Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Sua Majestade Michel Temer vai tirar férias em Restinga de Marambaia.

Crédito da imagem:  Ig

Presidente Michel Temer vai passar o feriado de Carnaval na área pertence à Marinha brasileira, com espantosa comitiva presidencial de 65 pessoas. Segundo o jornal Estadão de hoje: "Michel Temer vai com a mulher Marcela e o filho Michelzinho. O restante da comitiva inclui seguranças, médicos, enfermeiros, cerimonial, cozinheiros camareiras, e ajudantes que cuidam da casa. A comitiva conta também com a imprensa e funcionários administrativos para atender as necessidades dos viajantes, incluído os acompanhantes."

Para a imprensa em geral, o Gabinete de Segurança Institucional informou que a estrutura necessária é estabelecida por lei e que todos os ex-presidentes utilizavam deste aparato. Diz a nota que os presidentes FHC, Dilma e Lula também utilizaram estes serviços para "descansar" (o grifo é meu). Segunda a nota do Gabinete, apesar da Restinga de Marambaia ser uma área da Marinha, não possui serviços de infraestrutura considerada fundamental para um "chefe do estado" (sic).  Segundo a nota, no protocolo de segurança do presidente da República ainda há previsão de contratação de linhas de internet adicional para garantia a comunicação do presidente.

Ainda, segundo a primorosa reportagem do Estadão, "há mobilização de equipe à disposição do presidente da República, fora da equipe presidencial: bombeiros, médicos, ambulâncias e batedores, que ficam em sobreaviso durante a estada do presidente no Restinga do Marambaia". Tudo isto, digo eu, para garantir as "férias merecidas" do presidente da República que está com "extenuantes" agendas presidenciais, sobretudo nos últimos dias, para tentar aprovar a Reforma da Previdência. 

Para reles população brasileira e sobretudo à população da cidade do Rio de Janeiro, o tamanho aparato para garantir a segurança pessoal do presidente da República é uma total ofensa. Os gastos da viagem presidencial, embora seja uma rotina vivida pelos presidentes anteriores, é uma "tapa na cara" para os funcionários públicos fluminense que estão com salários atrasados. Ainda, os cariocas estão obrigados a conviver com o tráfico de drogas interrompendo as principais vias de circulação da cidade, como que aconteceu ontem. 

Ainda assim, o presidente da República Michel Temer vai tirar as férias na Restinga de Marambaia colocando ao ridículo o povo carioca e o povo brasileiro.  

Ossami Sakamori
T


5 comentários:

  1. Pra que tudo isso! Esse gasto absurdo é com o meu, e o seu dinheiro. Parabéns pelo blog!!

    ResponderExcluir
  2. Estou achando que fica mais barato manter uma família real.
    O ideal seria os militares por ordem nessa esculhambação generalizada! Más não ficarem mais 20 anos novamente!

    ResponderExcluir
  3. Com artigos como esse começa-se a formar na mente dos brasileiros (só os que pensam) um ambiente crítico para que passemos a cobrar dos políticos de um modo geral, mais ética, transparência e, principalmente, um cuidado mais que especial com o bem e o dinheiro público.
    Um dia, espero seja logo, chegaremos ao ponto de não eleger o político que não atenda a esses preceitos.

    ResponderExcluir
  4. Tenho mais de 60 anos e sei que se completasse 120, não haveria mudanca para melhor no Brasil, infelizmente.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.