradora. Isso garante à “cumpanherada” proximidade dos negócios bilionários da Vale. Sem licitações, sem TCU e sem MPF por perto.

    EMPRESA LARANJA
    Para disfarçar os investimentos na Vale, os fundos criaram uma empresa, Litel, da qual a Previ tem 78,4% das ações.

    PÉS FRIOS
    Após retomada da empresa, uma das mais rentáveis do mundo, a Vale viu agravada a crise da desvalorização do minério de ferro.

    DISFARÇA, DISFARÇA
    Para assumir o controle da Vale, os fundos investiram mais do que a lei autoriza, e agora tentam “desenquadramento” para fugir da ilegalidade.

    FECHANDO OS OLHOS
    O ministro Carlos Gabas (Previdência) pressiona a Previc, que fiscaliza fundos de pensão, a “buscar uma solução” para não puni-los.

    Fonte: www.diariodopoder.com.br

    ResponderExcluir
  2. Interessante! E por coincidência o Min da Economia é um banqueiro do Bradesco. Se bem que eles são santos. Se houver negociata, Dilma Dirá: "Nu meu guvernu, não."

    ResponderExcluir
  3. Compro0vadamente que dilma é mkesmo corrupta pra caramba além de ser ladra, pois teve medo que se o sigilo bancário do BNDES caisse, ela e lula iriam presos.

    "Dilma veta fim do sigilo das operações do BNDES

    Medida estava prevista em lei aprovada na Câmara e no Senado.
    Divulgação feriria sigilos bancários, justificou a presidente.

    A presidente Dilma Rousseff vetou nesta sexta-feira (22) o fim do sigilo das operações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A medida fazia parte do projeto de lei que garante crédito de até R$ 30 bilhões ao banco, aprovado na Câmara e no Senado.

    O artigo vetado afirmava que "não poderá ser alegado sigilo ou definidas como secretas as operações de apoio financeiro do BNDES, ou de suas subsidiárias, qualquer que seja o beneficiário ou interessado, direta ou indiretamente, incluindo nações estrangeiras".

    Atualmente, o banco pode se recusar a fornecer informações sob o argumento de que o contrato contém cláusula de sigilo.

    (...)"

    http://g1.globo.com/economia/noticia/2015/05/dilma-veta-fim-do-sigilo-das-operacoes-do-bndes.html

    ResponderExcluir
  4. O país Brasil nunca foi sério.
    Desde sua descoberta a estruturação foi feita no sentido de favorecer interesses pessoais de grupos interessados em se locupletar à custa do próximo (povo).Nunca houver e nem haverá gente honesta no poder.Veja a situação atual,onde ninguém quer mais investir por aqui (NEM OS AGIOTAS INTERNACIONAIS).Não há lei,não há ordem,não há comprometimento e só larápios que fazem leis e se blindam,roubando LEGALMENTE e usando os poderes para destruir o povo e os recursos naturais,que são entregues na bandeja para os bandidos daqui e de fora.
    Os ladrões são chamados de excelência,a corrupção substituiu a vergonha na cara e a nova personalidade do brasileiro é a própria corrupção.É vergonhoso ser honesto por aqui.Todo mundo quer se dar bem em tudo.Paísinho de última categoria,fadado a ser um Haiti.Não temos tecnologia,nem educação,nem cultura,nem segurança,nem saúde e temos ladrões blindados a quem temos que chamar de excelência,por ABSOLUTA FALTA DE OPÇÕES. País de m ...

    ResponderExcluir
  5. Essa da dilma vetar a quebra do sigilo de contratos internacionais que ela e lula fizeram através do BNDES, só revela que está apavorada!
    Um presidente que tem medo que a justiça e o Senado tenham acesso a contratos internacuonais que não podem ter segredos por força da Constitução, é corrupto, vigarista, no minimo!

    ResponderExcluir
  6. Quando vc fala a Bruxa todo mundo sabe quem é. Quando vc fala o cachaceiro idem. Porém, quando vc fala o ladrão fica difícil definir pela enorme quantidade.
    Ali Babá tinha 40 e agora? 51? Aí já é uma boa idéia e volta para o cachaceiro. Deve ser drurys e nem se campari

    ResponderExcluir

  7. Quando instituições e/ou empresas multinacionais perdem o interesse por determinado país, não é por acaso.

    Ainda mais no presente caso, com o escândalo recente, onde vários brasileiros estariam listados, devem ter feito contas, considerações e definiram que não valeria a pena continuar.

    Mais uma conquista do governo petista.

    E, com certeza, não será o ultimo a nos deixar.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.