Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quinta-feira, 26 de março de 2015

Lava Jato. Galvão Engenharia vai a falência.


Segundo Estadão, após 2 meses de tentativas frustradas para levantar dinheiro no mercado e tocar os negócios, o Grupo Galvão entrou ontem (25/3), com pedido de recuperação judicial das empresas Galvão Engenharia e Galvão Participações. 

A Galvão declarou no pedido de recuperação judicial que a empresa tem cerca de R$ 900 milhões a receber da Petrobras e que a Companhia paralisou todos os pagamentos desde 2014. Segundo a empresa, "a estatal não honrou pagamentos de serviços adicionais executados e atestados". Claro, isto é apenas justificativa para declarar-se falido. 

O pedido de recuperação judicial não envolve as subsidiárias CAB Ambiental, Galvão Óleo e Gás, BR-153 e Galvão Finanças. A Empresa Galvão Engenharia além de prestar serviço na Refinaria Abreu e Lima, também, toca obras da ferrovia Transnordestina (acesso a Suape). Mas isto tudo vai virar numa lama só. Haverá repercussão em todas obras tocadas pelas empresas "falidas".

O direto da Galvão Engenharia Erton Fonseca está preso na penitenciária de Piraquara respondendo por processo de pagamento de propinas e de fazer parte da organização criminosa, objeto da Operação Lava Jato. Empresa nesta situação, é difícil de ser administrado, sobretudo cheio de maracutaias para levantamento de dinheiro.  O resultado é que a falência deve ter sido preparado, antes, para não haver repercussão nas outras empresas do grupo.

A Galvão Engenharia já vinha, desde mês passado, dispensando trabalhadores na refinaria Abreu e Lima em razão da suspensão de pagamentos das faturas por parte da Petrobras. Isto é apenas ponta de cipoal de problemas do sistema de ladroagem que o Partido dos Trabalhadores montou para financiar campanha política dos seus aliados, inclusive da Dilma Rousseff ao cargo de presidente da República. Que diga o João Vaccari Neto, tesoureiro do PT.

Já apresentei nas matérias anteriores, os riscos de cada segmento que envolvem as atividades ligados aos órgãos estatais e Fundos de Pensão, em função do esquema de ladroagem da Operação Lava Jato. Falei do risco do sistema Petrobras, do sistema BNDES, do sistema de cartel dos empreiteiros e Fundos de pensões.  O total de riscos somados, em moedas de dezembro de 2014, representava R$ 1,7 trilhão. 

Pois bem, o grupo Galvão Engenharia é uma das empresas que tem envolvimento com os segmentos: Petrobras, cartel de empreiteiros, BNDES e Fundos de pensão. Explico. A Galvão Engenharia tem contrato paralisado com a Petrobras, e tem empréstimos em bancos estatais e comerciais,  tem empréstimos no BNDES e tem títulos podres de sua emissão em poder dos Fundos de Pensão. Fundos de pensão que se preparem para assumir os prejuízos.

A Operação Lava Jato já apresentou relação de 17 empreiteiras relacionados com a ladroagem na Petrobras. A Galvão Engenharia e a OAS Engenharia são os primeiros grupos a causar rombos nos sistemas mencionados acima. Ainda há mais de uma dezena de empreiteiras que fatalmente entrarão em recuperação judicial ou na melhor das hipóteses deixarão rombos nos sistemas. É importante frisar que há centenas de empresas terceirizadas que dependem suas sobrevidas ao cartel de empreiteiros que participaram do esquema de ladroagem e propinas da Petrobras. 

Quando eu digo que o pior está por vir, é  baseado no quadro desenhado acima. Estamos a assistir apenas o início do imbróglio decorrente da Operação Lava Jato. Lembrando que o total do risco de todos os sistemas envolvidos é de R$ 1,7 trilhão. Muitos esqueletos aparecerão com ou sem recuperações judiciais. 

Os ajustes econômicos defendidos pelo Joaquim Levy será comido num instante com os rombos que serão debitados nas empresas estatais, bancos públicos, nos Fundos de pensão e impostos e contribuições que as empreiteiras deixarão de recolher aos cofres públicos em decorrência das recuperações judiciais. Avalio que o calote que o cartel de empreiteiros dará a Receita Federal será muito maior do que o ajuste proposto por Levy.

Falência (recuperação judicial) da Galvão Engenharia será apenas migalhas em relação a outros rombos que estão para serem revelados nos próximos meses. A Dilma presidente, Lula da Silva e o PT vão sangrar até o desfecho final do imbróglio da Operação Lava Jato. 

O País assistirá fatalmente a renúncia ou impeachment da Dilma e consequentemente o desmonte da facção criminosa que tomou conta do Palácio do Planalto. O resultado é que haverá novas eleições para presidência e vice-presidência da República. 

A recuperação judicial do cartel de empreiteiros vai bater diretamente às portas do Palácio do Planalto.

Ossami Sakamori



19 comentários:

  1. ISSO ESTÁ MAIS PARECENDO O FILME "HISTÓRIA SEM FIM!"

    ResponderExcluir
  2. EU NÃO CONSIGO MAIS ACREDITAR EM AÇÃO POLÍTICA, SE DEPENDESSE DE MIM, ESSES GOVERNANTES IMORAIS DEVERIAM ASSUMIR O "MEA CULPA" E SE MANDAR PARA CUBA. AQUI É O POVO QUE VAI AGIR, PORQUE 3 PODERES VIRARAM CHIQUEIRO

    ResponderExcluir
  3. Viva o País das Maravilhas do Lularápio...

    ResponderExcluir
  4. Alguém conhece como se faz uma pirâmide com cartas de baralho?
    Faça a pirâmide e tente tirar apenas uma carta da base dela.O que acontece?
    Os fundos de pensão serão quebrados,pois bancam a pirâmide corruptora onde o governo que aí está fez.Quem for honesto e puder se mandar do Brasil,já demorou para fazê-lo.Vai faltar papel higiênico...

    ResponderExcluir
  5. A falência do estado brasileiro já foi decretada pelo Foro de São Paulo e ninguém vai fazer nada.
    Bye,bye Brazil!

    ResponderExcluir
  6. "Paraibano quer obras da transposição na mão do exército
    O deputado estadual Janduhy Carneiro (PTN) sugeriu na manhã desta terça-feira, 24, que a Assembleia Legislativa da Paraíba solicite uma audiência ao ministro da Integração Nacional e que a bancada federal, composta pelos deputados e senadores paraibanos, solicite uma audiência com a presidente da República, Dilma Rousseff, para que a continuidade das obras de transposição do rio São Francisco fique sob a responsabilidade do Exército Brasileiro." Pois é, nessas horas o Exército tem valor para esses políticos imprestáveis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já que o exército só serve para isso,a idéia até que não é má.
      Pelo menos,cumprem sua função:ao invés de defender as instituições e o país contra os desmandos que não vêm,vão ver areia no deserto e enxugar gelo.

      Excluir
    2. Para o anônimo das 08:51. A função do Exército não é limpar cagada que o PT faz. Já na década de 30 e depois no ano de 64 até 85 o Exército defendeu o Brasil dos mesmos que aí estão no poder, e o que ganhou? Só desprezo pois até hoje dizem que as FA deram um golpe e a maioria da população acredita. Mas, na verdade, quem deu o golpe foram os comunas e as FA deram o Contra Golpe para retomar a Democracia. Então como intervir agora? Ou acha que se as FA romperem com o governo; o Senado, Congresso, OAB, Une, CNBB, Imprensa...ficarão ao lado das FA? Não! ficarão ao lado dos políticos que por intermédio das Nações Unidas retornarão o comando ao PT. Por ex: dia 12 de Abril terá manifestação anti PT mas o grupo "vem pra rua" não defende intervenção das FA. A maioria da população tem que pedir apoio das FA nas ruas se quiserem que as mesmas intervenham. As FA tem como Chefe Supremo a(o) Presidente da República, pela Constituição Federal. Qualquer ação das FA sem o consentimento do Presidente é tido como "GOLPE". Ao invés de criticar todos deveriam apoiar as FA afinal, dependemos dela para sermos livres.

      Excluir
  7. A coisa começa a ficar incontrolável. Não era bom se a PTrobras declarasse falência, pois é impossível ela quitar seja o que for?
    E o desemprego? Esses mihões de novos desempregados vão viver de quê? Preocupante seu post.

    ResponderExcluir
  8. “BRASIL PODE ESTAR À BEIRA DE UM COLAPSO ECONÔMICO, TALVEZ IRREVERSÍVEL”, COMENTA JABOR

    Nunca pensei que veria presidentes de empreiteiras ali na cana, na boca do boi. Nunca vimos este carnaval de escândalos, que vão se acumulando e podem ate causar um certo tédio na opinião pública.

    E fica a impressão que a corrupção é o grande horror de nossa vida nacional. O PT e outros partidos querem resumir tudo à corrupção. Mas não é o pior. Muito mais grave é o desmanche de instituicoes e da cadeia produtiva do pais. A Petrobras contagia, por exemplo inúmeras indústrias dependentes que desempregam, fecham as portas, como um dominó maldito.

    (...)"

    http://www.libertar.in/2015/03/brasil-pode-estar-beira-de-um-colapso.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+LibertarinSejaLivreAntesQueSejaTarde+%28LIBERTAR.in+%3A%3A+Seja+livre%2C+antes+que+seja+tarde%21%29

    ResponderExcluir
  9. dilma, lula e o PT desprezaram seus semelhantes, e o dever da sociedade é destruí-los. Enforcar em praça publica quem deve ser enforcado. Ou então, melhor: dar-lhes o mesmo destino que receberam nicolae ceaușescu e mulher.

    ResponderExcluir
  10. Os 3 Podreres, sim podreres da República de joelhos diante de um ParTido que faliu não só a Petrobras, mas o País. Inacreditável que não parem esta gente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A República Bolivariana do Brasil já faliu...

      Excluir
  11. O Ministério da Maracutaia tranquiliza o povo:
    A economia do país está firme e sólida como concreto protendido feito com polenta e macarrão...Não temos mais os que roubar,agora vamos desmontar os fundos de pensão dos bobos funcionários aposentados da Petros,Postalis,Funcef e Previ e o que mais acharmos fácil de engolir,sem mastigar,afinal o lularápio inventou uma tal e Previc para facilitar nossa digestão.Nunca,na história deste país,foi tão fácil enganar tantos,em tão pouco tempo.Já que o povo está morto,é só assá-lo e fatiá-lo na mesa.

    ResponderExcluir
  12. Como noventa por cento da economia brasileira é especulativa e não produtiva,não é novidade do desmanche da antiga nação.O negócio é exportar sangue-sugas e corruptos espertalhões,especialidade brasileira,além de futebol,samba,novelas,crônicas,políticos imprestáveis etc.

    ResponderExcluir
  13. Num país,onde tudo gira em troca de favores,ao invés de trabalho,dedicação e seriedade,somente na bandeira é que há ORDEM E PROGRESSO.Na prática,o que ocorre é exatamente o oposto:cada um quer se dar melhor que o outro,em detrimento do interesse maior que SERIA,mas não é;o bem comum da nação.Malandragem é caminho de única mão:um ganha e todos perdem...

    ResponderExcluir
  14. Vamos ficar assistindo,de braços cruzados,o PT desmanchar o Brasil?

    ResponderExcluir
  15. O negócio das Ditaduras é este mesmo, o povo tem que chegar a miserabilidade. Sem comida, sem ideias, sem caráter! Agora, nem q as FFAA quisessem, não teria mais jeito!

    ResponderExcluir
  16. A dentadura da ditadura do lularápio pegou o osso e não larga mais...

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.