Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

segunda-feira, 27 de abril de 2015

A dívida bruta do governo federal é de R$ 4,27 trilhões.

Crédito da imagem: Estadão

O Banco Central divulgou nesta segunda feira, dia  27 de abril, a posição da dívida pública interna e externa do Tesouro Nacional referente ao mês de março.  Segundo Banco Central, o total da Dívida Pública Federal é de R$ 2,44 trilhões. No conceito do Banco Central, o estoque da dívida pública federal é o valor líquido descontado o valor da reserva cambial e valores consignados ao BNDES dentro do programa PSI - Programa Sustentável de Investimentos, o Bolsa Empresário.

O valor bruto da dívida do Tesouro Nacional chega a R$ 3,98 trilhões. Explico. O governo federal desconta da dívida bruta a reserva cambial em reais e não leva em consideração o empréstimo ao BNDES dentro do programa PSI. A dívida do Banco Central em forma de swap cambial tradicional também não é levado em conta no total da dívida do governo federal. A dívida do Banco Central é equivalente a US$ 100 bilhões ou aproximadamente R$ 290 bilhões. Somado tudo, a dívida do governo federal é de R$ 4,27 trilhões.

Sobre os R$ 3,98 trilhões que incidem os juros do títulos da dívida pública. Hoje, a taxa referencial de juros básicos da dívida interna, Selic, está em 12,75%. Já descontado inflação o governo federal gasta em juros cerca de R$ 220 bilhões. Como a meta do governo federal é de produzir superávit primário de 1% do PIB ou seja cerca de R$ 55 bilhões, ao final de 12 meses, o endividamento interno do governo federal aumenta a cada ano.

Interessante observar que a Dívida Externa do governo federal é de cerca de US$ 40 bilhões. O governo do Lula pagou a dívida externa junto ao FMI no montante de US$ 16 bilhões, mas está a dever no mercado financeiro global pagando juros de agiotas. Trocou empréstimo com juros baixos pelos juros mais altos. 

Segundo Tesouro Nacional, os investidores estrangeiros tinha aplicado em títulos da dívida interna, no mês de março, cerca de R$ 470 bilhões. O governo mantém juros da dívida a mais alta do mundo, só perdendo para Turquia, para manter o capital estrangeiro financiando a dívida interna do governo federal. A saída destes investimentos especulativos do País, diminuiria substancialmente a reserva cambial brasileira que hoje é de US$ 370 bilhões.

Brasil está numa situação de que se parar o bicho pega, se correr o bicho come. Em termos chulos, podemos dizer que o Brasil está fodido! Só não enxerga quem não quer!

Ossami Sakamori
@SakaSakamori



7 comentários:

  1. Com esta desgracada e louca incompetente, não acredito que o Brasil possa algum dia recuperar. Vamos ter um nivel de vida paupérrimo!

    ResponderExcluir
  2. Os brasileiros caminham celeremente para ser campeões mundiais a burrice,da miséria e da ignorância, pavoneando-se de espertos e vivaldinos.País sem rumo,sem planejamento,sem objetivos,destinado a ficar na berlinda da história e mico internacional.O país foi vendido aos agiotas,em benefício da quadrilha que se apoderou do poder.Perdemos o bonde da história para entrar no inferno,pela porta dos fundos...

    ResponderExcluir
  3. O Lula safado enganou alguns dizendo que tinha pago toda a dívida externa do Brasil com o FMI, só que ele não explicou que, na verdade, ele explodiu a dívida interna. Trocou seis por meia duzia, e agora vemos que pelos juros que pagamos Lula trocou 6 por três.

    ResponderExcluir
  4. Fortes indícios de que operam pela falência pública e, assim, implantar o regime ansiado pela PÁTRIA GRANDE, com maior dependência do povo ao Estado.

    ResponderExcluir
  5. Fortes indícios de que operam pela falência pública e, assim, implantar o regime ansiado pela PÁTRIA GRANDE, com maior dependência do povo ao Estado.

    ResponderExcluir
  6. Infelizmente os Petralhas faliram o Brasil,em todos os sentidos,para poder entregar os frangalhos aos comunistas,oportunistas de plantão.
    Bye,bye,Brazil...

    ResponderExcluir
  7. Acredito que nos brasileiros,moradores de uma Pátria falida, estamos apenas implantando o regime defendido pelo Foro de São Paulo, governismo, ditadura, dependência máxima do povo ao Estado.....burrice, cretinice, enfim tudo aquilo que terroristas e bandidos defendem. Parabéns para quem nos transformou em servos da dor. Parabens Congresso, parabens Judiciário, parabens Executivo do Terror

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.