Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Quadrilhas comandam o País!


Os últimos movimentos em torno de apoio ou não à reeleição da presidente Dilma tem sido sinistro.  A presidente da República conduz pessoalmente os acordos, conforme instruções vindo do comando da Penitenciária Papuda.   

A primeira rebelião veio do PTB comandado pelo Roberto Jefferson, PTB/RJ.  Não houve acordo e este partido veio se somar em apoiamento ao candidato da oposição Aécio Neves, PSDB/MG.  Roberto Jefferson foi condenado no processo mensalão, em regime semi-aberto.  

A segunda rebelião veio do PR, comandado pelo Valdemar da Costa Neto, PR/SP.  O partido impôs a substituição do senador César Borges, PR/BA pelo ex-ministro tampão Paulo Passos, PR/MT.  Valdemar Costa Neto foi condenado no processo mensalão, em regime fechado e Paulo Passos fazia parte da equipe que praticou o DNITduto em 2010.  

A terceira rebelião debelada foi com o  PP, comandado pelo senador Ciro Nogueira, PP/PI.  O presidente do partido, sem colocar em votação na Convenção do partido, encarregou a Executiva do partido, comandado por ele, para fazer acordo com a presidente Dilma Rousseff, PT/RS.   Bem, pelo menos, o Ciro Nogueira não é condenado.  

O quarto fato importante, politicamente, é que José Dirceu, PT/SP, ex-presidente do PT e ex-chefe da Casa Civil do governo Lula, foi liberado pelo Supremo Tribunal Federal a prestar serviços externos no escritório de advocacia. Certamente, na condição de principal figura do PT, vai comandar a campanha da Dilma Rousseff. Lembrando que José Dirceu foi condenado, em regime semi-aberto, pelo STF no processo denominado mensalão e Dilma Rousseff sua sucessora como chefe da Casa Civil no governo Lula.

Do outro lado da negociação, com caneta para nomeação e distribuição de recursos, atua a presidente Dilma, com pesada acusação de ter assinado autorização de compra da refinaria Pasadena pela Petrobras.  Entre outras suspeitas, que recaem sobre a Dilma Rousseff, PT/RS, há os empréstimos e financiamentos do BNDES para os Batistas do grupo JBS/Friboi. São R$ 30 bilhões de financiamentos e participações do BNDES e bancos oficiais, com juros subsidiados.  Suspeita-se que o dinheiro da campanha virá deste quinhão.  

Também, do mesmo lado da presidente Dilma, está o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, PT/SP, comandando negociações com gente que cumprem pena na Penitenciária da Papuda.  Lembrando que o ex-presidente só escapou do processo mensalão, porque o ex-ministro chefe da Casa Civil José Dirceu, PT/SP, assumiu a responsabilidade do processo de compra de votos dos parlamentares.  Além do processo mensalão, recai sobre ele, os empréstimos fraudulentos do BNDES para o estelionatário empresário Eike Batista, que deu rombo de R$ 10,6 bilhões.

Como pode ver, as negociações políticas de peso para apoiamento da candidatura da Dilma Rousseff, PT/RS, vem sendo feito, da mesma maneira que as quadrilhas de traficantes fazem nas repartições de seus territórios de atuação. Assim como no tráfico de drogas, as negociações são comandadas de dentro das penitenciárias de segurança máxima.  

Diante do volume de dinheiro que corre, são R$ bilhões, não mais R$ milhões, a quadrilha que atua nos três poderes da República, rouba descaradamente os cofres públicos, que deixam os traficantes de drogas na condição de "ladrões pé de chinelo".  Os métodos são sofisticados que existe uma rede de proteção ao crime organizado que se apossou desta republiqueta de 5ª categoria.  Isto se denomina, blindagem.

O Brasil está moralmente tão decadente que um assunto desta deveria ser objeto de notícia nacional, mas não traz nenhuma repercussão no meio político e nas instituições da República.  O País parece estar anestesiado. Estamos na hora de dar basta. O Brasil, em seu último esforço, espera pela mudança de postura dos políticos que se candidatam aos pleitos de 5 de outubro.  É o mínimo que o povo espera.

Crédito da foto: Revista Exame

O povo não pode mais aceitar a cidadã e o cidadão acima comandando o País.

Ossami Sakamori




9 comentários:

  1. Somos escravos desses dois bandidos na foto.

    ResponderExcluir
  2. Vejam só...

    Quem não quer se considerar escravo, pode muito bem sair da escravatura votando corretamente nas eleições.

    Quem assume esta postura por imobilismo, é porque considera boa a opção, e talvez esteja interessado em ser beneficiário de alguma Bolsa mantida pela dupla Lula/Dilma.

    É questão de opção...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vejam só....

      Temos aqui um petista/soviético que não se considera escravo neste regime corrupto inacreditavelmente com dois presidentes da republica e não se considera escravo!

      Depois tem a coragem de dizer para eu votar corretamente! Quem lhe disse que não eu voto corretamente e em consciência para correr com o seu PT mas as manipuláveis urnas eletrônicas que tudo manipulam? Onde estão candidatos sérios, seu palerma? Serão dilma e lula? Não me faça rir!

      Como sabe a minha renda para afirmar que ando procurando em ser beneficiário de uma prostituida Bolsa Familia? Se a imbecilidade tocasse musica, você seria uma orquestra seu petista/soviético ordinário no mínimo, por que se o Saka autorizasse, eu lhe chamaria de fdp por se meter e insultar comentadores.

      Excluir
  3. Temos que nos unir como no caso da Previ em relação as eleições. Todos os aposentados juntos. para por esta curriola para fora. Vamos tentar gente. todos juntos. Aposentado não vota no PT. E ponto!

    ResponderExcluir
  4. O que precisa acontece no Brasil para os brasileiros acreditar que estamos vivendo uma ditadura silenciosa. As leis não funcionas, porque as emendas e quem resolve tudo. VAMOS ACORDA GENTE!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Fiquem atentos porque está sendo arquitetada pelo PT uma campanha de difamação, aos candidatos da oposição, via internet, cujo publico em sua maioria são jovens de todas classes sociais, mais fáceis de serem ludibriados. O governo está desesperado, utilizando todos meios ilícitos possíveis, porque a dilma está caindo nas pesquisas vertiginosamente, evitando inclusive aparecer em público, para não ser vaiada. O lula inclusive já declarou que esta eleição vai ser uma guerra, onde vai valer tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa campanha difamatoria já está na internet no face book.

      Excluir
    2. Já vi contra Aecio.

      Excluir
  6. estes juizes PTistas se acham acima da lei e da constituição liberando a quadrilha pra trabalhar antes do prazo necessário para tal, eles nunca trabalharam e agora resolverão só para poder sair numa boa, isto criou uma jurisprudencia assustadora, tds os presidiarios terão os mesmos direitos, são todos bandidos também.Esse é o governo PT, igual bunda, só faz merda e rouba.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.