Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sábado, 1 de novembro de 2014

Dilma divide o País!


Hoje vou enveredar num terreno pantanoso. Vou me meter na área que não consigo entender. Foi assim, desde época do golpe militar de 1964. Refiro-me à luta "ideológica". Tudo isto é uma grande bobagem. 

Para mim, já com 70 anos nas costas, "ideologia" sempre foi utilizado para "dominação" do poder pelos que nunca estiveram "filosoficamente" afinado com a "ideologia" que pregava. Assim foi com Stalin, com Hitler, com Kruschev, Mussolini e militares do império nipônico. O "poder" esteve sempre acima da "ideologia". 

No Brasil não foi diferente, os militares tomaram o poder em nome de "ideologia" de direita, mas que, no fundo no fundo queriam mandar no País, em "defesa" da população contra regime comunista que supostamente iria instalar no País. Ficou no poder por 20 longos anos em regime de exceção.

Alguns grupos com "ideologia" que se dizia "comunista" queria implantar o regime no País, supostamente para "livrar" o Brasil dos militares que estavam a mando dos americanos.  Foi exatamente, desta turma que saiu a atual presidente Dilma. Dilma, uma burguesa, que se meteu no meio dos supostos simpatizantes do regime "comunista". 

Dizem os "intelectuais" de que a Dilma prega "ideologia" do socialismo bolivariano. Dizem que a Dilma e Lula seguem os preceitos do "Foro de São Paulo". Isto é coisa do cientista político Olavo de Carvalho. Nada tão atrasado pensar que a Dilma e Lula tem alguma "ideologia". Estão redondamente enganados os que pensam e pregam assim. Lula e Dilma são apenas bandidos. 

Para começar, o Lula é um sindicalista "bom de bico", com qualidade que nenhum outro tem, de saber levar mensagem para os analfabetos funcionais. Isto ele tem. Lula fez carreira de sindicalista sendo "pelego" das montadoras de automóveis. Orientado pelo José Dirceu do PT, tornou-se presidente da República, pregando suposta "ideologia" da esquerda. 

A suposta "ideologia" da esquerda socialista abandonou no primeiro dia do seu mandato. Lula nomeou para o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, banqueiro de "ideologia" da direita, do livre mercado. Governou o País como todos os presidentes que o precederam. Pintou e bordou. Governou com compra de apoio dos parlamentares que culminou em "mensalão". 

A Dilma não tem "ideologia" nenhuma. De família burguês que se imigrou da Bulgária, na juventude se meteu como terrorista contra o regime militar, em nome da suposta "ideologia" comunista. No Rio Grande do Sul, filiou-se ao PDT e fez carreira política na área executiva do governo do Rio Grande do Sul, seguindo estrita regras da "direita". 

Dilma fez discurso na campanha, jogando os ricos contra os pobres, os negros contra brancos, os nordestinos contra os sulinos. Dilma pregou ódio para vencer eleições. Por outro lado, ameaça com "participação popular" do Nicolás Maduro. Isto tudo para angariar apoio da massa para permanecer no poder. É colchão de seguro diante de tantas denúncias que estão pipocando na imprensa. 

O Lula e Dilma querem permanecer no poder para continuar praticando falcatruas para benefícios financeiros próprios. Os dois fazem parte da "facção criminosa" que tomou conta do Palácio do Planalto. A pregação da "ideologia" bolivariana é apenas pano de fundo para conquistar o "apoio popular" para tentar evitar um eventual "impeachment" por conta do "petrolão".  Dilma joga pesado e sujo!

Não confundam alhos com bugalhos. Vocês me fazem rir. Dizer que Lula e Dilma tem alguma "ideologia" é muito para minha cabeça. Lula e Dilma são apenas chefes da "facção criminosa" que tomou conta do Palácio do Planalto e não largam o poder para não perderem a rende de R$ 10 bilhões anuais subtraído dos cofres públicos. 

Dilma não tem "ideologia nenhuma", apenas chefe da "facção criminosa". 

Ossami Sakamori

8 comentários:

  1. Ah, Prof., quando que os brasileiros ingênuos conseguirão ter acesso a informação no nível que traz aqui em seu blog, e condições de ler e entender? E os brasileiros que não são ingênuos, que são oportunistas pegando p/ si uma parte do bolo (migalhas caídas da mesa da facção), quando terão um tiquinho de moral e caráter?? Aurora

    ResponderExcluir
  2. Corrupção nesse país existe há décadas.Mas nunca vi um partido tão sujo,usando os pobres,dividindo as classes e impedindo o crescimento do país.O PT venceu.

    Eu não acredito mais no Brasil.

    ResponderExcluir
  3. Sr Sakamori, sugiro que estude o foro de são paulo. É de lá que saem as diretrizes para a américa latina. Os países alinhados IDEOLOGICAMENTE ao comunismo estão afundando seus países. Quando o sr escreve que os omilitares em 64 tomaram o Brasil pelas forças de direita e não reconhece que estávamos quase à mercê do comunismo então hoje não pode reclamar de nada porque Dilma era guerrilheira e recebia treinamento de países comunistas(não só ela) e hoje como Presidente do Brasil, o que ela faz? trouxe a Democracia que pregava? Não. Está implantando o comunismo. Já estamos em uma ditadura de esquerda. Agora os militares das FA estão quietos. Os civis não reconhecem o trabalho que é derrubar o comunismo! Daquí há alguns anos o sr vai finalmente aceitar que o PT tem ideologia comunista, só que será tarde para reagirmos.

    ResponderExcluir
  4. O país Brasil não existe mais há 50 anos (ou muito mais tempo).
    Nossos políticos corrupos e militares melancia entregaram o país a quem deu mais vantagem para eles.
    Independentemente de ideologias,a corrupção é nossa marca registrada.
    Somos campeões mundiais nisso e o Brasil é o ninho dos corvos (isso desde 22 de abril de 1500).
    Somos simples ponta do iceberg do lixo que aqui aportou há 5 séculos.

    ResponderExcluir
  5. Respondendo ao comentário feito por um leitor via Google, questionando o porque não fiz estas denúncias antes, só queria dizer que o autor deste, já fez mais de 1.400 matérias contra os "malfeitos" da presidente Dilma através deste blog.

    As matérias estão disponíveis neste blog, cronologicamente, desde 15 de fevereiro de 2012.

    O autor desta matéria vem fazendo oposição sistemática desde a época que a presidente Dilma gozava de 77% da popularidade. É uma pena que alguns leitores, preferem fazer críticas "contextualizadas".

    Procuro trazer neste blog, críticas que a grande imprensa deixa de fazê-la. Em muitas matérias, arrisco-me a sofrer processos de calúnia ou difamação. Costumo usar palavras e frases contundentes.

    Lembrando mais uma vez que as opiniões postadas aqui e não deletadas por mim, respondo solidariamente perante a Justiça. No entanto, não as deleto por acreditar na "livre expressão" de ideias.

    Ossami Sakamori

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Professor.

      Se tivéssemos 1% dos que se dizem brasileiros,com sua coragem e altivez,quiçá esse país tivesse tomado outro rumo e não seria Brasília chamada de Eveready (pilha de gatos),um país que envergonha a comunidade internacional,por tantos desmandos contra o povo e ninguém tem coragem de falar (só de criticar que fala).
      Parabéns por ser nipo-descendente e não descendente dos bandidos que aqui aportaram há 500 anos,deixando esse legado podre,que chamamos de pátria (vergonhosamente,diga-se de passagem).

      Excluir
  6. Os comunistas Lula/Dilma roubam justamente porque a ideologia comunista é a prática do saque aos cofres públicos, porque todo radical de esquerda acha que leis e a democracia são conceitos burgueses, e só o partido que está acima do bem e do mal.
    Acredito que eles tem sim ideologia, que como disse, é a ideologia comunista, volto a repetir para reforçar que em toda a história comunista, o roubo, o saque, o assassinato sempre foram práticas usadas para a implantação das ditaduras marxistas.

    ResponderExcluir
  7. O senhor tudo quanto escreve è de uma pureza só possível de um samurai. Gosto do seu Blog. Sinto-me bem em o ler. Talvex por ser um nipo-descendente. Bem o contrário de outros blogs com boa informação, mas a escrita e sua lucidez transmitida não se comparam com a do seu Blog.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.