Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

domingo, 1 de abril de 2018

STF e o dia da mentira.

Crédito da imagem: Estadão

Hoje, 1º de abril, o movimento Nas Ruas, com apoio dos outros movimentos como MBL, estendeu uma faixa na frente do Supremo Tribunal Federal em alusão ao dia conhecido como "dia da mentira". Nada mais pertinente, a colocação da faixa, em razão das últimas decisões da Corte Suprema. 

Segundo a grande imprensa, amanhã, será enviado uma carta assinada por cerca de 2.500 procuradores e juízes repudiando a pretensa vontade do STF em colocar na pauta a decisão em vigor desde 2016, acerca do cumprimento de pena dos condenados em segunda instância da pena imposta ao Lula pelo TRF4, no último dia 26 de março. 

Vamos lembrar que na quarta-feira, dia 4 de abril, será julgado o Habeas Corpus do Lula para dispensa do cumprimento da pena em regime fechado determinado pelo TRF4.  Caso haja acatamento pelo plenário do STF sobre o Habeas Corpus do Lula, será como "abrir porteira" para todos os condenados de crimes de colarinho branco, especialmente aqueles do Lava Jato.  A indignação é generalizada. 

No dia 3, terça-feira, está previsto em nível nacional, às 18 horas, manifestações contra eventual liberação do Lula ao cumprimento de pena de segunda instância imposta pelo TRF4 sobre o caso Triplex.

Ossami Sakamori


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.