Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sábado, 18 de fevereiro de 2012

BRASIL, FOLIA DE CARAVAL!

Hoje começa do carnaval do povo. É triste admitir, mas o Brasil está em folia de carnaval desde janeiro de 2011. Tanto quanto o Carnaval do Marquês do Sapucaí ou mesmo do Carnaval de Salvador, a folia de carnaval que acontece na Esplanada dos ministérios correm ao redor do mundo, em tempo real, para envergonhar o povo brasileiro. Como na quarta-feira de cinzas, o que passou ficam no esquecimento como cinzas de brasas. Tentemos reproduzir o que se passou.

1º bloco Casa Civil. Porta estandarte usa máscara do Palocci, trazendo no seu carro alegórico os serviços de consultoria que lhe rendeu oficialmente R$20 milhões.Veste de batmann.

2º bloco Transportes. Porta estandarte usando máscara do Nascimento e o primeiro passista com máscara do Pagot. Vem atrás cordão de 175 empreiteiros beneficiários do esquema de R$47 bilhões. Carro alegórico com muito caixas entupidos de dólares verdinhos.

3º bloco Agricultura. Porta estandarte usa a máscara do Wagner Rossi. O carro alegórico é réplica do jatinho de fornecedor do ministério. Sabe lá, que tipo de conversa rolou on board.


4º bloco Turismo. Porta estandarte com máscara de Pedro Novaes, jogando pelos ares ticket fiscal de moteis. Acompanha o bloco, penduricalhas ONGs, todas com endereços falsos. 


5º bloco Esporte. Porta estandarte mascarado de Orlando Silva, agora abraçadinho com passista com máscara de Galvão Bueno. Até tú, Galvão!


6º bloco Trabalho. Porta estandarte com máscara de Lupinho, mandando beijos e mais beijos para o camarote da Dilma, presidente. Que roubou roubou, mas continua amando a Dilma. Eu te amo Dilma !!!

7º bloco Educação. Porta estandarte usando máscara do Haddad, distribuindo kit gay. E atrás o carro alegórico com provas vazando pela carroceria do Enem. Desembarcando em Sampa, querendo ser o prefeito da cidade.


8º bloco Cidades. Porta estandarte mascarado de desconhecido Negromonte. Só CGU sabe o que ele roubou. O menor bloquinho do desfile.


9º bloco Pesca. Esta sim, a jeitosa gordinha com máscara de Ideli. Fazendo tchau, tchau, porque acabaram os peixes para ela cuidar. Agora cuidando dos bagres da Câmara.


10º bloco Defesa. No pleno carnaval, um senhor de terno mascarado de Jobim, fazendo gesto obsceno para o camarote presidencial. O que foi que aconteceu?


11º bloco Casa da Moeda. Mascarado de Mantega, um cara forte, puxa carreta da Casa da Moeda. Ajudando a puxar o mascarado de Roberto Jefferson. 


12º bloco Petrobrás. Lá vem o último bloco, com porta estandarte com máscara de Graça Foster, acompanhado de bateria da Chevron, enlamada de petróleo. E junto, os minoritários da companhia petrolífera, com pires na mão.

13º bloco Máfia do DF. Lá vai os pombinhos com máscaras de Dias Tófoli e Christine Araujo. Tomando saraivada de uuuuuh!

Na arquibancada ou no gramado da Esplanada o povão assitindo, ora aplaudindo, ora uivando.

Isto é folia de carnaval! Isto é o Brasil! 

Este desfile acaba na quarta feira.  Na quinta começa a preparação para o Carnaval do ano que vem, como fazem todos os carnavalescos. Quais são blocos que vão desfilar no próximo ninguém sabe. Definitivamente, este não é o Brasil que quero para meus filhos e netos. Tomara que não haja mais desfile de carnaval na Esplanada dos ministérios, por falta de quórum.

Ossami Sakamori, 67, engenheiro civil, analista informal da política e do mercado financeiro.

2 comentários:

  1. Parabéns pela matéria amigo irmão internauta Ossami. Faço de suas palavras as minhas. O nosso Brasil Pátria Amada poderia estar disparado vendendo soluções politicas sociais e econômicas aos nossos vizinhos, se nossos representantes não estivessem preocupados com o circo roda da fantasia. Engraçado, roda as máscaras, mas os figurantes são os mesmos.

    ResponderExcluir
  2. Genial, estou indicando essa sua criação no meu blog.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.