Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sábado, 12 de março de 2016

Governo Dilma acabou!

Que fedor, meu Deus!
Crédito da imagem: Veja

O governo Dilma acabou! Ontem, sexta-feira, foi presa, novamente, em Salvador Maria Lúcia Guimarães Tavares, funcionária da Odebrecht, que passou a colaborar com a Operação Lava Jato, dentro do Programa de Proteção a Testemunha. Ela tem as anotações do esquema de pagamentos da campanha da Dilma, para o casal João Santana e Mônica Moura, montante de US$ 7,5 milhões nas contas do casal na Suíça. 

Maria Lúcia, segundo Polícia Federal, era a pessoa responsável pelo controle das entregas dos "acarajés", como os investigados denominavam os valores repassados da Odebrecht para o casal João Santana e Mônica Moura. O casal era denominado de "Feira" pela Odebrecht, em alusão à terra natal da Mônica Moura, a sétima mulher do marqueteiro João Santana. Maria Lúcia é a peça chave da investigação para chegar na campanha da Dilma. 

A Polícia Federal suspeita de que o dinheiro depositado para os "Feira", no montante apurado de R$ 7,5 milhões era a dívida da campanha presidencial da Dilma de 2014. O nome da Maria Lúcia passa a figurar como participante ativo na operação Caixa 2, da campanha da Dilma, no âmbito da ladroagem da Odebrecht. A prisão do casal João Santana e Mônica Moura, foi convertido de prisão temporária em prisão preventiva, não havendo previsão para relaxamento, até que a Polícia Federal conclua investigação da origem, destino e finalidade do repasse dos "acarajés" da Odebrecht.

Dilma deu entrevista, ontem, aparentemente para protestar uma eventual prisão preventiva do Lula da Silva, mas acabou manifestando a sua convicção de que não renunciará ao cargo. No entanto, pela sembrante da Dilma denota o desgaste físico e mental, decorrente dos últimos acontecimentos. Se Dilma disse que "não renunciará" é porque ela pensou seriamente na possibilidade. 

Hoje, o PMDB estará reunido para convenção nacional, para homologar a continuidade do Michel Temer na presidência da sigla. O PMDB, principal partido de apoio da presidente Dilma, está mais rachado do que nunca. Os parlamentares do PMDB dos estados do sul somado aos do Mato Grosso do Sul, já declaram explicitamente que votará contra as iniciativas do governo no Congresso Nacional.

A preocupação da Dilma com a divisão do PMDB, pró e contra governo, é que nenhuma inciativa do governo no Congresso Nacional será aprovada. O apoio de parte do PMDB ao PSDB para viabilizar a governabilidade pegou como traição à presidente Dilma. O Palácio do Planalto começa a se preocupar com a possibilidade real do processo impeachment prosperar no Congresso Nacional, diante da racha do PMDB.  

Diante do quadro, o mercado financeiro, os empresários e grande parte dos parlamentares, incluindo os do PMDB, já consideram que o governo Dilma acabou. Para os agentes econômicos, tanto faz se Dilma vai ser cassado ou vai renunciar, eles tem é a certeza de que o governo Dilma acabou. Triste fim para ex-guerrilheira (sic).



Publicidade: Clique >  Uma nova matriz econômica

Ossami Sakamori












13 comentários:

  1. Esses patifes lesa-pátria tomaram o poder na marra e querem permanecer nele, também na marra. Devemos nos unir o pagar o preço máximo pela nossa liberdade, mesmo que isso custe nossas vidas.

    ResponderExcluir
  2. O duro é que o governo Dilma acabou mas ela continua lá. Mesmo saindo, articulam colocar Michel Temer em seu lugar ou ainda pior, o STF quer analisar e votar uma proposta antiga de implantar o Parlamentarismo no Brasil. Detalhe: a população já disse não ao Parlamentarismo através de um plebiscito.
    Enfim, os Partidos Políticos e seus partidários sem moral, corruptos e sem real intenção de ajudar o Brasil querem trocar seis por três.

    ResponderExcluir
  3. Governo Dilma existiu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existiu. Se lermos os Decretos que ela assinou, como: Indulto para vários mensaleiros, que já estão em liberdade com suas penas perdoadas; Pouso de aeronaves militares em solo brasileiro apenas com permissão da Presidente(antes as forças armadas deveriam ser consultadas),....Sem falar nas pedaladas, caos econômico, moral,...

      Excluir
  4. Por incrível que pareça, como pode acabar algo que nem ao menos começou?

    ResponderExcluir
  5. Seria cômico se não fosse trágico, quando essa égua resolve falar de improviso.
    O Zé Banguela que vende picolé na praia, se sairia infinitamente melhor num discurso improvisado.

    Onde foi que essa mula se formou? Quero saber para meus netos passarem a quilômetros de distância.

    Tinha fama de eficiente não sei no que. Só se for em fazer merda

    ResponderExcluir
  6. ENCONTRARAM NA CACHANGA DO APEDEUTA CACHACEIRO UM MONTE DE COISAS ROUBADAS DO PALÁCIO.
    SE PUXAR A CAPIVARA DESSE MELIANTE, DEVE ENCONTRAR O INÍCIO DE SUA VIDA LABORAL, COMO BATEDOR DE CARTEIRA LÁ EM PERNAMBUCO.
    ATÉ O TAPETE DO WC O SAFADO AFANOU

    ResponderExcluir
  7. O PMDB juntamente com outras legendas política incluindo o PT, querem criar o regime parlamentarista como se usa e é vulgar na Europa e, com isso mantar a lésbica como presidente, cuja função é receber chefes de estado, cortar fitas e pouco mais que isso.
    Se isso for aceite, Senhor Ossami, a lésbica não sai do Poder mas sem Poder.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E como Primeiro Ministro, muito provávelmente será escolhido o José Serra ainda não filiado no PMDB ou etão o maçon Temer.

      Excluir
  8. A Associação Comercial de São Paulo cunhou a chamada a seguir para convocar seus sócios:

    - Empresário, apareça amanhã para não desaparecer depois de amanhã.

    ResponderExcluir
  9. Está cheio de fotos deste tesouro maravilhoso. O filho da puta soube escolher!

    "Lula e o tesouro escondido

    Brasil11.03.16 21:09

    O Antagonista reproduz mais alguns registros fotográficos dos "presentes" recebidos por Lula na Presidência da República. Como dissemos antes, é urgente uma lei que garanta ao Estado a titularidade desse patrimônio.

    Como se lê no relatório da Polícia Federal, o petista armazenou num cofre do Banco do Brasil 132 itens valiosos, entre medalhas de ouro, jóias e obras de arte, como uma escultura atribuída a Miró.

    Não pagou um centavo pelo armazenamento, pois alegou que se tratava de patrimônio da Presidência da República, embora o contrato de titularidade dos bens estivesse em nome de Marisa Letícia e Lulinha."

    http://www.oantagonista.com/posts/lula-e-o-tesouro-escondido

    ResponderExcluir
  10. A guilhotina está enferrujada mas seria bom refazer a afiação e deixá-la no ponto para essa cambada de FDP que entregou o Brasil aos comunistas

    ResponderExcluir
  11. SE ELE TIVESSE UM MÍNIMO DE DIGNIDADE E AMOR PRÓPRIO JÁ TERIA RENUNCIADO HÁ MUITO TEMPO , COMO É SUPER GANANCIOSA E ÁVIDA PELO "PODER " , PREFERE SER TIRADA À FORÇA .

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.