Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

HAITI É AQUI

Fiquem calmos! Não precisam malhar o japa que aqui escreve, como fazem com judas. Não sou formulador da teoria de caos, nem tão pouco sou o autor da apocalipse now. Nada disso. Por favor, leiam até o fim.

O objetivo deste é, de certa forma, baixar a bola de alguns agentes públicos, políticos da base do governo, alguns novos emergentes, sociólogos e economistas retuiteiros do Planalto e alguns poucos empresários beneficiários da transferência direta de renda. Alardeiam eles que já fazemos parte do Mundo Desenvolvido. Não fazemos, ainda.

Vejam o seguinte. Estive a analisar a incrível coincidência de números e situações daquele país, o mais pobre do planeta, com os do Brasil.

Haití é país que paga a segunda maior taxa de juros básicas do mundo, perdendo apenas para o Brasil. O porque, vocês terão que perguntar à Dilma presidente e ao ministro Mantega.  Só sei que é Política Econômica equivocada que o Brasil pratica.

Haiti tem índice de analfabetismo alto. Brasil tem, também. Nós temos 55 milhões de analfabetos funcionais, número maior que a população inteira de Haiti. Que interesse move o governo do Brasil, em manter este status quo?

Haiti tem esgoto à céu aberto. Brasil da periferia, também, tem. No Brasil o saneamento básico atende a apenas 60% da população urbana. O esgoto deles vai para manchete de noticiário internacional, o nosso, ainda bem, não vai.

Hati tem Cité du Soleil. Brasil, não tem uma, tem aos montes. Lá, dominada pelos gangues. Cá, dominadas pelas milícias armadas ou traficantes de drogas. Haiti, põe exército brasileiro para cuidar da sua Cité du Soleil. Brasil manda blindados da marinha para retomada de controle de algumas áreas, as nossas cités.

Haiti tem condomínio de luxo de classes dominantes. Brasil tem muitos e muitos condomínios de luxos, de classes emergentes, isoladas do resto do povo, porque estas tem medo de assaltos, roubos e sequestros, tal qual as de lá.

Haiti exporta emigrantes para o Brasil, cerca de 1.500 pessoas, muito deles com boa formação escolar. Brasil ganha de longe, exporta mais de 1, 5 milhão de brasileiros. Muitos nossos com diplomas universitários, para trabalhos braçais, porque não encontra no país, ambiente de inovação tecnológica nem salário digno à altura do nível de escolaridade.

E finalmente, Haiti tem o Baby Doc, ladrão de primeira, mas adorados pelo povo haitiano. Brasil tem o Lula do mensalão, mas igualmente idolatrado pelo povo. Ambos vivem, nababescamente, mandando no governo que já deixou.

Sou brasileiro e tenho orgulho de sê-lo. Será que com todas estas mazelas, as nossas, tão parecidas com Haiti, possamos orgulhosamente dizer que somos país do Primeiro Mundo? Espero um dia podermos fazê-los, ou que pelos menos que os meus netos possam fazê-los. Para que isto se torne realidade, estou na trincheira da Resistance.

#QueroBrasilMelhor #EuSouDaResistance

Ossami Sakamori, 67, engenheiro civil, cidadão comum. Atende pelo Twitter @sakamori10


Um comentário:

  1. Temos menções na política Brasileira que realmente precisamos virar a página. Por exemplo: O Lula, já cumpriu dois mandatos, fez o que fez, apoiado pela maioria + pobre, pelo voto. A oposição por sua vez também insiste um demonstrar sua incompetência, visando (todos eles)o benefício dos próprios partidos(cargos, mordomias, etc)
    Eu também sou autante na política do Brasil, quero construir um Brasil que possa APRENDER com o passado, e construir no presente as perspectivas e bases de um futuro Brilhante.
    Posso também ser considerado na Resistence, atento, sempre divulgando os interesses mais nobres que um país necessita...#foracorrupção!
    Abraço Oliveira, WA

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.