Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Brasil Ltda está falida.


Considerações iniciais. Os números que envolvem o País é fantástico. Para leigos o volume de dinheiro é tão grande que foge de uma avaliação. Somente economistas e especialistas em finanças públicas tem noção exata do que acontece no País. Este fato tem facilitado os sucessivos governos a mentirem para a população. Se não são mentiras, as omissões levam a população ao erro de avaliação sobre o desempenho de cada governo.

Para facilitar o entendimento. Resolvi, para melhor compreensão do tamanho da encrenca que o Brasil se meteu, vou apresentar o governo federal como Brasil S.A. "cortando 6 zeros" nos volumes financeiros e vou chamar o mesmo País de Brasil Ltda. Como os números mudam a cada dia, vou considerar valores aproximados, sem o rigor de uma análise econômica mais apurada. Também, para facilitar a compreensão, vou utilizar o valor de dólar equivalente a R$ 3,00, onde o dinheiro está em dólares.

Receita do Brasil Ltda. Vamos considerar que o Brasil como país movimenta cerca de R$ 5,5 milhões ao ano ou R$ 5.500.000,00, cortando 6 zeros. O Brasil Ltda., que estou considerando o governo federal, fatura R$ 1,2 milhão ou R$ 1.200.000,00, cortando 6 zeros, ao ano. Com este dinheiro que o Brasil Ltda. paga os seus gastos para manter a máquina do governo. Isto é o que o governo federal arrecada com os impostos e contribuições.

Onde gasta a receita. Com o faturamento, em impostos, que o Brasil Ltda. paga o custeio do governo, os gastos na área de educação, saúde e segurança pública. Estão incluídos nestes gastos, o R$ 1,2 milhão, as despesas para manutenção de universidades, SUS, Forças Armadas, gastos com 39 ministérios e além de gastos da presidência da República. Repito o número. O Brasil Ltda. que é governo federal, pretende gastar este ano R$ 1.200.000,00, cortando 6 zeros. O número é impressionante. Sem cortar os 6 zeros, o Brasil Ltda. gasta R$ 1.200.000.000.000,00 (um trilhão e duzentos bilhões de reais)!

O gasto com juros. Cortando 6 zeros, dos R$ 1.200.000,00 o Brasil Ltda., gasta grosso modo, cerca de R$ 50.000,00 para manutenção do SUS ou R$ 100.000,00 para gastos na área de educação. Por outro lado, o governo Dilma, cortando os 6 zeros, o Brasil Ltda. promete economizar R$ 50.000,00 para pagamento de parte dos juros. Eu disse, pagamento de parte de juros. Este parte de juros, equivale ao gastos com o SUS ou equivale a 50% dos gastos na área de educação.

Dívida bruta. O Brasil Ltda. tem dívida bruta de cerca de R$ 4,2 milhões ou R$ 4.200.000,00, cortando 6 zeros. Nesta dívida total inclui, a dívida em real e dívida em dólar. Inclui, também, a dívida do Banco Central, que o governo federal não computa como dívida do governo. Eu disse que o Brasil Ltda. fatura, em impostos e contribuições, R$ 1.200.000,00, cortando 6 zeros. Significa que se o Brasil Ltda. deve 3 vezes e meio o valor da arrecadação. Como o Joaquim Levy promete pagar apenas R$ 50.000,00, cortando 6 zeros, o Brasil Ltda. levaria 84 anos para zerar a dívida bruta

Dívida líquida. Descontando o dinheiro deixado nos EEUU, conhecido como reserva cambial, cerca de R$ 1.110.000,00 (equivalente a US$ 370 bilhões, sem cortar os zeros), descontando o dinheiro que tem para receber do BNDES R$ 460.000,00, cortando 6 zeros e descontando o dívida do Banco Central o Brasil Ltda. deve líquido R$ 2.400.000,00, cortando 6 zeros. Mesmo assim, o Brasil Ltda. da Dilma que promete pagar de parte dos juros como meta de R$ 50.000,00 cortando 6 zeros, levaria 48 anos para zerar a dívida líquida.

Fazendo saldo médio. O Brasil Ltda. para manter a credibilidade no mercado internacional, para manter a classificação de "grau de investimentos", deixa depositado nos EEUU, R$ 1.110.000,00 (equivalente a US$ 370 bilhões), quase igual a tudo que fatura de impostos no ano todo, recebendo juros pífios de 0,25% ao ano. É uma conta de maluco, porque o Brasil Ltda. para manter os depósitos nos EEUU, recebendo os fios 0,25% ao ano, mas paga para os agiotas banqueiros juros de 13,25% ao ano.

Coisa de doida! O Brasil Ltda. paga 13,25% ao ano de juros para os agiotas banqueiros para manter e mantém o saldo de dólares nos EEUU, recebendo 0,25% ao ano. Descontado inflação, o Brasil Ltda. paga a taxa básica de juros reais, a maior do mercado financeiro internacional, deixando apenas Turquia para trás. Com taxa básica de juros de 13,25% ao ano, e juros reais de R$ 5% ao ano, para manter o saldo da dívida nos mesmos níveis do ano anterior, já descontado inflação é de R$ 210.000,00, cortando 6 zeros. Assim sendo, o "superávit primário" prometido pelo Joaquim Levy não dá nem pró cheiro!

Ajustes fiscais. Se todas medidas dos ajustes fiscais forem aprovados daria arrecadação bruta de R$ 80.000,00, cortando 6 zeros. O tal "superávit primário" que Joaquim Levy promete será coberto, em tese, com o aumento de arrecadação do Brasil Ltda. com ajustes das medidas Levy para compensar as medidas "anti-cíclicas" do governo petista nos 12 anos. Joaquim Levy pretende com os ajustes fiscais, pelo menos fazer sobrar dinheiro para pagar os R$ 50.000,00, cortando 6 zeros. 

A verdade. Resumindo, o Brasil Ltda. tem dívida bruta de R$ 4,2 trilhões dívida líquida de R$ 2,4 trilhões e arrecada R$ 1,2 trilhão ao ano. Joaquim Levy quer economizar R$ 50 bilhões para pagamento da parte dos juros. O ajuste do plano Levy vai custar aos contribuintes cerca de R$ 80 bilhões. Na iniciativa privada, esta situação se configura como "falência" ou tecnicamente falando, à caminho da "recuperação judicial". 


Brasil Ltda está falida!

Ossami Sakamori





11 comentários:

  1. Estou chocado com sua explicação. Estamos mesmo falidos. E porque razão levy não corta com 20 ou ministérios em vez de lançar mais impostos sobre o brasileiro? Isso não seria um otimo ajuste do plano de "reajuste"?

    ResponderExcluir
  2. Isso quer dizer.. analfabeticamente que:
    1 - Devemos muito. R$2,4 tri (na melhor das hipóteses) ;
    2 - Só recebemos R$ 1,2 tri (na melhor das hipóteses);
    3 - Pagamos 13,25% para receber 0,25% e manter o status lá fora;
    4 - Vamos ser "ajustados" em 80bi;
    5 - Levy quer usar 50 desses 80...
    6 - Levamos 48 anos pra pagar a dívida (na melhor das hipóteses);
    7 - Já estamos falidos;
    8 - O chicote continua estalando em nossas costas? É isso que entendi?

    ResponderExcluir
  3. @SakaSakamori >>> Reservas BRASILEIRAS d nióbio se explorada, tira-nos do atoleiro.
    Isso após a vaca ir pro brejo.

    ResponderExcluir
  4. @SakaSakamori >>> Reservas BRASILEIRAS d nióbio se explorada, tira-nos do atoleiro.
    Isso após a vaca ir pro brejo.

    ResponderExcluir

  5. Brasil, mais quebrado que arroz de terceira...

    ResponderExcluir
  6. dilma é uma criminosa! Derrubopu nossa economia. Falta saber quantos bilhões de reais roubou só do DRU, sem controlo do TCU por ordem do Senado. Fora da PTrobras.
    Mas tem mais, pois também é traidora e trabalha com os espiões cubanos e venezuelanos. Não acredita? Veja aqui:

    "DILMA, OS ESPIÕES CUBANOS E UM LIVRO MUITO ESTRANHO.

    Um livro dos jornalistas uruguaios Andrés Danza e Ernesto Tulbovitz revela que a presidente Dilma Rousseff interveio diretamente para punir o Paraguai depois que o congresso do país votou pelo impeachment do presidente Fernando Lugo, em 22 de junho de 2012.

    (...)

    O trecho abaixo, contido no livro Uma Ovelha Negra no Poder, foi publicado no semanário Busqueda, do qual Danza, um dos autores da obra, é diretor de redação:

    Quando Lugo foi destituído pelo Senado paraguaio e antes que se celebrasse a cúpula do Mercosul para resolver as sanções, uma das pessoas de maior confiança de Mujica recebeu uma chamada de Marco Aurelio García, mão direita de Dilma.

    "Dilma quer transmitir uma mensagem muito importante para o presidente Mujica", disse o funcionário brasileiro em uma mistura de português e espanhol.

    "Não tem problema, vamos estabelecer uma comunicação entre os dois presidentes", foi a resposta do uruguaio.

    "Não, não pode haver comunicação nem por telefone, nem por email. É pessoalmente", argumentou o brasileiro.

    Um encontro tão fugaz e repentino entre presidentes levantaria suspeitas, motivo pelo qual o governo brasileiro resolveu enviar um avião a Montevidéu para transportar o emissário de Mujica à residência de Dilma, em Brasília.

    Assim foi feito, e quando uruguaio chegou, Dilma estava lhe esperando em seu escritório. A conversa formal sobre questões gerais durou apenas poucos minutos porque não havia muito tempo.

    "Vamos ao que interessa", interrompeu Dilma e o emissário tomou uma caderneta e começou a anotar o que a presidente brasileira informava. "Sem anotações", disse ela e fez com que ele rasgasse o papel. "Esta reunião nunca existiu".

    Durante a conversa, Dilma mostrou a ele fotos, gravações e informes dos serviços de inteligência brasileiros, venezuelanos e cubanos, que registravam como foi gestado um "golpe de estado" contra Lugo por um grupo de "mafiosos" que, a partir da queda do presidente, assumiram o poder. "O Brasil necessita que o Paraguai fique de fora do Mercosul para, dessa forma, acelerar as eleições no país", concluiu Dilma.

    Na semana seguinte, no início do julho de 2012, todos os presidentes do Mercosul votavam, em uma cúpula na cidade argentina de Mendoza, a suspensão do Paraguai.

    A Constituição Federal não deixa dúvidas. Em seu artigo 4°, estão previstos os princípios da política internacional brasileira, entre eles a autodeterminação dos povos e a não-intervenção. Esses valores são evocados como um mantra inclusive para justificar a apatia do governo petista frente a violações de direitos humanos em países admirados pelo partido, como Cuba e Venezuela. Se a revelação feita pelo livro estiver correta, Dilma não se sentiu constrangida em usar informações levantadas pelos espiões desses países para intervir numa questão doméstica do Paraguai.A Constituição Federal não deixa dúvidas. Em seu artigo 4°, estão previstos os princípios da política internacional brasileira, entre eles a autodeterminação dos povos e a não-intervenção.

    (...)"

    http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2015/05/dilma-os-espioes-cubanos-e-um-livro.html

    ResponderExcluir
  7. O Brasil faliu,o povo não viu,o governo(que governo?)se fez de morto e o povo brasileiro foi para PQP...

    ResponderExcluir
  8. Falido estamos, falido continuamos. O interesse politico matou a NAÇĀO BRASILEIRA. Estamos mesmo sem saida. Ñ vou me iludir, na situaçāo que nos encontramos, quem vai tomar conta do Brasil sāo os agiotas

    ResponderExcluir
  9. Falido estamos, falido continuamos. O interesse politico matou a NAÇĀO BRASILEIRA. Estamos mesmo sem saida. Ñ vou me iludir, na situaçāo que nos encontramos, quem vai tomar conta do Brasil sāo os agiotas

    ResponderExcluir
  10. Nós temos que reagir! Somos muito pacíficos. Tem hora que devemos tomar uma decisão: ou amputa-se uma perna gangrenada ou morre-se o corpo todo. Renan Calheiros já costurou com Dilma a aprovação do nome de Fachin para Min do STF. Fachin é petista e bem amigo do Stédile(MST). É tão radical que nem Lula o aceitou como Min do STF. É muita cara de pau: Renan Calheiros(Pmdb), Eduardo Cunha(Pmdb), Michel Temer(Pmdb), José Serra(Psdb), FHC(Psdb), Geraldo Ackimin(Psdb)....todos juntos com o PT? É um joguinho de faz de contas! Debocham quando aprovam medidas de arrocho à população, msmo sob panelaços e apitaços. Desse jeito a marcha para Brasília não dará em nada pois Eduardo Cunha não é sincero, só finge que é oposição! E Aécio Neves terá que decidir: ou segue FHC, Serra e Alckmin(todos petistas) ou enfrenta sem o aval do Psdb um pedido de impeachment da Dilma. E nós, a população? Temos que reagir enquanto é tempo.

    ResponderExcluir
  11. Só uma revolução armada para conter essa palhaçada disfarçada de democracia,onde os ditadores deitam e rolam e fazem o que querem.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.