Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

terça-feira, 3 de março de 2015

Quem diria, Renan Calheiros contra Dilma!

Por: Ossami Sakamori e Dr. Angelo Carbone


O presidente do Senado Federal Renan Calheiros acaba de anunciar a devolução da Medida Provisória 669 para a presidência da República utilizando-se da prerrogativa dada pelo Regimento do Congresso Nacional. Não vamos aqui discutir a constitucionalidade ou não da MP. Muitas Medidas Provisórias já foram aprovadas sem ser de matéria econômica e sem ter a urgência necessária para justificar a edição da MP. 

O presidente do Senado Federal Renan Calheiro é de uma esperteza que poucos a tem. Ele é político que dança conforme a música do momento. Ele Renan Calheiros precisa de apoio, tanto dos seus pares do Senado Federal quanto da população brasileira, mais do que nunca.

O Procurador Geral da República Rodrigo Janot entrega hoje ao ministro Teori Zavaski a denúncia contra parlamentares envolvidos na Operação Lava Jato. O Nome do Renan Calheiros já fora citado pelos delatores premiados como um dos beneficiários da ladroagem da Petrobras. Independente do Procurador Geral denunciá-lo para investigação pelo ministro relator Teori Zavaski, o seu nome já foi manchado com noticiário na imprensa. A atitude tomada por ele, é uma atitude preventiva contra notícia ruim.

PS (4/1/2015): Como previsto, senador Renan Calheiros foi denunciado pelo Rodrigo Janot Procurador Geral da República como suposto beneficiário do esquema de ladroagem da Petrobras. 

Outro fator que influenciou na sua tomada de decisão, foi a comoção que vem causando no País, sobretudo na região Sul do País, pela greve dos caminhoneiros. E tem também as manifestações marcadas pelas redes sociais no dia 15 próximo, o movimento #VemPraRua que promete grande concentrações no País do norte a sul. Com o gesto de hoje, Renan Calheiros será preservado ou menos atacado. 

O importante de tudo isto que a nova posição política do Senador Renan Calheiro posicionou o PMDB contra a presidente Dilma, apesar do vice-presidente Michel Temer. O Renan Calheiros à essa altura, de posicionamento contrário, passará a ser um dos protagonistas a favor do #ForaDilma . A política sempre traz surpresas, esta é mais uma dessas.

Quem diria, Renan Calheiro contra Dilma!

Ossami Sakamori

Dr. Angelo Carbone

Apoio:

Marisa Cruz

13 comentários:

  1. Para colocar os chefes da quadrilha na Papuda. Apoio até o Beira Mar. São milhões de vezes mais nocivos para a sociedade.

    ResponderExcluir
  2. Pode ser bandido, mas que sabe virar a onda a seu favor, isso sabe. A perna dele ė mais longa que os braços do Lula

    ResponderExcluir
  3. Estamos presenciando atitudes deprimentes, do tipo "salve-se quem puder". E vão dando rasteiras uns nos outros, abraçando antigos desafetos, revelando a cara sob máscaras mal construídas. Vergonha! tem que detetizar o palco...

    ResponderExcluir
  4. Também achei estranha esta recente postura do Renan. Parece que depois da eleição da Mesa, da qual saiu vitorioso, ele tem tomado uma atitude mais de confronto ao Planalto do que de subserviência, como sempre tomou.

    ResponderExcluir
  5. A cupula do PMDB é tão corrupta como o PT.

    ResponderExcluir
  6. Colossal jogo de cintura, ainda quebra ao meio. De qualque jeito, já vai tarde. Mas com o ministro Teori Zavaski, ele pode dormir bem tranquilo, já que esse ministro virou o "santo padroeiro" dos corruptos.

    ResponderExcluir
  7. Vejam as fotos obscenas.

    "FARINHA DO MESMO SACO

    A orientação política de FHC /Luiz Inácio, tem tudo a ver com "gêmeos idênticos" formados de um único óvulo, fecundado por um espermatozóide, que se dividiu em dois embriões gerados no mesmo útero dos conspiradores políticos da nova ordem mundial.

    As fotografias falam alto de uma história pouco difundida para manter a falácia de que os partidos - PSDB/PT - fariam oposição um ao outro, como se fossem "de direita" e "de esquerda". Juntos panfletaram para a campanha FHC ao Senado e em greves até que o Luiz chegou à sucessão fraterna no poder que passaria para dona Dilma.

    Para executar as políticas do "socialismo suave" ficou pactuado em Princenton e no Diálogo Interamericano a rotatividade no poder, de partidos que manteriam as mesmas políticas de desnacionalização. No encontro de Nelson Rockefeller com personalidades da América Latina para definir políticas de longo prazo, a AL se tornaria uma reserva estratégica para ser explorada pelas grandes empresas globalistas.

    O intelectual e o metalúrgico representavam orgulhosos o casamento da elite com o proletariado contida no ideário comunista na conspiração documentada de Nelson Rockefeller e seu empregado Henry Kissinger, que foi gestada para fomentar o comunismo suave, cultural, - como indicava Antônio Gramsci, - visando prioritariamente Argentina, Brasil, México, Venezuela e Peru.

    (...)"

    http://montenegroviverdenovo.blogspot.com.br/2015/03/farinha-do-mesmo-saco.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+Viverdenovo+(ViVerdeNovo)

    ResponderExcluir
  8. Acho que o Renan está vendo que apoiar o governo incondicionalmente não dá em nada

    ResponderExcluir
  9. Agora que Dilma, graças à Deus, está na lona, todos querem falar grosso. Renan quer jogar para a torcida. Eu não caio nessa! bandido sempre será bandido. Para se redimir leva-se um bom tempo. Caso Dilma seja impedida ou se ela renunciar antes de completar metade desse mandato, terá que haver nova eleição. Caso passar da metade do mandato, o PMDB tem todas as chances de ficar na Presidência da República, por isso esse repentino acesso de puritanismo dos pemedebistas. Eles vão enrolar o povo cozinhando Dilma em banho maria até chegar um dia depois da metade do mandato, quando darão o golpe.

    ResponderExcluir
  10. "Brigas de comadres, segredos desvelados".

    ResponderExcluir
  11. Para quem acredita em Papai Noel,mais uma historinha da carochinha...

    ResponderExcluir
  12. Olha a cara de deboche do debochado.
    Não está nem aí para nós,otários.
    PQP...

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.