Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Houve sim, a roubalheira de votos!


Não adianta chorar depois do acontecido. Por falta de aviso não foi. O PSDB errou em não montar esquema de apurações paralelas ao do sistema do SERPRO. Se houve fraude, está registrado no "back up" do SERPRO. Basta refazer as totalizações dos resultados. Mas, também, demostrado erro não vai servir para nada porque já decorreu o prazo de contestações.

O fato é que o PSDB pagou pelo erro em ter confiado no TSE e sobretudo nos TRE de cada estado. O segredo não está nas urnas, mas nas totalizações. Águas passadas não movem moinhos, mas reproduzo a matéria escrita por mim em 6/3/2014, sob o título: "Urnas eletrônicas são fraudáveis!"

O resultado de eleições no Brasil é fraudável? Após muitas conversas e ouvindo depoimentos de pessoas do ramo de TI, conclui que o resultado das eleições no Brasil não é tão confiável. Isto derruba por terra, que as "URNAS ELETRÔNICAS", denominação dada ao sistema de votação e apuração das eleições, são seguras. Esta afirmação é uma bomba!  E assumo pelo que afirmo! 

O sistema de votação e apuração, aparentemente, é inviolável e impossível de alterar resultado das eleições.  Mas, não é.  São várias alternativas para fraudar o resultado das eleições.  Não é apenas uma alternativa.  São várias alternativas!  Algumas alternativas mais complexas e outras muito simples.  Vou colocar abaixo, apenas as duas prováveis e possíveis, para tentar manter no foco. 

Algumas fraudes de pequena monta pode ser feito via urnas (máquinas) eletrônicas, através dos mesários de seções.  Mas, isto não é definitivamente o foco, da nossa análise, até porque há muita dificuldade em praticar tais crimes, diante dos fiscais dos partidos no recinto de votação.  Esta fraude é como roubo de punguista, seria como roubo de galinha do quintal.  Mas é o foco de atenção das autoridades eleitorais e da própria população.

O buraco é mais para baixo!

Basicamente, há 2 maneiras de fraudar o resultado das eleições.  Uma por via "operador" do SERPRO, responsável pelo Sistema de Apurações das Eleições.  O responsável pelo sistema de apurações, poderá ser um funcionário exemplar, honesto, mas pode ser também um funcionário com "Cargo de Confiança" da atual administração federal, que esteja ligado ao Palácio da Papuda.  E não adianta colocar Polícia Federal vigiando os passos de cada funcionário encarregado, não será detectado.  

O sistema de apuração é um programa de computador.  Ele foi desenvolvido por algum profissional, com competência, para evitar fraudes.  Isto é certo.  Dizer que o programa é inviolável (sic) é como negar o sistema de inteligência criado pelo Serviço de Inteligência dos EEUU, que resultou no escândalo de espionagem.  isto é outro fato!

A fraude é de uma singeleza tão elementar, que é como tirar pirulito da boca de criança!  Vamos usar linguagem popular, para leigo entender.  O operador do sistema de apurações do SERPRO, se for alguém "comprado", poderá colocar um "app" que funcionaria exatamente a partir do início de apurações até o término.  Seria um "app" auto-destrutível, ao término das eleições.  

Esse "app" funcionaria mais ou menos da seguinte forma.  Digamos, por exemplo, de que o app está programado para cada 5 votos dados ao candidato 45, 1 iria para o candidato 13.  Assim como para cada 5 votos dados ao candidato 40, 1 iria para o candidato 13.  Os números fracionários seriam desprezados.  O resultado, neste exemplo, os candidatos da oposição perderia 20% e o candidato da situação seria favorecido em 20%.  Sendo assim, a diferença do que seria e do que será, é de 40%.  Logicamente os números são hipotéticos.

Isto é muito simples, fazê-lo!  Qualquer menino que sabe a linguagem do sistema, TI, do SERPRO, faria.  Digamos que qualquer R$ 10 mil, um menino qualquer do TI, desenvolveria.  Bastaria o funcionário "comprado", apenas e tão somente, introduzir o "app" no sistema de apurações. Estou dando gargalhada sozinho, aqui.  Como o Brasil é comandado pelo Palácio de Papuda, tudo isto pode acontecer.  

Vamos deixar claro, aqui.  Não estou a afirmar que "há fraude".  Também, não estou a afirmar que há funcionário do SERPRO "comprado".  Estou apenas a demonstrar, em tese, de que o sistema de apurações não é tão INVIOLÁVEL e nem tão SEGURO. O computador, em tese, é uma máquina a serviço do homem.  O computador obedece ao sistema desenvolvido pelo homem.  Assim, como depende do "homem comprado" introduzir ou não um "app" no sistema principal.  Não existe sistema inviolável, porque ele foi desenvolvido pelo homem.  

Vocês me perguntarão, se é possível detectar a fraude.  Sim, é possível detectar a fraude.  Tudo ficará registrado no "back up" do computador do SERPRO, a não ser que ocorra incêndio que destrua os computadores do SEPRO.  Para apurar se houve fraude ou não, levará no mínimo 6 meses, isto torna, na prática, inviável a apuração se houve ou não a fraude.  Ficaremos na eterna dúvida, qualquer que seja o resultado.

Ainda existe outra forma de fraudar o resultado das eleições.  Isto é uma outra alternativa.  Nesta fórmula, contando com o serviço de hacker.  O hacker, pode entrar no sistema de totalizações nos TREs e instalar um "app" no sistema de apuração do resultado, antes de envio para a totalização no computador central do SERPRO, em Brasília.  Digamos que a fraude pode ocorrer no meio do caminho alterando resultados reginais, em querendo.  Para influir decisivamente no resultado das eleições nacionais, poderia, digamos contratar hacker com o "app" mequetrefe, de R$ 10 mil, invadir as totalizações nos TREs de São Paulo, Minas e Rio, os maiores colégios eleitorais.   

O povo está desconfiado da maquineta chamada URNA ELETRÔNICA, mas o problema não é aí.  Se o sistema é impresso ou não é um detalhe menor.  O problema está, basicamente, no sistema de apurações do SERPRO.  Não é alterar o resultado, depois das apurações.  É alterar, no decurso do processamento.  Pior de tudo, o mais triste, que não há como EVITAR  a fraude! 



Pronto!  De hoje, em diante, ninguém dorme!  No Brasil, comandado pelo Palácio da Papuda, tudo pode acontecer! O Brasil não é país sério!  Estamos à caminho da Venezuela!  

Ossami Sakamori  

27 comentários:

  1. Meu Deus! Igualzinho aconteceu na Venezuela! E vão fraudar todas as outras eleições pode ter certeza! Não saem mais do poder! Não por vias normais! Implantar o plano da América latina comunista agora! TWT de Maduro diz Hermana Dilma iremos continuar com o plano da grande pátria! E agora o que faremos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Igualzinho mesmo!

      Excluir
    2. Também acredito que houve fraude, no 1. turno. O candidato"que não pula", inexplicavelmente, consegue dobrar seus votos e vencer a Marina. Realmente, a única explicação é fraude. Mas os bandidos erraram na mão e deram muito na vista. Não fosse isso, hoje a Marina seria presidenta. Não é por nada que os donos das duas empresas que mantém o software das urnas são dois notorios tucanos. Estao"mexendo" nas urnas desde 2002. E a polícia que não chega?

      Ass:Cascão
      S. Paulo - SP

      Excluir
    3. Aécio estava eleito presidente até as 19:30 do domingo, mas depois que as urnas do Nordeste começaram a aparecer, o céu desabou.
      Desde esse dia que estou doente com o dedo no cú com vontade de rasgá-Lo e ainda jogar pra cima e perguntar quem quer?
      Pelo menos a dor que estou sentindo vai pra outro canto.
      É o que aconselho a meus amigos e irmãos tucanos!!!!

      Excluir
    4. Desculpe, moro no Nordeste e sei que muitos votaram no Aecio, assim como muitos em SP, RJ não votaram nele. Não queiram encontrar um culpado pela suposta derrota do Aecio. E em MG? Ninguém fala? Falam em fraude,mas não podem provar. Acho muito cômodo querer culpar o Nordeste. Será que é mais fácil? Não sejamos levianos. Isso já foi resolvido há muito tempo, quando o PT já vinha trabalhando nesse foco que é a campanha da reeleição, com as armas que eles têm, que só Deus sabe!

      Excluir
    5. Que desespero dessa gente boba. Devem se imaginar com superpoderes, igual ao Superman quando veste uma cueca e coloca uma toalha nas costas. Vocês nus são da mesma matéria dos que necessitam do bolsa familia. A diferença é que voces torram dinheiro pra não ter rugas(e às vezes ficam pior), nem celulite ou estrias(missão impossivel), pintam o cabelo de louro(pra ser ariana mas não são ), fazem academia(qualquer vacilo e todo desmorona rapidinho), compram carroes(e arrancam os cabelos com um risquinho), etc.... e no final os tapurus consomem tudo e o capital gira. Pobre não se preocupa com essas tolices, mas querem viver como todo ser vivo, até mesmo as pulgas.

      Excluir
  2. Ditado certo: "É melhor prevenir que remediar!" Agora não adianta chorar pelo "leite derramado" A cada dia que se passa, minha vergonha em viver nesse país corrupto, aumenta mais.Tenho a impressão de que Até Deus deixou de "ser brasileiro" por estar saturado do comportamento desse povo que compactua com os corruptos desse desgoverno.

    ResponderExcluir
  3. Vai dar guerra civil.

    O PT através da PLP 13704 institui o Confisco de Salários e Poupança.

    http://www.militar.com.br/blog25769-PLP-13704-do-PT-institui-o-Confisco-de-Sal%C3%A1rios-e-Poupan%C3%A7a

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O projeto, de um infeliz deputado do Piauí, foi rejeitado pela CCJ e já se encontra arquivado. Felizmente ainda tem gente raciocinando no Congresso Nacional.

      Excluir
  4. E então ....todos resignados ? Nada a fazer ? Tem como "exigir" o retorno das outras urnas ?

    ResponderExcluir
  5. Chega de bandalheira, chega de chavismo, de castrismo,lulismo, dilmismo, chega de PAPUDISMO Vamos logo dividir o Brasil. Ficamos com o Sul , um pedaço do Sudeste e com o Centro-Oeste, que é o BRASIL, e o Lula, a Dilma e os outros habitantes da Papuda que valorizam tanto o Norte e Nordeste, fundem lá o CUBRASIL e convidem o Fidel e o Maduro para governar juntos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa...que falta de conhecimento. Antes de falar tanta bobagem, vá se informar. Se em MG ele perdeu, como também em SP, RJ, porque o Norte e o Nordeste estão sendo discriminados. Não sou nordestina, sou carioca, mas moro no Nordeste e votei em Aecio, assim como muitos nordestinos votaram nele. Não sou todos os nordestinos que recebem o BF, estas muito enganada, procure se informar!

      Excluir
  6. PSDB confiou, mas nós é que pagamos.E as famigeradas urnas eletrônicas continuarão a ser usadas. E as famigeradas pesquisas continuarão as ser manipuladas, e divulgadas. Então, nada mudou.

    ResponderExcluir
  7. No seu texto intitulado:Vote certo, Vote Aécio 45, do dia 26/10/2014 fiz o seguinte comentário:

    " daniel camilo26 de outubro de 2014 09:40
    Se hoje não der Aécio para Presidente é porque manipularam os votos nas urnas eletrônicas. Os 02 institutos de pesquisas comprados pelo governo dão sempre empate técnico para demonstrar que qualquer um dos candidatos pode ganhar abrindo caminho para manipular os votos nas urnas(trocaram as urnas do 1º turno que já estavam vistoriadas) e vários jornais caíram nessa armadilha e noticiam empate técnico mas, na realidade, Aécio está bem na frente da Dilma, segundo institutos independentes. Vamos votar 45, Aécio Neves e que Deus nos ajude."

    E, infelizmente aconteceu. São muitas denúncias com provas, que fraudaram as eleições nas urnas. Noticiaram que Aécio liderou até aos 80% da contagem depois Dilma virou o jogo misteriosamente. Muitos criticam os mineiros e nordestinos pela derrota do Aécio porém, escolheram esses dois estados para manipularem os votos porque em ambos havia dúvidas sobre a posição do eleitorado. Posso estar errado mas é o que considero. O PT sempre jogou sujo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aecio liderou a apuração até os 90%. As 19.33 ela passa ele e começa a aparecer um monte de abstenções. Tenho certeza q votos dele, viraram abstenções. E pq esperar o Acre para divulgar, se no 2 turno de 2010, teve horário de verão tb e n esperaram?

      Excluir
    2. Tem toda a razão. Também vi isso!

      Excluir
  8. Assinei hoje,

    http://citizengo.org/pt-pt/12819-recontagem-votos-e-auditoria-da-eleicao-para-presidente-2014?tc=fb&tcid=7570099

    MarcielS

    ResponderExcluir
  9. Gente,temos que ver porque ninguém vê o óbvio.
    Tem alguma saída legal para desarmar o esquema?
    Não há razões demais para que se peça o impeachment dessa senhora?

    ResponderExcluir
  10. Pedir o impeachment da dilma, não passa de uma piada de mau gosto, mesmo porque quem comanda o congresso é o PMDB fisiológico e a oposição é promiscua e comprometida também. O pres. do TSE Dias Toffoli, petralha de carteirinha alegou que não saberia dizer quando o resultado final da apuração seria levado ao conhecimento do público, isto porque já haveria um esquema preparado caso o Aécio ultrapassasse a Dilma. Agora é tarde e Inês é morta.!!!. .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como não temos alternativa,o jeito é re-aprender o espanhol,que estudei no antigo Científico,há 40 anos,aprender mandarim e esperar a mudança da bandeira e do título de propriedade do Brasil para o Regime Vermelho. O idioma russo é de lascar,mas,se preciso for puxar carroça para eles,temos que nos submeter.
      Isso é o que chamo de oposição efetiva,para ingles ver e rir...

      Excluir
  11. Meu comentário acima as 6,22 saiu como anônimo, porque não havia conseguido registrar meu nome. Nivio Ribera

    ResponderExcluir
  12. Aqui tem quase tudo.

    http://portrazdamidiainternacional.blogspot.com.br/2014/10/arquivo-da-tag-urna-eletronica.html

    ResponderExcluir
  13. Agora nosso trabalho, que já deveria ter sido feito, é insistir para que os parlamentares discutam e resolvam essa situação e o melhor, para mim, seria trocas essas urnas ultrapassadas e colocarem as urnas que imprime o voto na hora. E ainda que seja aberto ao público e mostrado em tempo real pelo telão e tv a apuração dos resultados. Do contrário em 2018, Lula ganha pois ele já articula a volta.

    ResponderExcluir
  14. Pelo jeito,só uma revolução armada,com paus e pedras,contra os melancias,pode mudar isso.

    ResponderExcluir
  15. Prezado Ossami Sakamori, sou gerente de jornalismo e assessoria de imprensa do Serpro. Acredito que há uma confusão sobre a relação da empresa com as eleições. O Serpro não tem qualquer acesso aos sistemas eleitorais, que são de responsabilidade do TSE. Décadas atrás, a empresa participou do projeto que deu início à "máquina de votar", mas - atualmente - não tem nenhuma ligação com a urna eletrônica. Estou a sua disposição para esclarecimentos. carlos-marcos.torres@serpro.gov.br

    ResponderExcluir
  16. Ossami, já havia feito o mesmo comentário do colega Carlos, bem antes das eleições. O Serpro não tem mais nenhuma participação no processo eleitoral. Tudo é feito pelo TSE e suas empresas contratadas.

    ResponderExcluir
  17. A pergunta que não quer calar: porque o ministro Toffoli se trancou numa sala com técnicos selecionados e impediu que os ministros do TSE, participassem das apurações ?. Somente depois que a dilma ultrapassou o Aécio a mídia tomou conhecimento do resultado para informar ao público. Os próprios ministros do TSE, podem testemunhar esse acontecimento inusitado, de serem impedidos de participar das apurações, na sala secreta do pres. do TSE.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.