Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Brasil não é propriedade do Lula!

Crédito da imagem: Folha

Amanhã quarta-feira, dia 24, acontecerá o julgamento do recurso do ex-presidente Lula referente ao caso conhecido como "Triplex", condenado que foi pelo juiz Sérgio Moro da 13ª Vara Criminal de Curitiba.  Há uma tentativa de transformar o julgamento dos desembargadores da 8ª turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região em "julgamento político" pelo PT. O Lula e o PT querem tirar proveito de um julgamento jurídico em julgamento político, com vistas às eleições presidenciais deste ano. Se o povo não abre o olho, acabará acontecendo exatamente o que Lula e PT pretendem, de ser vítima do Judiciário. 

Independente do resultado de amanhã, que está previsto ser desfavorável ao ex-presidente Lula, as manifestações vão acontecer à uma distância razoável do edifício do Tribunal. Segundo informa a grande imprensa, os manifestantes "pró  Lula" estão sendo mobilizados para estarem presentes em Porto Alegre. No meu entendimento, para que evento marque o prestígio do Lula, terá que reunir, no mínimo 200 mil pessoas. Qualquer número que não seja expressivo poderemos considerar que o "evento pró Lula" do PT será considerado como verdadeiro fracasso.

Da mesma forma, qualquer manifestação que não reúna grande número de manifestantes, em locais já tradicionais nas cidades de Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro, além de Porto Alegre, podemos classificar o "apoio ao Lula" como um "fracasso retumbante". O PT e Lula sabem que as manifestações convocadas serão decisivos para "manter" ou "sepultar" de vez, a pretensa candidatura do Lula da Silva à presidência da República. 

Sem mesmo ser um jurista, prevejo a "confirmação" da condenação do Lula da Silva, com "pena aumentada" em relação àquela estipulado pelo juiz Sérgio Moro. A conclusão se baseia em dezenas de recursos de sentenças do juiz Sérgio Moro revisados pelos mesmos desembargadores da 8ª turma do TRF4. Para mim, Lula da Silva, não passa de um ex-presidente da República marcado pela corrupção, mais que comprovada  pela Operação Lava Jato. Se o Lula vai cumprir pena na prisão ou não com condenação em segunda instância são apenas detalhes menores. Melhor seria que fosse conduzido à Colônia Penal de Curitiba, fazendo companhia aos seus companheiros da quadrilha.  

Felizmente, Brasil não é propriedade do Lula!

Ossami Sakamori
@SakaSakamori



2 comentários:


  1. Lula e seus políticos pau-mandados muitos próximos, bem como todos os de expressão no meio político, do PT e dos eternos coligados de ideologia idêntica, sabem que a roubalheira não só existiu, como foi muito grande, multimilionária.

    O que estão tentando é jogar para cima de Moro e da Justiça o ônus de sua não participação nas próximas eleições, e sair como vítima.

    Neste momento se a Justiça for firme e agir dentro dos ditames da lei, nada restará a Lula e sua gangue além do que acatar a decisão.

    É tática da esquerda é agitar até o extremo, desacatar, acusar e agredir para tentar "ganhar no grito", literalmente.
    Quando vêm que não adianta, acabam acatando, a contragosto, mas acatam.

    É só nos lembrarmos de quantos e quantos recursos que Lula tentou, e perdeu. Quantas ações moveu e perdeu. Até recursos fora do Brasil, tentou e perdeu.

    A esta altura está tentando digerir sua derrocada, seu fim.
    A maior preocupação: depois desta ação terá outras pela frente.

    E mais, dos que o cercam, todos tem contas a prestar com a justiça.
    Gleisi é a próxima.
    E ela não tem tanto dinheiro roubado nos bolsos como Lula tem.
    Esse tipo de ação custa muito caro, pois, os advogados não fazem questão de cobrar pouco.

    ResponderExcluir
  2. 3 X 0


    O SAPO SIFU


    kkkkkKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.