Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

segunda-feira, 6 de abril de 2015

#VaazaDilma !


Crédito da Imagem : Estadão

Dilma presidente, em solenidade de posse do novo ministro da Educação, Renato Ribeiro, fez defesa enfática da Petrobras, envolvido no escândalo de ladroagem investigado pela Operação Lava Jato da Polícia Federal. Tive paciência de ouvir eu próprio o discurso na Globo News, para poder avaliar o conteúdo.  

Causa-me perplexidade o fato de Dilma presidente fazer defesa da Petrobras, maior Companhia do País, em mãos do governo federal. A Petrobras está à beira da bancarrota por culpa única da má gestão e da ladroagem que a equipe dela própria. Dilma fez parte do governo Lula durante 8 anos e ela própria como presidente nomeou a diretoria dos últimos 4 anos. Portanto, a Dilma foi responsável pela Petrobras durante todo o mandato do governo PT, nos últimos 12 anos.

Dilma presidente comporta-se como se não tivesse nenhuma culpa no cartório sobre a quebra da Petrobras. Só para lembrar novamente, a Dilma foi ministra de Minas e Energia no governo Lula, cuja responsabilidade da governança corporativa lhe cabia como ministra. No segundo mandato do Lula, ela na condição de chefe da Casa Civil ocupou o cargo de presidente do Conselho de Administração. No primeiro mandato da Dilma, ela própria nomeou os membros do Conselho de Administração e da Diretoria da Petrobras. 

A Operação Lava Jato revelou a participação dos políticos da base aliada dos governos PT, em sua maioria, membros do PP, PMDB e do próprio PT. A ladroagem vem desde 2003, com nomeação dos novos diretores pelos governos do PT. Dilma presidente alegar que não sabia sobre a ocorrência de ladroagem na Petrobras nestes últimos 12 anos é, de no mínimo, considerar o povo brasileiro um perfeito otário.

As últimas evidências reveladas na Operação Lava Jato é que a ladroagem na Petrobras abasteceu, oficialmente, a campanha da própria Dilma presidente em 2010. Se o Brasil fosse País sério como EEUU, Alemanha ou Japão, a Dilma já teria perdido o cargo de presidente e provavelmente estaria em reclusão numa penitenciária federal tamanho o montante da ladroagem na Petrobras, estimado em R$ 10 bilhões. 

Como último comentário, a Dilma presidente disse defender o modelo de partilha em relação ao de concessão, que os recursos dos royalties do pré-sal não são mais uma promessa, e sim uma realidade. Muito estranho a contradição entre o discurso e a realidade. O último ato da Dilma em relação à educação foi anunciar o corte nas verbas da educação em R$ 7 bilhões.

O que me espanta é a falta de comentários da imprensa, dos articulistas econômicos e educadores em geral aplaudir a "pátria educadora" da Dilma presidente. Mais estarrecedor é ver estes mesmos atores aplaudir a fala da Dilma presidente prometendo a recuperação da Petrobras. A Dilma é responsável pela ladroagem na Petrobras, povo desmiolado!

Não tem mais jeito! Ou alguém manda me internar em algum manicômio para me tratar saúde mental ou o povo se levanta e manda Dilma presidente para casa ou para penitenciária da Papuda. Isto tudo vai dar em renúncia ou impeachment, se depender de mim.




Ossami Sakamori




20 comentários:

  1. A MÍDIA, OS ARTICULISTA, OS ATORES E ETC. NÃO SE MANIFESTAM PORQUE TÊM "RABO PRESO" COM ESSE MALDITO DESGOVERNO CORRUPTO , EM TODOS OS SENTIDOS.
    REALMENTE , O POVO PRECISA SE LEVANTAR UNIDO E EXIGIR A SAÍDA DELA.

    ResponderExcluir
  2. Felizmente o sr está bem da cabeça, Sakamori. É que esse pessoal: Lula, Dilma, Cristina(Argentina), Maduro(Venezuela), Fidel e Raul(Cuba)...são assim mesmo. Eles distorcem a realidade dos fatos. São ditadores, e com ditadores não há diálogo. Por isso Dilma sempre fala na 1ª pessoa: "No MEU governo..." Porque ao invés de "Nosso governo" ela diz "meu governo"? Porque ela e os outros citados acham que o País são deles e não da população. E é por isso que dia 12 de Abril vamos gritar até sermos ouvidos por essa corja do PT que o Brasil é nosso e não deles e seus ideais ultrapassados.



    ResponderExcluir
  3. Isso e culpa do povo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De parte do povo.

      Excluir
    2. Do povo de que vive da bolsa familia, dos idiotas uteis, dos analfabetos funcionais, dos imensos imbecis e idiotas que julgam ter o rei na barriga, dos milhares de petistas e bolivarianos que julgam ser gente e alguém na vida só por estarem ideologicamente hipotecados a qualquer partido politico, dos politicos corruptos que roubam como doidos, enfim, de todos parasitas esquerdopatas que infestam nossa sociedade e que comem caviar mas arrotam postas de pescada, todos eternamente comendo dos bolsos da maioria silenciosa e mamando nas Tetas da Viúva.

      Excluir
    3. Correto. Então, nós que não fazemos parte desse "povo" temos a obrigação de reagir e, por enquanto, a única maneira é participarmos ativamente e conscientes nas manifestações do dia 12 de Abril. Eu fui na anterior, irei nessa e nas quantas forem precisos até que surtam efeitos positivos. Não podemos esmorecer. Tem pessoas que contraem uma simples gripe, desiste de lutar e morre agravado por uma pneumonia. Outros tem o diagnóstico de câncer, luta ferozmente e se vê curado.

      Excluir
  4. Nem vaazadilma, nem baazadilma, nem renúncia ou impeachment, pois os "deuses dos corruptos" no STF (ilegal) jamais vão permitir que essa psicopata grossa abandone o poder, mesmo tendo ganho as eleições de maneira totalmente ilegal. Ela veio para ficar,infelizmente.
    E se o exercito intervir, apanha porrada dos MST, do PT, dos cubanos, dos venezuelanos, dos haitianos, das FARC, dos bolivarianos e do PC do B, coisa que os generais têm medo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não podemos jogar a toalha antes de lutar. Se ficarmos com medo estaremos fazendo a vontade deles. Não importa o exército que eles tem, nós somos mais fortes e venceremos. Estamos em uma guerra fria.

      Excluir
    2. Concordo com o anônimo das 23:50.
      Por ficar parados,deixamos a coisa ficar como está e vai piorar.Um país que é comandado por uma ex(será que tem ex?)guerrilheira,um mentor apedêuta,com nome de molusco barbudo,que entregou o seu país (e meu também) para interesses internacionais escusos,vendeu a vergonha(que não tem) para a SMARTMATIC para se garantir PER SECULA SECULORUM no ¨puder,não pode esperar mais nada.O Brasil acabou,faliu,ninguém viu e o povo foi para PQP (rima sarcástica,mas tristemente real).Povo mole,onde bandido pode se calar e patriota tem que se identificar e dizer que não é robô,para dizer algumas palavras à favor de sua nação.PQP.
      João Trindade.

      Excluir
    3. As duas cidades japonesas arrasadas por duas bombas nucleares, se reergueram das cinzas. Assim como, nas florestas, após um incêndio que queima tudo, alguns dias depois nasce o mato verdinho.
      Lula(mentiroso e anti patriota) quer dar a volta por cima. E nós vamos desanimar? O mal já está feito e agora temos que retomar o Brasil e isso só será possível com pensamentos e ações positivas. Vamos fazer nossa parte dia 12 de Abril.

      Excluir
    4. Sr. Daniel Camilo

      Como isto está, mesmo que alguns civis ainda tenham armas, não serão fuzis, e sem eles, nada a fazer. Os militares têm que dar um jeito. Senão os gloriosos generais que temos na ativa e reserva, vão para o caralho!

      Excluir
    5. Concordo plenamente com o Sr. Mas enquanto os Generais não vêm, nós faremos nossa parte. Veja que hoje, diante do Congresso Nacional, tinha uns 400 gatos pingados, militantes do PT. Lula convocou todos e só apareceram esses. Dia 12 de Abril iremos em massa, aos milhares, para as ruas e assim vamos minando o PT.

      Excluir
    6. Sr. Daniel Camilo

      Tem razão no que escreve e pelo que leio, nem o fdp do lula já consegue mobilizar o povão. A coisa começa a ficar preocupante para o PT.

      Por falar nisso. Coloco aqui uma curiosa noticia:

      "Dilma não manda mais no governo. Comando passou para Temer e Levy.

      Do deputado Mendonça Filho, líder do DEM, ainda há pouco da tribuna da Câmara:

      - O piloto sumiu. Dilma não manda mais nada. Ela passou o comando da área econômica para o ministro Levy e acaba de passar o comando político para seu vice, Michel Temer, que conta com a colaboração desde já do deputado Eduardo Cunha e do senador Renan Calheiros.

      A presidente comunicou aos líderes governistas a sua decisão de indicar Temer, tomada depois que o ministro Eliseu Padilha avisou que não poderia assumir o ministério de Relações Institucionais."

      http://polibiobraga.blogspot.com.br/2015/04/dilma-nao-manda-mais-no-governo-comando.html

      Excluir
  5. Sakamori:

    Mais uma vês leio um texto lúcido e fico enraivecido.

    Não com o escritor, que o fez com maestria, mas com os fatos narrados, que nos mostram uma incrível realidade:

    Vivemos num país governado por uma múmia fantoche que apenas faz a vontade do culpado maior que realmente comanda sem estar empossado, e que, estribado na ignorância de um povo que só presta para assistir novelas na TV, sonha em voltar ao palácio presidencial.

    Ele é o culpado maior, claro que auxiliado por uma gangue enorme de mensaleiros e petroleiros, em levar várias estatais (não só a Petrobras) à situação quase calamitosa em que se encontram.

    Ele quer que a "gerentona de coisa nenhuma" continue no poder para poder continuar em evidencia junto ao povo e tentar voltar triunfante.

    Será terrível para os brasileiros que pensam se isto realmente vier a ocorrer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se não houver um levante do povo,com paus e pedras e correr sangue,esse porco barbudo não sai do poder...êle pensa que é dono do Brasil e põe que ele quiser na presidência da república,pois pagou par a SMARTMATIC garantir o osso na boca dele que continua covarde e fanfarrão como nos tempos da revolução de 1964(dissimulado e oportunista que nem o câncer mata).

      Excluir
  6. Caro Saka, depois de muito pensar, vou te dar mais uma opção :ALZHEIMER. Ou o povo ou Ela, que nada faz, nada lembra, nada participa, é uma SANTA. Ou nós, o povo, que nada vimos, somos patetas mesmos. Escolha Ela ou nós estamos sofremos desse mal

    ResponderExcluir
  7. Porque PTrobras não declara falência? Quer deixar arrastar a situação até aonde?

    "Investidores europeus decidem processar Petrobras

    Um dos maiores fundos de pensão da Europa anuncia que vai abrir um processo contra a Petrobras. Assim como ocorre já nos EUA com investidores, os europeus alegam que a empresa brasileira não revelou em seus balanços a real situação da estatal, não provou que seus controles para evitar a corrupção funcionavam e sobrevalorizou seus ativos.

    A ação será aberta para AP1, o maior fundo de investidores da Suécia. As informações são do jornal Financial Times e confirmadas pela empresa.

    Depois da eclosão do escândalo de corrupção envolvendo altos funcionários da Petrobras, uma onda de processos foi iniciado nos EUA. Agora, o mesmo pode ocorrer do outro lado do oceano."

    http://polibiobraga.blogspot.com.br/2015/04/investidores-europeus-decidem-processar.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+JornalistaPolibioBraga+(Jornalista+Polibio+Braga)

    ResponderExcluir
  8. A culpa é do macumbeiro que ella consultou... Ele falou q ella devia sempre defender o Brazil de FHC, q, por sinal, é o culpado de toda a miséria que por aqui se espalhou... Todo partido que tem um "S" haverá de sucumbir.

    ResponderExcluir
  9. Renato Simões já não é mais Deputado Federal. No entanto, ele passou a integrar uma equipe de trabalho na Secretaria Geral da Presidência da República, que tem entre suas principais atribuições a de intermediar as relações do governo federal com as "entidades da sociedade civil", com os chamados "movimentos sociais". Simões - que pertence à "Militância Socialista" do PT - aceitou o convite do ministro Miguel Rossetto - que é da "Democracia Socialista", a ala trotskysta do Partido dos Trabalhadores. O ministro da Presidente Dilma Rousseff que mantém uma relação estreita com o MST e que se comprometeu com a CNBB - com um aperto de mãos - com a promoção da reforma política.

    "O Foro de São Paulo governa o Brasil.

    No dia 16 de Dezembro de 2014, Renato Simões tomou o microfone na Câmara dos Deputados para registrar com entusiasmo a presença de representantes do Foro de São Paulo na Casa - representantes com os quais ele mesmo se reuniria em um "grupo de trabalho" em Brasília.


    Simões - do PT de São Paulo - enalteceu a organização fundada por Lula e por Fidel Castro, e entre chavões e clichês que nem bobo enganam mais, deixou transparecer o principal objetivo do Foro de São Paulo: promover a integração da América Latina e formar a "Patria Grande" comunista. O parlamentar petista observou que vários países do continente - entre eles o Brasil - são governados por "partidos" e "frentes políticas" de "distintas tonalidades de vermelho".


    O discurso do deputado Simões, no entanto, contém mais que uma alusão. É da boca de um parlamentar do próprio partido que sai a confirmação: o PT está vinculado e subordinado a uma organização internacional - o que é expressamente vedado pela norma constitucional e eleitoral (Cf. Constituição Federal, art. 17 e Lei 9.096-95, art. 28). Portanto, o Partido dos Trabalhadores é um partido ilegal.


    E mais. O deputado petista, por descuido ou por descaramento mesmo, acaba colocando em cheque a legitimidade do seu próprio mandato. Ele descumpre - por estar filiado ao PT e por participar de reuniões do Foro de São Paulo - o primeiro dever fundamental de um deputado: "promover a defesa do interesse público e da soberania nacional" (Cf. Código de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados, Art. 3, I).


    Enfim, o que é mais grave. Quando o deputado petista inclui o Brasil entre os países governados pelos partidos do Foro de São Paulo, ele automaticamente rebaixa a Presidente da República petista. Dilma Rousseff que, naquela oportunidade, havia acabado de ser eleita por meio de uma fraude eleitoral - e com a colaboração direta da organização comunista - é posta como um simples fantoche. Renato Simões, ao observar que o Foro de São Paulo precisa estar em alerta contra supostas "ações de desestabilização política de seus governos" - repito, de "seus governos" -, deixa claro quem está no comando: o Foro de São Paulo governa o Brasil."

    http://b-braga.blogspot.com.br/2015/03/o-foro-de-sao-paulo-governa-o-brasil.html

    ResponderExcluir
  10. Nessa situação até cego vê,surdo ouve e mudo fala,não é mesmo excelencia molusca de 9 dedos?
    ALEA JACTA EST.

    SELVA!

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.