Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sábado, 10 de dezembro de 2016

#ForaTemer


Lutamos para tirar facção criminosa que estava alojada no centro do poder da República, o Palácio do Planalto, votando o impeachment da Dilma e alijando o PT do governo. Mal saímos das mãos de uma facção criminosa, a grande imprensa nós traz notícia de que uma outra facção criminosa toma conta do Palácio do Planalto. Falo do presidente Temer e do PMDB, o partido de sustentação do seu governo federal.

Segundo a grande imprensa, o presidente Michel Temer, num encontro social no Palácio Jaburu, residência oficial do vice-presidente, teria articulado, pessoalmente, doação à campanha do PMDB, junto ao então presidente do grupo Odebrech, o Marcelo Bahia Odebrecht.  O presidente Temer, apresentou à imprensa, a alegação de que não teria participado diretamente sobre a doação citada, transferindo o encargo para o Eliseu Padilha, atual ministro chefe da Casa Civil.  A grande imprensa traz detalhes como isto teria ocorrido. Oficialmente, o Palácio do Planalto nega a participação direta do presidente Temer do episódio.

Lá do extremo oriente, precisamente na Coréia do Sul, vem a notícia de que a presidente da República Park Geun-hye foi afastado do cargo por ter dado informações privilegiadas e interferido diretamente aos interesses financeiros de uma sua amiga. Foi exatamente o que Michel Temer, presidente da República diz ter feito, a interferência para favorecer os seus aliados, no exercício do cargo de vice-presidente, à época.

O que se vê, pelas evidências narradas pela grande imprensa, é apenas a troca de facções que comanda os poderes da República. Saiu PT e entrou o PMDB. Saiu a Dilma e entrou o Temer. No resto, o Brasil continua o país, o mais corrupto do mundo!

Michel Temer não mais reúne condições para continuar à frente à presidência da República. 


Ossami Sakamori

5 comentários:

  1. Facção criminosa? PMDB vem em todos os governos desde a abertura politica de 85,86.PMDB maior líder da constituição de 88, uma constituição Que a população nem imagina, ou sabe de seus direitos. Uma constituição que vem sendo ragada a cada dia por essa Facção criminosa que esta no poder nos dias de hoje. Sabemos nós que sempre fomos governados por Criminosos de 1500,passando pelo império e ate os dias de hoje.E pra ter sincero Nao engulo essa de Fora Dilma Fica temer,Juntos eleitos pelo voto popular,juntos nas falcatruas. Ou não? Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Só existe uma saída para o Brasil.
    Essa saída é muito simples : declarar guerra aos EUA e, ato contínuo, pedir rendição. O Brasil teria tudo a ganhar (povo).

    ResponderExcluir
  3. Continuo com minha frase desde quando começou o movimento para o impeachment da Dilma: "Sairemos da panela fervendo e cairemos no fogo aceso". O PMDB foi aliado do PT por longos 13 anos e Michel Temer foi vice da Dilma. Como separar bandidos de mocinhos se só tem bandidos? Vai escolher o menos bandido? Agora será: Fora Temer! Fora Renan! fora Carmen Lúcia! Foi aprovada a proposta de imigração. Está em andamento a Pec do Teto, Reforma da Educação e reforma Previdenciária. Se aceitarmos tudo calados, seremos massacrados.

    ResponderExcluir
  4. TODOS OS PODERES ESTÃO CONTAMINADOS. NO RIO DE JANEIRO, AO QUE PARECE, SÓ O TRÁFICO ESTÁ PAGANDO EM DIA. E OLHEM NO FUTURO, DE REPENTE, CABRAL E SUA PARÇA NUMA MANSÃO COM TORNOZELEIRA ELETRÔNICA COM SEGURANÇA PAGA PELO ESTADO.
    AO QUE PARECE O POVO NÃO ENTENDEU O QUE ESTÁ ACONTECENDO DE VERDADE. POR QUE EU TENHO QUE CUMPRIR DECISÃO JUDICIAL E O CANGACEIRO NÃO?

    PRECISAMOS DE UMA MEGA MANIFESTAÇÃO ANTES QUE ACABEM COM O RESTO QUE OS PETRALHAS DEIXARAM

    ResponderExcluir
  5. As vezes me pergunto como são inocentes. Alguém achou que Michel Temer era confiável? O cara manda e desmanda no Porto de Santos há séculos, o PMDB rouba tanto quanto o PT e ainda acreditavam neste partido que mais parece uma gangue que assalta o país há décadas. No PMDB apenas o Itamar, o resto é da organização criminosa. Chega a ser engraçado a ingenuidade das pessoas.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.