Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quarta-feira, 23 de março de 2016

Estamos no caminho da Grécia.

Crédito da imagem: Estadão

Antes de terminar o primeiro trimestre, o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, anunciou a revisão da meta fiscal de 2016. De acordo com a nova previsão, o setor público vai fechar o ano com o "déficit primário" de R$ 96 bilhões. À essa altura a Lei de Responsabilidade Fiscal já foi para o "espaço", novamente. De princípio, a Lei de Responsabilidade Fiscal prevê equilíbrio entre receita e despesa na execução orçamentária. Este princípio não está sendo observado, pelo menos, há 3 anos. 

Para entendimento do leigo digo, que o "déficit primário" é "dinheiro que falta" para cobrir os "gastos do governo". Não está considerado para efeito de cálculo, a despesa de juros e nem parcela de rolagem dos títulos do Tesouro. Significa que, o governo não vai amortizar o capital da dívida e muito menos pagar os juros da dívida. Pelo contrário, o "déficit primário", o dinheiro que falta, é acrescido na rolagem da dívida pública. A cada "rombo" do governo federal o endividamento do Tesouro cresce. O governo emite títulos para cobrir o que falta para pagar "os gastos do governo".

Repetindo. O governo federal não paga a amortização da dívida que vencem no ano de 2016, não paga os juros que incide sobre o montante da dívida. Além de tudo, o que é grave, como o governo federal não consegue pagar suas contas, além da rolagem do capital e juros das dívidas antigas, faz "empréstimos novos" para cobrir o "déficit primário", ou o dinheiro que falta para pagar as contas. 

É o mesmo que um sujeito dever para o banco, não consegue pagar as amortizações e nem os juros e assim mesmo pede para o banco fazer "empréstimo novo" em cima do velho, para poder pagar as suas contas. Isto tem uma denominação popular, a "bola de neve". Pois, o Brasil está nesta posição. Não estamos, ainda, na posição de Grécia ontem, mas estamos no caminho da Grécia, celeremente.  

Publicidade: Clique >  Uma nova matriz econômica 

O Plano Lula, da matéria anterior, não está contemplado nesta matéria. 

Ossami Sakamori















7 comentários:

  1. Lamentavelmente, o senhor está certo.
    Salvo melhor juizo, já estamos no subsolo da incompetência administrativa onde a sede pelo poder nos levou à falência moral, política e econômica. E não querem que o povo saiba; o povo sente isso na pele e no bolso, não adiante retaliar e querer sufocar. Isso, além de ser feio, comprova a falta de patriotismo e comprometimento com o povo.

    ResponderExcluir
  2. Quem é o golpista...e quem é o golpeado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É essa pergunta que apedêuta é craque na resposta.

      Excluir
  3. Prezado Professor, obrigada!!
    Então é exatamente isto, se bem entendi, estamos no caminho do calote com total e despudorado achincalhamento da Lei de Responsabilidade Fiscal. Porém, o que se pode esperar de um governo que engendrou o maior projeto criminoso de poder da história mundial??? E não apenas isto, também estão fazendo o 'inacreditável' para se perpetuar no poder em detrimento de todo o sofrimento nacional!!!
    Apenas posso orar para manter acessa a chama da minha esperança em dias melhores!!!
    Obrigada, Professor, por não se calar!!!
    Paz e bem!!!

    ResponderExcluir
  4. "O Estado sou eu".
    Luís XIV, o "Rei Sol", disse isso.
    Mas aqui com a vira-lata bulgara, ela diz:
    "A República sou eu!".
    Está evidenciando que tudo na Republica brasileira, a Lei, a Justiça, o Executivo, a burocracia, a Ordem, tudo se resume à sua vontade.
    Daqui não saio, e daqui ninguém tira. "Sou a República?"
    Alguém duvida?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A que situação o povo brasileiro chegou.
      Que país é esse, com gente que pensa que comprou(?) o Brasil.
      Quem tiver condição de ir embora e procurar um país sério para viver ainda dá tempo.Perdi minha vida aqui, trabalhando e acreditando que tinha um país para chamar de meu (com orgulho) e percebi que não tenho (com vergonha).

      Excluir
  5. Anônimo da 20:01

    Por mim é impossível recomeçar nova vida, pois estou velho e por aue gosto do nosso País por mais políticos corruptos que ele tenha. Mesmo com a guerra civil que esá a chegar pelas mãos do PC do B, mst, cubanos, bolivarianos e bolivianoa também, não saio nem morto.
    Mas este filho da puta que está a provocar a guerra civil, vai fugir em vez de ficar e defender suas ideias com um fuzil nas mãos.

    "Veja revela que Lula planeja fugir e pedir asilo à Itália

    Começou a circular antecipadamente a edição do final de semana de Veja.

    A reportagem de capa é outra daquelas revelações devastadoras.

    Os jornalistas de Veja descobriram e contam em detalhes o plano secreto de Lula para evitar a prisão, que é pedir asilo á Itália e deixar o Brasil.

    Ao contrário de Pizzolato, Lula não será extraditado, ainda que o STF conceda o pedido da PGR.

    Se é que um e outro farão isto.

    Como se sabe, dona Marisa, a mulher de Lula, possui dupla nacionalidade, brasileira e italiana. Ela fez o pedido durante o primeiro mandato de Lula. Muita gente estranhou, mas Marisa pediu até passaporte. Seus filhos fizeram o mesmo pedido e conseguiram a dupla nacionalidade."

    http://polibiobraga.blogspot.com.br/2016/03/veja-revela-que-lula-planeja-fugir-e.html

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.