Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

domingo, 2 de novembro de 2014

Impeachment da Dilma é dado como certo!


Dia 31, antes de ontem, segundo Estadão, a multinacional japonesa Toyo Setal e o seu representante Júlio Camargo, resolveram fazer "delação premiada" no caso já conhecido como "petrolão".  O advogado de defesa da empresa e do seu executivo Antonio Pitombo subestabeleceu a procuração para a advogada Beatriz Catta Preta, a mesma que fez o acordo de "delação premiada" do Paulo Roberto Costa.

A empresa foi apontada por Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras, dentro do acordo de "delação premiada", no interrogatório na Justiça Federal como integrante do cartel de empresas que se apossou dos contratos R$ bilionários da Petrobras.

A Toyo Setal e o seu diretor Julio Camargo foram apontados pelo doleiro Alberto Youssef, também, dentro do acordo de "delação premiada" como sendo integrantes do conluio entre 13 grandes empresas e os diretores da Petrobras. 

Na condição de ter sido dono de empreiteira, na década de 1980, é fácil de entender o que se denomina de cartel de empreiteiros e a relação "incestuosa" entre o cartel e as empresas públicas contratantes. A relação é como uma simbiose entre o cartel e os agentes públicos. Os tempos passam, mas só mudam as pessoas e os números. Não tem nenhum anjo nessas histórias.

O presidente Collor só caiu no meio do governo, porque tal qual os governos do Lula e da Dilma, "exigiu" propinas cada vez mais "fora do padrão". Guarda uma certa semelhança entre os dois governos, o do Collor e o da Dilma. Os próprios membros do cartel, "não aguentaram" mais o tamanho da "exigência" das propinas. Segundo o próprio Paulo Roberto da Costa, as propinas eram de 3% sobre o faturamento da obra. 

Tanta "exigência" para poder continuar participando de obras federais, isto é propina de 3% sobre o valor da obra, está colocando em risco a própria sobrevivência das empresas. As empresas trabalham com margem líquida, após o pagamento de todos os impostos pouco mais de 3% do faturamento bruto. Para empresas é como ter Dilma e seus companheiros como sócios ocultos "meio a meio".

Pensam os empresários cartelizados, já que a Dilma e seus companheiros querem assim, vai ter o troco, pensam. Eles , os empreiteiros vão botar "m..." no ventilador! Tenho certeza absoluta de que os empresários do cartel não vão comer "m..." sozinhos. Vão levar os chefes da "facção criminosa", o Lula e Dilma juntos. Vão repetir o que aconteceu com o Collor. Só vão esperar os novos parlamentares tomarem posse, para não interromper o processo de "impeachment", no meio do caminho. 


Impeachment da Dilma é dado como certo!

Ossami Sakamori




14 comentários:

  1. Tenho fé e esperança no impeachment. tenho fé em uma oposição do PMDB e ferrenha por parte do PSDB,é só minha fé, mas preciso crer para continuar combatendo o Foro de SP. Torcendo para Michel Temer querer ser presidente em 2015.

    ResponderExcluir
  2. Na verdade a inapta Dilma nem candidata poderia ser, com tantas denuncias aparecendo citando nome e sobrenome, como sendo os chefes da quadrilha. Se é nos EUA, Japão, Europa já teriam ido para guantanamo por uma penca de crimes contra patria.

    ResponderExcluir
  3. Que assim seja. E que seja breve!

    ResponderExcluir
  4. FINALMENTE O BRASILEIRO ESTA ACORDANDO, ACORDANDO DE UMA LETARGIA DE 12 ANOS, ONDE O PAIZ ESTA SENDO VILIPENDIADO,EXTROPIADO E ROUBADO POR VERDADEIROS LADRÕES,ASSALTANTES DE BANCOS E SEQUESTRADORES, FICHADOS NA INTERPOL, E SÓ NÃO SENDO PRESOS POR ESTAREM SE ACOBERTANDO NA POLITICA BRASILEIRA. E POR MEIO DO ENGODO DA CESTA BASICA SE MANTEM NO PODER. CHEGOU A HORA, DE DAR UM BASTA, E RESGATAR CREDIBILIDADE QUE O PAIZ POSSUIA NO AMBITO INTERNACIONAL.

    ResponderExcluir
  5. Passou da hora dessa vergonha,conhecida no mundo todo,acabar.
    Gentalha.
    E o Lula,quer de novo o Lulalá,já para daque 4 anos.
    Não querem largar mais o osso.
    País de militares melancias,comprados,para agir contra o povo,a favor dos malditos vermelhos.
    Foro de São Paulo:mais um motivo para o brasileiro se envergonhar desses PTralhas.
    Será preciso derramamento de sangue para acabar com essa maldição?

    ResponderExcluir
  6. A maior prova de que os PTralhas não querem sair do poder é que o famoso exu de 9 dedos,que estava oculto,como faz o demonio,quando lhe convém,agora está mostrando a cara e já começando a campanha para voltar ao Planalto,como Ladrão Oficial do Brasil,em 2018.
    Vá ter cara de pau assim na PQP...

    ResponderExcluir
  7. O sonho de todo brasileiro que conhece o que é o comunismo, é a saida dessa mulher do governo. Dissimulada, sínica, cara de pau, não serve nem para síndica de prédio.Tenho Fé que Deus irá nos livrar dela.

    ResponderExcluir
  8. Se o maldito advogado do PT toffoli se recusa a deixar conferir o apuramento final das urnas, como pode haver impeachment? Vai tudo contnuar na mesma mais os nossos generais bolivarianos ao serviço do Foro de São Paulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para um Impeachment haveríamos de ter um número muito grande dentro do Congresso ao lado do povo, sem isso, não vejo como conseguiríamos.

      Excluir
  9. Vem por ai a guerra civil!

    "O vice de Maduro veio ao Brasil sem aviso diplomático e assina acordo para criar e treinar milícias do MST. DEM exige explicações de Dilma.

    Elias Jaura, um dos vice-presidentes da Venezuela, desde setembro responsável pela relação do governo de Nicolás Maduro com as comunas e os movimentos populares, inclusive a organização de milícias populares – depois de ter deixado a Chancelaria venezuelana – ele também é ministro de Nicolás Maduro. Foi nesta qualidade que o ministro assinou, há dois dias, acordos com lideranças do Movimento Sem Terra nas áreas de “treinamento, organização e conscientização do povo”.

    (...)

    . Há o óbvio temor de que o governo venezuelano treine arme o MST para enfrentamentos armados, inclusive em áreas urbanas, infiltrando-se em manifestações de rua e junto aos setores que se manifestam contra Dilma. Na Venezuela, as milícias de Jaua matam os adversários.

    (...)"

    http://polibiobraga.blogspot.com.br/2014/11/o-vice-de-maduro-veio-ao-brasil-sem.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+JornalistaPolibioBraga+(Jornalista+Polibio+Braga)

    ResponderExcluir
  10. Com certeza estamos sem saída e sem solução.
    Povo sem futuro.
    Brasil combalido.
    Brasil comunista.

    ResponderExcluir
  11. Cobrarem propina de 3% sobre o valor da obra, quando essas empresas trabalham com margem líquida, após o pagamento de todos os impostos pouco mais de 3% do faturamento bruto, è extremamente vergonhoso!

    Como pode essa corrupta vaca bulgara e o nove dedos terem coragem para manterem essa propina?

    Dois maiores ladrões desta republica.

    ResponderExcluir
  12. https://petitions.whitehouse.gov/petition/position-yourself-against-bolivarian-communist-expansion-brazil-promoted-administration-dilma/V2Y8Dpqm

    ResponderExcluir
  13. Não acredito que isso vá acontecer porque centenas ou milhares de brasileiros aceitam a corrupção como um ato normal dos governantes, contanto que ficticiamente lhes proporcione algum bem. Acho que roubar agora faz parte do dicionário das pessoas que recebem benefícios, e elas vão defender sua tropa com todas as armas. Sinto dizer que tardiamente resolvemos fazer alguma coisa, e concordo com o General Figueiredo, para retomar o Brasil das mãos dos bandidos, muito sangue vai correr, infelizmente. Nessas horas que vamos ver se temos herois ou bandidos no Congresso........pago para ver, mas luto pela Liberdade

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.