Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

O QUE TEM OBAMA A VER COM O BRASIL?

Tem muito a ver, sim. Haverá eleições nos EEUU em novembro deste ano. Daí que Obama do Partido Democrata, faz de tudo para se reeleger. Pegou uma bucha de canhão do Bush filho. Guerra no Iraque e crise financeiro de 2008, heranças malditas da administração republicana. Tem feito de tudo ou melhor faz o que pode com o Congresso, nas mãos da oposição. E tem obtido resultados positivos, com muita dificuldade, mas tem tido sucesso, em temas mais nevrálgicas.

Vocês dirão, é o que isto tem a ver com o Brasil?  Tem sim e tem muito. Tem dois viés, que colocarei aqui para esclarecimento aos que lêem menos do que este que aqui escreve. Vejam lá, então.

O primeiro viés é o político. Temos muito a aprender com o Obama e os EEUU. Antes que me taxem de imperialista e entreguista e outros adjetivos mais, quero dizer que sou apenas e tão somente a favor do Brasil. 

Voltando ao assunto dos EEUU do Obama, ainda dentro do viés político. Reina democracia naquele país, continuadamente, há 200 anos, com alternância de poder, conforme a Constituição prevê. Nós estamos engatinhando na novo tempo democrático, há pouco mais de duas décadas.  

No último episódio, vocês devem se lembrar com relação à aprovação do limite de endividamento do Tesouro. Obama teve que usar muitos discursos no Congresso e apelos televisivos para a população. Enfim conseguiu a aprovação.  E tem sido assim com todos os presidentes, sem distinção de partido, com muita argumentação e convencimento. Eis a diferença com o Brasil. Nós usamos mensalões e loteamento de cargos, com ingrediente nada republicano que é a "corrupção".  Queiramos ou não aprendemos muito com o Obama. 

Quanto ao segundo viés que tratarei aqui, o econômico. Perguntam vocês o que tem a ver EEUU do Obama conosco.  Pois tem muito. Quando da discussão sobre aprovação ou não do novo limite de endividamento do Tesouro americano, a grande maioria dizia que EEUU iria quebrar. Fui voz discordante, naquele momento. Disse à época que tudo iria terminar num consenso entre democratas e republicanos. O que veio a acontecer. O mundo não acabou. Se fosse na rede social daria um sonoro kukuku.

Em termo de economia, EEUU ocupa primeira posição em PIB global, grosso modo, representando cerca de 25%. Do ponto que partiu, da crise financeira de 2008, é uma vitória ter conseguido no ano de 2011,crescimento de 1,60%. E previsão dos melhores analistas do mercado, dão como certo o crescimento de 2,5% em 2012. Número que representa, retomada de crescimento sustentável dos EEUU. Eu tinha dito, via rede social, que pelas medidas tomadas pelo Obama, os EEUU seria o primeiro país a sair da crise financeira de 2008. Também, à época, foi aceita minha opinião com muito ar de ceticismo. Faziam kukuku para mim. Mas está aí o resultado.  A bolsa de Nova York comemorando os resultados da expansão da economia americana. 

E a pergunta inicial, agora. O que tem Obama a ver com o Brasil. Tem muito.

Se a nossa presidente Dilma se espelhasse nele Obama, sobretudo nos dois viés tratados acima, quais sejam: 1. Moralidade pública, sem mensalão e sem roubalheira nos órgãos públicos. 2. Planejamento estratégico, ou no mínimo Plano econômico de médio e longo prazo compatível com necessidade do país, adequado ao momento econômico.

Curiosamente, ela faz exatamente o contrário ao Obama.  Ele trocou nestes últimos 3 anos e meio, apenas porta voz da presidência, todos os outros cargos de destaques são mantidos.  Enquanto a nossa presidente já trocou 9 ministros e dezenas de ocupantes de cargos importantes no governo, todos com indícios fortes de roubalheira. 

Não quero que Brasil vire República de Banana. Quero Brasil, que possamos, eu meus filhos e netos, nos orgulhar. Vamos nessa? Quem me acompanha?


Ossami Sakamori, 67, engenheiro civil, analista informal do mercado financeiro. 

Um comentário:

  1. Concordo em parte, é a visão com sentimento de um Brasileiro que vê sua Pátria dilapidada! O que discordo é que nosso País nem mais é a republiqueta das bananas! Somos um País amorfo, com imensas dificuldades que o governo insiste esconder, divulgando pesquisas e números estratosfericamente manipulados! Infelizmente é o País da corrupção, do engodo, da imoralidade no trato com a coisa pública! Todos, todos, no governo, estão bichados pela corrupção! A pecha de desonestidade está no dna dessa quadrilha institucionalizada que está no poder! Mas, a despeito do quadro, tenho fé que haveremos de resgatar nosso País que tem um Povo maravilhoso e não merece ser manipulado! #FORAPT

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.