Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

segunda-feira, 19 de março de 2018

Intervenção federal do Rio receberá R$ 1 bilhão!


A intervenção federal vai receber mínimo de R$ 1 bilhão em investimentos na área de segurança pública, segundo Palácio do Planalto. A verba será destinada ao recém criado Ministério da Segurança Pública cujo titular é o ministro Raul Jungmann. Para ficar dentro do Orçamento Fiscal de 2018, limitado pela Emenda do teto dos gastos, o dinheiro virá de cortes em outras rubricas do Orçamento. 

Em outra matéria, eu tinha afirmado que não haveria almoço grátis referindo à intervenção federal na área de segurança pública no Rio de Janeiro.  Pois, a conta está vindo agora.

O presidente Temer, com vistas à sua reeleição, aposta no sucesso da intervenção federal no Rio de Janeiro.  Bom para o povo carioca e ruim para o contribuinte que verá raspada verbas de outros ministérios, tão essenciais quanto à intervenção federal no Rio de Janeiro. 

A providência está vindo à reboque do episódio de execução da vereadora do PSOL, da cidade de Rio de Janeiro, nessa última semana. O assunto ganhou repercussão internacional e o presidente Temer não quer passar como presidente medíocre. Os fatos tem empurrado Michel Temer a tomar atitudes para que sua popularidade não chegue  no  chão. No momento, a aceitação do presidente, entre bom e ótimo não passa dos 6% em todas pesquisas. 

Intervenção federal do Rio receberá R$ 1 bilhão!

Ossami Sakamori

6 comentários:

  1. Acontece que esse 1 Bilhão não resolverá nem a crise de segurança no Rio de Janeiro e nem a possibilidade que Lula se reeleja. Ajudará, no entanto, que o dinheiro que poderia ser destinado às operações da Polícia Federal seja concentrado na intervenção, e com isso a interrupção do combate à corrupção, que interessa a Temer mais do que resolver a questão da segurança no Rio ou em qualquer outro estado.

    ResponderExcluir
  2. Temos duas Grandes Facções Criminosas no Brasil! A Máquina Pública e a das Drogas Lícitas e Ilícitas! Eliminando as duas, o Brasil melhora!! Hahahah...

    ResponderExcluir
  3. A desembargadora Marília Neves, do Tribunal de Justiça do Rio, disse que não está arrependida de ter feito um comentário afirmando que a vereadora Marielle foi eleita pelo tráfico. Na sexta-feira, a magistrada comentou no Facebook: "A questão é que a tal Marielle não era apenas uma 'lutadora'; ela estava engajada com bandidos! Foi eleita pelo Comando Vermelho e descumpriu 'compromissos' assumidos com seus apoiadores", escreveu, sobre falsas informações divulgadas na internet.

    Fonte:https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2018/03/5523378-desembargadora-nao-se-arrepende.html#foto=1

    ResponderExcluir
  4. Meu pai, um trabalhador simples, ajudava os pobres sem poder, honesto ao ponto de ser chamado de otário, morreu.
    Ninguém escreveu uma linha sobre quem tinha substância para, dar elementos suficientes a um livro ensinando como ser uma pessoa de bem

    ResponderExcluir
  5. A Mídia Socialista-Comuninsta já esta enchendo o saco com essa "conversa pra boi dormir" no caso da "vereadora intervenção"! E o Governo cobrindo o "rombo" da roubalheira no RJ com o nosso dinheiro em mais uma "armação"! Brasil, um país de otários!!

    ResponderExcluir
  6. Agora, a toque de caixa, vem a reoneração do salário, parte empregador, para cobrir um bi RJ, em detrimento da Previdência Social. Já desviaram mais de 1 tri da receita da Previdência, via REFIS, segundo o Senador Paulo Paim, com perdão de jurs., multas e até mesmo parte do principal, e, via DRU, para pagar o serviço da Dívida Pública, cujos credores são os banqueiros. É ainda alegam que a Previdência Social vai quebrar!

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.